Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 12.10.15

Total Condicionamento

 

 

 

para chegar dentro da hora para levantar a senha da aula de Pilates e querendo evitar a hora de os pais deixarem os filhos nas escolas do 1º ciclo, decidi mudar o percurso que habitualmente faço.

"Mau Maria", comentei quando vi o anormal trânsito que descia a avenida da Liberdade. Meti pela faixa que dá para a minha rua e fiz o trajecto habitual.  

Depois de passar os semáforos, via-se uma extensa fila em direcção ao túnel e centro da cidade.

Foi quando ouvi na rádio que o trânsito estava parado devido a um acidente no túnel.

Quando cheguei ao ginásio, não havia senhas. Bolas! Para este ginásio temos de estar lá pelo menos 30 minutos antes da aula.

A semana passada quando saí da aula de Pilates e fui levantar a senha para Antigravity, a última tinha sido entregue a uma senhora super fã da modalidade (hoje disse-me que se na  4ª feira ela tiver senha e eu não, passa-a para mim. Que querida!)

Ora, desta vez, à cautela, levei sapatilhas de ginásio (evito usá-las na rua) fui para a cárdio.

Antes de iniciar o treino, aproximei-me do balcão para ver no horário se há alguma aula de Pilates ou Bodybalance ao ínício da tarde, pergunta-me a menina da recepção: " Não quer fazer uma aula de Total Condicionamento?".

"Já ouvi falar nisso mas não sei como funciona", respondi.

Ela explicou-me e lá fui tentar mais um novo desafio

Como estavamos três principiantes, a professora aconselhou-nos os pesos de 1kg. Peguei nos de 1, 250 kg, ela disse que sim, que podiam ser estes, mas acho que devia ter ido até aos 2 kg.

Devemos beber água logo no início do treino porque os 20 minutos que se seguem têm muita mobiliidade de pernas e braços, estilo zumba, e não se pode parar. É intenso, mas consegue-se. 

Vai-se então para os pesos. Nada demais.  Há uma breve  paragem para beber água e volta-se à segunda rodada de exercícios do início da aula.

O final tem muitas flexões (o que mais me custa fazer) e o relaxamento a seguir.

Toda a aula tem música e alegria....e uns "ais" de cansaço e esforço.

Quando a aula acabou, a professora perguntou-me como me sentia e se gostara.

"Adorei a aula!", foi a minha resposta.

E assim mais uma modalidade que aqui a" je" vai tentar fazer mais vezes, já que a cárdio, à excepção do tapete, é só para as ocasiões em que tem tempo e/ou as senhas esgotam.

 

 

2 comentários

Comentar post