Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



dois dias de Lisboa

por Maria Araújo, em 10.05.18

Ontem à noite, o meu sobrinho neto comeu a papa, dormiu sem tomar o leite ( felizmente é um bebé que  não chora de noite, acorda e volta a adormecer), os olhos dele tinham indícios de conjuntivite, a mãe estava preocupada.

De manhã, acordei às 6h, não dormi mais, às 7h30 ele desperta, começa a rotina incansável da mãe.

Foi um alívio vê-lo bem. A fome de leite era de mais, dei-lhe o biberão enquanto a mãe se preparava para o levar ao colégio e seguir para o trabalho.

Um bebé doce, bem disposto, risonho ( só protesta quando a mãe lhe limpa os olhos e o nariz, mas quem gosta?).

Dia de regressar a casa, cansada que estava  do quanto que andei a pé, ficava este dia para tentar pôr em prática o que projectara.

Estou de regresso a casa, e no Alfa  (este comboio tem tomada de ligação para o telemóvel) já a sair de Lisboa, vou partilhar com fotografias como aproveitei o dia do 10° aniversário deste cantinho.

Comecei pelo Reservatório Mãe D'Água das Amoreiras.

Mal entrei fiquei fascinada com aquele espelho de água e ao fundo aquele doce burburinho da água que cai da fonte.

Uma visita que aconselho quando passearem pelas Amoreiras.

Nas paredes uma exposição canadiana com o tema "Pontos de Vista" que retrata  os direitos humanos.

IMG_20180510_101653.jpg

IMG_20180510_101728.jpg

IMG_20180510_101914.jpg

IMG_20180510_102242.jpg

IMG_20180510_103317.jpg

IMG_20180510_103523.jpg

IMG_20180510_103605.jpg

IMG_20180510_103709.jpg

A etapa seguinte era seguir para os lados do Beato, queria ver a Exposição World Press Photo.

Pesquisei a sua localização, a minha sobrinha dissera-me que ficava longe, desconhecia os autocarros para a zona.

Lembrei-me que o amigo  José da Xã   deixara um comentário com vários nomes de lugares a visitar, um deles, o Museu do Azulejo, em Madre Deus. Coincidência repara que os autocarros com esse destino passam na rua onde vive a minha sobrinha.

Fui buscar a mala a casa, tinha o cartão viva viagem carregado, entrei no autocarro, saí à porta do Museu do Azulejo. E mais uma vez, fiquei deslumbrada.

IMG_20180510_115410.jpg

IMG_20180510_115500.jpg

IMG_20180510_120718.jpg

IMG_20180510_115606.jpg

IMG_20180510_120304.jpg

IMG_20180510_120840.jpg

IMG_20180510_121758.jpg

IMG_20180510_122748.jpg

Com imensas fotografias no meu telemóvel queria preservar a bateria, o último passo era o Hub Criativo do Beato.

O funcionário do Museu não foi nada simpático quando lhe perguntei onde ficava este espaço, saí sem resposta, segui a minha intuição.

O edifício não aparecia, perguntei a um senhor que fumava à porta de um restaurante,  já em Xabregas, explicou-me que estava no caminho certo, teria de andar mais uns quantos metro, vire ali, depois acolá, é fácil lá chegar.

IMG_20180510_124924.jpg

Os passeios pela baixa de Lisboa foram a pé, levara sapatilhas o mais prático para caminhar na calçada da capital, estava rota de cansaço, lá cheguei ao armazém velho mas espaçoso do Beato.

As fotografias são impressionantes, emotivas, chocantes do quão o ser humano é cruel com o seu igual,  com a natureza e os animais.

 

IMG_20180510_134508.jpg

IMG_20180510_131118.jpg

IMG_20180510_131527.jpg

IMG_20180510_133633.jpg

 

IMG_20180510_131513.jpg

IMG_20180510_133406.jpg

 

IMG_20180510_134353.jpg

IMG_20180510_131621.jpg

IMG_20180510_131341.jpg

 

De saída para procurar um restaurante para almoçar, naquela freguesia de subúrbio, ainda entrei no espaço ao lado também com uma exposição "Energisers"  sobre pessoas que trabalham para a GALP e "que asseguram  a energia necessária para garantir que o mundo não pára" .

 

IMG_20180510_134802.jpg

IMG_20180510_134825.jpg

IMG_20180510_134909.jpg

IMG_20180510_135018.jpg

Tinha duas horas para almoçar e apanhar o autocarro para Santa Apolónia, passo num restaurante "tipo" tasco que tinha uma ementa à porta que me convidou a entrar.

Gostei do aspecto, duas mesas ocupadas dor casais, sentei-me numa mesa ao lado da única rapariga sozinha naquele espaço.

Escolhi comer carapau assado na brasa com batata cozida e salada de alface e tomate com pimento assado ( o dono do restaurante erguntou-se se gostava e queria na salada), trouxe para a mesa um cesto com duas fatias de pão e um prato com azeitonas.

Não costumo comer pão às refeições, mas tendo que esperar pelo prato, e com a fome que tinha, foi a entrada que me soube pela vida, acompanhada de uma cerveja.

IMG_20180510_141825.jpg

Comi tudo, fiquei bem, estava pronta para seguir caminho.

O dono ainda me tentou com uma salada  de morangos, mas eu já não conseguia comer mais nada, pedi o café.

Explicou-me onde devia apanhar o autocarro, às 15h 05 estava eu na entrada da estação, pronta para viajar.

 

IMG_20180510_150532.jpg

Tinha muito tempo, tirei mais uma fotografias, fui para o comboio, liguei o telemóvel para me entreter na viagem e fazer este post, que não consegui publicar por falta de rede.

Adoro Lisboa, que nesta altura está cheia de turistas, fico cansada deste ambiente, espero que não seja preciso voltar, sinal que está tudo bem com a família, em outubro voltarei para a minha consulta.

Entretanto, na próxima semana vou a Vila Franca de Xira entregar os gatinhos, a sobrinha pediu-me para ficar lá um dia,  mas se puder, meto-me no primeiro comboio intercidades que houver para regressar a casa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Em parte incerta"

por Maria Araújo, em 30.10.14

Na sala de espera da fisioterapia, entra um amigo meu com a revista Visão na mão. Dá uma olhada e diz-me: "Fui ver este filme. Muito interessante. Fala de um casal... Gostei muito."

Gosto de ouvir opiniões porque me levam à sala de cinema. E fiquei curiosa...Está por cá e tenciono vê-lo.
Mais aqui.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vi(são)

por Maria Araújo, em 27.07.11

Hoje tive duas consulta, anual,  de Otorrinolaringologia e de Oftalmologia.

No otorrino, de manhã,  foi-me comunicado que tenho um pólipo , motivo dos muitos espirros matinais, e da comichão constante no nariz . Há que tomar um anti-histamínico e usar mais vezes o spray nasal. Ok.

Como a consulta de oftalmologia estava marcada para as 16:30h, tinha 4 horas de espera, fui almoçar à esplanada do costume, e "tomar"  sol que também faz bem ao reumático, ahahahahl. Não era a melhor hora, mas também não ia meter-me no centro da cidade a fazer nada e, como tinha levado o guarda-sol e o protector solar, controlaria bem a exposição ao sol. O vento de NW não era forte, estava-se bem.

A partir das 15horas tornou-se mais forte , Decidi sair da praia, pôr as minhas coisas no carro e tomar café numa outra esplanada, mesmo em cima da praia.

A conversa atrás de mim, era sobre o movimento deste mês, as esplanadas, o consumo, a gestão do café (exemplificando o fulano A do fulanoB).
Um pormenor. Um casal estava sentado na praia, bem junto à esplanada. De repente, vejo ele levantar-se e dirigir-se ao balcão.

Desliguei a minha imagem visual, até ao momento em que o vejo dirigir-se para o lugar onde estava antes, com daqueles copos grandes tipo misturador, cheio de cerveja, onde o coloca numa mesa pequena, improvisada, penso eu, com tremoços. Abre a tormeira, enche o copo dela, depois o dele, faz um toast. Achei interessante este gesto, diante de um número razoável de pessoas que estavam no bar.

Ao meu lado direito, dois homens bebiam uma garraga de vinho branco; em frente, uma senhora, lia um livro, à esquerda um jovem  lia o jornal...

Uns minutos depois de ter acabado de comer o meu gelado, l chamei :"por favor".

E logo uma voz atrás de mim perguntou: "deseja alguma coisa?"

Imediatemente vi que era o senhor do toast, e percebi que era o dono do bar.

Respondi: "quero um café".

Deu a ordem ao funcionário e lá veio o cafézinho.

Estava na hora de voltar à clinica.

2 horas e 10 minutos de espera. Quase adormecia.

Há alguns meses que notava que a minha vista direita não andava bem.

À noite, quando trabalho muitas horas no computador,sinto a vista cansada e caem-me as lágrimas, mas só do lado direito. Ao longe, a visão já não é  tão nitida. Andava  preocupada. Fui operada há 2 anos, pensei que esta cirurgia seria para toda a vida, mas...

Então, depois de várias experiências, o médico pergunta: "consegue ler aquelas letras? E assim? E assado? E...?"

Muito bem, vai acontecer aquilo que previ: um lazer na vista direita.

Mas, também não é o que pensara.

O lazer não é para corrigir nada. É para limpar a lente.

Fiquei radiante.No regresso a casa, cantei, sorri.

Sábado, volto à clínica para fazer o lazer. Só não fiz hoje porque estava sozinha e não podia conduzir.

E mais radiante fiquei quando soube que vou pagar x, pensando que iria pagar Y(elevado a 15), ahahahaha!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Visão

por Maria Araújo, em 01.06.09

No próximo dia 30 de Junho vou ser submetida a uma pequena intervenção cirúrgica para correcção da visão ao perto e ao longe.

Foi-me proposto a introdução de lentes intraoculares multifocais. A intervenção será rápida. Não há internamento. Apenas descanso durante uns dias e não conduzir.

Anseio esse dia. E deixo de usar óculos!
Bendita tecnologia.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O pulmão da Terra

por Maria Araújo, em 05.04.09

Do blog hummmm...I see.

 

 

 

Para completar esta imagem copiada no blog em destaque, li ontem na revista Visão, Sociedade,  título, AMEAÇAS, e a propósito de uma conferência sobre desafios do jornalismo de Ambiente que se realizou na passada 5ª e 6ª feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, o seguinte:

 

"Todos os anos a floresta amazónica perde uma área quase tão grande como o Alentejo";

 

"O nível médio do mar poderá subir até 80 centímetros, durante este século";

 

"Nas próximas três décadas, o planeta poderá perder até 20% de todas as suas espécies de animais e plantas".

 

Envio uma foto que acabei de tirar com a minha máquina fotográfica, sobre o artigo mencionado.

 

 

visão por você.

 

 

ALERTA, ALERTA, ALERTA!

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


o meu instagram


Desafio - Foto da Semana


2º desafio de leitura

desafio

desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D