Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Andamos todos a acordar com o sol

Maria Araújo, 28.06.13

Pois é, desde que o calor chegou que as noites são mal dormidas.

Acordo antes do sol nascer, o sono não regressa, o corpo não quer prostração, logo, "upa" que há muito para fazer.

E hoje, com o trabalho pronto para as reuniões do dia, lembrei-me que, logo à noite, a Malta do Vinil encontra-se para a última festa antes das férias , para comemorar os 10 anos da sua existência.

Desde setembro que não vou. Decidi interromper. Mais do mesmo, e com o frio a vontade foi parca.

Sendo na velhinha piscina da Ponte (os 2 anos anteriores quase morri de frio), tomaria a decisão mais para a noite. Como o calor é intenso e as noites estão muito agradáveis, agora, sem que o sono viesse, tomei uma decisão:

1- festa do vinil

2- ir à aula de hidroginática (sábado de manhã)

3- a praia da manhã passa para a tarde (o corpo precisa de descanso depois da festa)

4- ficar na praia a até ao pôr do sol

 

Quem quiser aceitar venha, quem não quiser que fique em casa.

Até logo.

 

 

 

Outono em festa

Maria Araújo, 23.09.12

Mais uma festa do vinil, na AUDI.

Pessoas de várias gerações, com predominância dos 40tas ... encheram a casa(stand).

Lamentavelmente, a música não esteve no auge. Boa, sem dúvida, mas o dj "saltitava" de época quando estava a meio de uma música para outra, sem qualquer sequência, "quebrava" o ritmo de quem estava lá para divertir-se, foi motivo de alguns comentários (meus,também).

Entrei por volta da meia noite, já uns pingos de água estavam a querer ameaçar a festa, não demorou muito a mostrar que o outono acabara de entrar.

A festa decorria no stand. Do lado de fora, uma gigantesca tenda, com um bar, convidava-nos à conversa, ao prazer de um cigarro, à dança.

E a chuva não molhou quem se encontrava nesta, mas um grande charco que água estendia-se debaixo dos nossos sapatos.

A festa foi até de madrugada.

Quando saí, não chovia.

Hoje, as cargas de água são constantes.

Dá vontade de enrolar no edredão (embora não esteja frio), e saborear o primeiro dia de outono, no sofá.

Uma foto da festa, captada com o telemóvel.