Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

o Folclore Sul Americano

Maria Araújo, 23.07.17

O 19º Festival de Folclore de Braga tem sido um sucesso ao longo dos anos (só no ano passado  tive consciência do que é este festival) teve um numeroso público, à noite mais selectivo, hoje de tarde, um público domingueiro, dos arredores.

Chegou ao fim, com muito sucesso para o grupo de Espanha e dos países da América do Sul (Chile e Colômbia),  guarda-roupa muito interessante, gente jovem, bons dançarinos. 

A  qualidade da imagem dos vídeos é fraca, não tenho o programa de correcção automática, fica o que consegui captar do telemóvel, durante estes três dias de folclore do mundo.

 

 

 Rusga de S. Vicente - Braga

IMG_20170722_235625_1CS.jpg

 

Coros y Danzas de Ronda - Espanha ( ensaio na Avenida)

IMG_20170723_170422_1CS.jpg

 

 Ballet Folclorico Experimental “Estada” - Colômbia

IMG_20170723_182739.jpg

IMG_20170723_182706.jpg

IMG_20170723_181452.jpg

 IMG_20170723_181121.jpg

 

 

Ballet Folclorico Municipal Rancagua - Chile

IMG_20170723_184321.jpg

 E o público dançava, pois então.

 

IMG_20170723_173116_1CS.jpg

IMG_20170723_184454.jpg

 

 

 

Resultado de imagem para imagem de video

 

Espanha (ontem)

 

 

 Colômbia ( hoje)

 

 

 

 Espanha ( hoje)

 

 

 

 

18º Festival Internacional de Folclore de Braga

Maria Araújo, 24.07.16

último dia, muito calor, mas não podia deixar de voltar a ver os Grupos da Ucrânia e Nova Zelândia.

O Senegal, que não actuou ontem, foi espectacular.

Um grande festival.

Lamentavelmente, a terceira idade só entende o nosso folclore, que apesar de ser muito rico, a música não varia, as críticas aos gritos dos grupos da Nova Zelândia e Senegal, eram desnecessárias. 

Faltaram aqui as danças da Polónia e Rússia.

 

O nosso folclore

DSC01470.JPG

DSC01466.JPG

DSC01486.JPG

DSC01478.JPG

 

DSC01477.JPG

 

o folclore de além fronteiras

 

Polónia

DSC01471.JPG

(presente do grupo da Polónia para a vereadora da cultura)

DSC01472.JPG

DSC01468.JPG

 

Senegal

DSC01481.JPG

DSC01482.JPG

 

Ucrânia

DSC01501.JPG

DSC01527.JPG

DSC01528.JPG

DSC01531.JPG

 

 

Senegal 

DSC01532.JPG

DSC01551.JPG

DSC01570.JPG

DSC01576.JPG

 Nova Zelândia

DSC01583.JPG

DSC01579.JPG

 

Os vídeos do grupos que mais gostei:

Senegal

 

 

Nova Zelândia 

 

 

Ucrânia

 

 

 

 

 

Remembering the 70ies

Maria Araújo, 11.04.15
 

sem nome.png

Quando entro na loja Tiger, fico apaixonada com as músicas que ouço, dos anos 60, 70 e 80.

Dá-me uma saudade da época que vivi, das músicas que ouvia, de rádio na mão (transistor), ah pois é, levavamos para a praia um desses bem grandes e, ui!, ouvir e dançar na areia as loucas músicas dos anos 60 e 70...

Como ia dizendo, na loja Tiger passam músicas lindíssimas desses tempos de menina e moça e, mesmo com voz desafinada, acompanho o que ouço. Os meus olhos riem-se. Nem apetece sair da loja. Comento muitas vezes com um ou outro funcionário, todos jovens, que as músicas "deles" são demais.

E não sou só eu que movo o corpo e trauteio. Já vi muitos fazerem o mesmo que eu.

A este propósito, na página do FB de alguém que conheço virtualmente, mas cujo pai conheço pessoalmente, escreveu isto: "Estou a ficar velho... Gosto mais deles agora do que há 35 anos" referindo-se à publicação do vídeo de 2012 "Grease", cantandas pelos dois inesquecíveis actores e cantores, Olivia Newton John e John Travolta.

Deixo aqui as duas versões.

Estas coisas que leio pela web fazem-me  voltar atrás no tempo e deixam-me tantas saudades.

 

2012

 

1978

 

 

 

 

 

Madrid (2)

Maria Araújo, 06.09.14
Segundo dia, com as energias recuperadas, depois de um bom  descanso e do pequeno almoço no hotel, bem variado, fomos em direcção à catedral do futebol, "Estádio Santiago Bernabéu". Que loucura! Não o seu aspecto físico, mas toda a estória ...contada em vídeos sobre toda a família RM CF a  música com som fabuloso, excedeu todas as expectativas. "Perdemos quase 1 hora neste  lugar a ver os vídeos..." Todos passavam e nós ali, quase estáticas.
Nas vitrines, uma quantidade infinita de taças regalavam os olhos de quem por ali passava.
Depois, as camisolas, depois as fotos do painel "e esta foi a mais interessante, na minha opinião). Passavas frente a um écran a tua imagem aparecia e captava-te. Se querias que a imagem ficasse no painel, tocavas no "si" passavas o bilhete da entrada no Tour numa espécie de caixa que te lia o código de barras, acendia uma luz e lá andava ela, a tua imagem/foto, a passear no painel e alojava-se algures no meio das imensas fotos que por lá se mostravam. Querias ver a tua foto em ponto grande, voltavas a passar o bilhete  para que o código de barras fosse identificado. E foi desta forma que ficaram as nossas fotos.
Depois, uma foto em conjunto com a 10ª (taça)...e a seguir a foto com o nosso grande CR. À saída, passavas por um balcão, vias as fotos e compravas ou não. E eu comprei a que tirei co a minha amiga MM.
Passamos nos balneários, chegamos aos campo de futebol e aí as fotos choveram...Mas os jogadores não estavam lá (óbvio).
Adorei ver esta imensa "Catedral" do futebol e como diz a minha amiga " quem vai a Madrid e não vê o estádio Santiago Bernabéu, é como quem vai a Roma e não vê o Papa". Melhor que o Thyssen, e desculpem-me os apreciadores de arte, só mesmo o "Museu do estádio do Real Madrid".
Almoçamos no restaurante em frente ao estádio. Depois, foi o tour pela zona 1 da cidade.
As minhas fotos: