Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ai, Miguel

por Maria Araújo, em 05.06.19

woman-coffee.jpg

que já fazes sentir a tua raiva com a chuva e o vento frio, no mês de Junho que costuma ser de Verão, puseste os dedos das minhas mãos enregelados que, logo que entrei em casa, a primeira coisa que me lembrei e fiz,  foi pôr uma chávena no micro-ondas para os aquecer.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

frio glacial?!

por Maria Araújo, em 27.10.18

Fui à consulta anual de oftalmologia, no Hospital da Luz.

Numa mensagem que recebera, o utente não precisa de ir ao balcão principal, vai directaente à especialidade onde, no pequeno balcão da sala de espera, duas funcionárias fazem o serviço.

Pensei que seria rápido, mas não é. Além de a sala estar completamente cheia de utentes, forma-se uma razoável fila de espera, juntam-se os médicos que vêm ao balcão dar alguma instrução às funcionárias e/ou chamar o utente para a consulta.

Fui chamada com uma hora de atraso ( o normal, neste serviço). Azar meu esqueci-me de levar o livro  que leio actualmente.

Vale a simpatia do médico, que me trata por tu, que comentou que continuo elegante, que fui operada há nove anos,  já me conhece desde então, que o tempo passa depressa ( se passa!).

Examinou os olhos, estão bem, mas apesar de há um ano ter feito exames completos, achou que devia fazer novo exame às células, voltei para a sala de espera, estive mais trinta minutos à espera. Feitos estes, seria chamada para o médico comunicar-me o resultado, passaram outros trinta minutos. 

Entrei de novo, nada há que se tivesse alterado, despediu-se com um beijinho e: "vemo-nos dentro de um ano"

À saída, e verificando que as funcionárias do serviço também fazem a cobrança das consultas, não me apeteceu esperar, agora na fila mais pequena, desci e fui ao balcão  principal, que não tinha ninguém.

Hora de almoçar, o bar da praia estava fechado, o céu ora estava azul, ora as nuvens escondiam o sol, o vento norte era muito forte e frio. Desci à praia, por minutos.

IMG_20181027_132643.jpg

 

Antes de regressar a casa, ainda passei por Apúlia para comprar legumes frescos e flores.

No rádio do carro as notícias informavam que uma massa de ar frio e o vento forte faziam descer a temperatura aos 0º, prevendo-se queda de neve para Bragança. "Ou oito, ou oitenta", murmurei.

À medida que me aproximava da cidade, as nuvens escuras ameaçavam chuva e o vento continuava muito forte. Passei no horto, comprei amores e avenca.

No regresso a casa, uma carga de água fez-me o favor de tirar o pó do carro, que muito precisa de uma boa lavagem.

Em casa, calcei  umas meias quentes, que comprei recentemente, o frio chegou e parece que é para ficar.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

vai ser desta que

por Maria Araújo, em 15.06.18

vamos ter, finalmente, uns dias bons de praia?
A ver o vento, por que calor vamos ter, nos dias 18, 19, 22 e 23,  teremos belos dias para aproveitar o sol.

Mas cuidados com os escaldões!

captura de ecrã.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

que ela venha, a chuva

por Maria Araújo, em 15.10.17

Ontem, para oeste as nuvens cinzentas e escuras davam a entender a ameaça de chuva, e que era bem-vinda.

Mas por cá, o tempo estava seco e abafado. 

Hoje de manhã, as nuvens que encobriam o sol deixaram cair por terra a ideia da vinda da chuva.

O calor continua, o corpo fica entorpecido, não apetece fazer nada.

Fui ver a meteorologia.

Sem Título.png

 .

Mas a cor cinza do céu, é agora  de fumo  dos incêndios e que o vento traz para o centro. Nem o Monte de Santa Marta das Cortiças se vê.

A ser verdadeira esta previsão, que a chuva venha, não em cargas fortes capazes provocar enxurradas, mas certa, contínua e se possível durante muitos dias.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

nortada na praia

por Maria Araújo, em 05.08.17

IMG_20170805_105714_2CS.jpg

 

que não tinha os muitos banhistas de Agosto, havia espaço para as toalhas, os tapa-ventos e os guarda-sois.

As ondas do mar traziam as infinitas algas que se depositavam na praia. 

Estive duas horas, sentada, a ler, até que, por volta das 13h, hora que o vento norte soprava com mais intensidade e a areia fina colava-se ao corpo, decidi deixar a praia.

Mais  quatro dias de nortada, e o vento muda.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

que tempo!

por Maria Araújo, em 19.06.17

Sem Título.png

 

há incêndios activos em todo o país.

O céu carregado de nuvens negras ameaça trovoada e chuva, que ainda não cai.

Mas o que está a preocupar é o vento forte que faz.

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

e hoje, como está a praia?

por Maria Araújo, em 18.07.16

beach.png

(Leça da Palmeira, 13:10h)

 

antes de sair de casa, devia ter espreitado a beachcam, não gastava gasolina, quando decidi de manhã cedo, ir para a praia.

a 2 km já se via o céu cinzento. " que decepção!", pensei.

fui tomar um café, estava vento oeste, fresco,  mais parecia de sul, a pedir chuva, mas mesmo assim, fui caminhar pela beira-mar na esperança de que esse cinzento desse lugar ao sol, que de vez em quando sorria.

tirei as fotografias dos lugares onde passei belos momentos da minha adolescência  e até cerca dos 30 anos, quando deixamos de ir para aquela praia.

muito destruída pelo mar, pelos ventos e pelo maior destruidor do ambiente, o homem, pois claro, são mais as rochas que o areal de praia de outrora.

mesmo assim, é uma praia que as pessoas do norte escolhem pelo iodo e aquele sabor a maresia que não há na maioria das praias.

passei pela padaria onde vendem um pão doce maravilhoso (saudades desse tempo) mas já tinha acabado.

voltei ao carro, que havia deixado a cerca de 1,5km do centro, pensando que entretanto o sol seria capaz de afastar aquele nublado.

mas não.

meti-me no carro para regressar a casa e o sol brilhava naquela distância de cerca de 2km que separa o interior da beira-mar.

a meia dúzia de quilómetros de Braga, o calor era demais.

bom, não posso fiar-me na meteo.

para a próxima, não me posso esquecer de ligar o pc e ver o estado do tempo à beira-mar.

 

as minhas fotografias

 

 

IMG_20160718_113026-tile.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

vento do norte

por Maria Araújo, em 15.02.16

contrariamente às previsões meteorológicas para hoje, por cá não caiu uma gota de chuva, mas o vento do norte é forte e frio.

Com casacos de pêlo vestidos, as pessoas saíram à rua, passeavam pelo sol, que a sombra é gelada.

Finalmente, aproveitei o dia de sol para deixar o carro na oficina para consertar a porta do lado direito (o meu carro é de 3 portas) que ora está húmido e não abre, ora está seco e não abre; quer o sistema elétrico funcione, quer a minha mão que vá ao puxador, ela abre ou não abre. 

Espero que não me faça abrir de mais a carteira.

E amanhã a temperatura vai descer mais, o frio vai continuar. Mas agasalhada, sabe bem andar na rua.

Sem Título.png

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

confirmo o aviso vermelho

por Maria Araújo, em 15.09.15

card_chuva_mau_tempo_vento_reuters.jpg

 

tinha compras de mercado para fazer, mas está um péssimo dia para sair de casa.

e agravou-se mais, agora que são 12h.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Veio o sol

por Maria Araújo, em 24.01.15

e a vontade de sair estrada fora e passear pela praia.

Aproveitei para comprar peixe fresco (pescada, lulas, perca e salmão)  e fruta em Apúlia, passar por Ofir (há um ano que lá não ia), seguir depois para Esposende.

Cheguei a Ofir e apeteceu-me um gelado Magnum e comi pela primeira vez um Double Caramel, que me soube pela vida.Fui passear pela praia,  o mar estava com um azul lindíssimo, vento fresco, mas nada que impedisse o meu passeio.

Lamentavelmente, de ano para ano, a praia minga.

Fui até ao extremo onde o mar chega às pedras ali colocadas para protegerem as dunas e as vivendas.

Quando vi as horas (decidi deixar a visita a Esposende para outro dia) pouco faltava para o pôr-do-sol e sentei-me a apreciar os pescadores, as pessoas que passeavam, o fim do dia calmo e com cheiro a maresia.

Já vos disse que tenho imenso prazer em desfrutar dias como este?

24 jan 002.JPG

24 jan 007.JPG

 

24 jan 012.JPG

24 jan 015.JPG

24 jan 017.JPG

24 jan 025.JPG

24 jan 057.JPG

24 jan 068.JPG

24 jan 071.JPG

24 jan 072.JPG

24 jan 073.JPG

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR