Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

O (in)esperado de Crato

Maria Araújo, 05.08.13

A minha amiga que faz parte de uma equipa de trabalho da escola onde leciona, comentou estes dias que nunca em tantos anos de feitura das turmas a sobrecarga de trabalho foi tão intensa e confusa.

As férias, que habitualmente são a partir de 1 de agosto, são, este ano, a partir de 12.

Hoje, foi para mais uma maratona. Chega a casa mais esgotada que em tempo de aulas.

Acabei de ler isto e comento, "ela tem razão".

 

Se

Maria Araújo, 12.04.12

com o minímo de 20, casos com necessidades educativas especiais e/ou com dificuldade de aprendizagem,isto é um problema; se há uma maioria desinteressada, com falta de hábitos de trabalho, regras e valores, nos 26/28 máximo, imagine-se com 30, que aí vem.

O estado manda, corta, risca, e nós trabalhadores portugueses não dizemos "ai, ui".

Se o currículo vai sofrer cortes/alterações e com este aumento para 30, imagine-se quantos profissionais ficarão dispensados.

Coincidência, TV ligada no canal onde passa "I like this" , aqueles dois "inteligentes" de «Vais para o Canadá», os Homens da Luta que,  verdade seja dita, estão a safar-se muito  bem da crise,cantam neste momento: "Portugal, e salve-se quem puder".

Pudesse eu!