Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



chamar de avó dá mais jeito

por Maria Araújo, em 10.09.18

Começou a creche no dia três, a mãe foi buscá-lo nos dois primeiros dias.

A creche fica a cerca de 12 minutos, a pé, de minha casa. 

No terceiro dia, disse à mãe que enquanto o tempo estiver bom  vou buscar o bebé, posso dar um passeio pelo centro da cidade.

A mãe está a trabalhar, agradece-me de contente,  o filho não precisa de ficar dez horas na creche. 

O bebé está na creche que a Sofia frequentou dos 4 meses aos 6 anos de idade.

Duas auxiliares reconheceram-me de ter andado por lá.

A  semana passada, a Sofia foi comigo para conhecer uma das senhoras.

Foi um momento lindo. Ambas deram um abraço.

Catorze anos depois de a Sofia deixar o colégio, jamais imaginaria que voltaria lá, que iria encontrar duas funcionárias que iriam chamar-me de avó, em vez de tia avó, porque dá mais jeito.

Desde quarta-feira da semana passada que o carrinho do bebé  vai vazio até à creche, mas vem cheio de vida e sorrisos de alegria do meu sobinho neto.

Adoro ser tia avó.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

retratos do dia

por Maria Araújo, em 16.09.14

sexta-feira passada fui ao Porto. Andava à procura de uma caixa multibanco, passei por estas casas, que já conhecia, e com o telemóvel (a máquina fotográfica avariou, foi para a marca) "click".

Lindas, estas casas.

 

 

 

 

 

Sabado, dia de ginásio, com uma manhã tão soalheira e quentinha, deixei a aula para outro dia e fui à praia para o que poderia ser o último dia de verão deste ano.

Uma manhã fantástica. A temperatura da água estava como há muito não se sentia, convidava ao banho. O mar trazia muitas algas, banhava-me por etapas. Deliciosa água!

A maré cheia da madrugada deixou marcas na praia...se nesta altura subiu demais, imagine-se no rigoroso outono das chuvas e do vento que, aliás, já  se faz sentir esta semana ainda de  verão.

     

 

A cada passo, o rebentar das ondas nas rochas captava os olhares...

 

 

 

 

 

 

e reparei que as minhas unhas estavam da cor das ondas do mar

 

 

 

constantemente a banhar-me nesta água que, finalmente, não gelava os pés,

 

 

as nuvens brancas combinavam com o céu azul e não queriam que eu me despedisse deste início de tarde na tão calma praia de Apúlia

 

 

 

 

16 horas da tarde, "bora" para o passeio nas ruas da cidade da "Noite Branca" até que passei na rua de janes, com a exposição das cuecas de figuras públicas da cidade, umas de séculos passados, outras deste século...

 

"cuecas do presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio.

 

 

cuecas do ex-presidente da Câmara de Braga, Mesquita Machado

 

 

 

  

 

 

duas irmãs e uma amiga

 

 

 

duas irmãs e uma amiga

 

 

duas irmãs

 

 

os aviões que fazem piruetas

 

 

três irmãs

 

 

uma das feiras de utilidades

 

 

 

a NOITE...

 

 

três irmãs e uma filha e sobrinha

 

 

a tia e a sobrinha

 

 

as amigas de infância

 

 

a sobrinha e os óculos

 

 

duas irmãs e uma tia

 

 

 

 e a fotografia que iria provocar a minha queda e fractura do braço, {#emotions_dlg.confused}.

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas de crianças

por Maria Araújo, em 29.04.12

A minha avó paterna era uma mulher muito paciente e carinhosa. Nunca deixou de apoiar os muitos netos que teve.

Enquanto os rapazes iam a casa dela para receber a mesada, nós, as raparigas, íamos para o lanche e para escutar as belas histórias que tinha para contar.

E eu adorava o pão com manteiga, o chá ou o café com leite que ela  preparava. Estas imagens nunca se desvaneceram.

E porque em breve, e pela primeira vez, vou ser tia avó, oxalá tenha oportunidade de dedicar-me a esta criança, um rapaz, como me dediquei aos outros sobrinhos que  estão agora na idade de me darem netos, lol.

Porque as avós são as melhores pessoas do mundo, aqui está um texto genial.

 

"As avós"

 

Artigo redigido por uma menina de 7 anos e publicado no Jornal do Cartaxo há uns tempos.

Delicie-se!

«Uma Avó é uma mulher que não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros.

As Avós não têm nada para fazer, é só estarem ali.

Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as flores bonitas nem as lagartas.

Nunca dizem "Despacha-te!".

Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem apertar-nos os sapatos.

Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo ou uma fatia maior.

As Avós usam óculos e às vezes até  conseguem tirar os dentes.

Quando nos contam histórias, nunca saltam bocados e nunca se importam de contar a mesma história várias vezes.

As Avós são as únicas pessoas grandes  que têm sempre tempo.

Não são tão fracas como dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.

Toda a gente deve fazer o possível por ter uma Avó, sobretudo se não tiver televisão.»

 

 Não é fabulosa a mente de uma criança?

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

As mulheres são danadas por compras

por Maria Araújo, em 06.02.10

De Novembro até 31 de Janeiro frequentei uma acção de formação ao Sábado, que me impedia de ir ao ginásio, tendo retomado hoje as minhas aulas habituais de hidroginástica.

Gosto muito do professor. Com idade próxima dos 40, nota-se alguns cabelos grisalhos, que lhe dão um charme irresistível, simpático (já pensei nele como pretendente para uma amiga minha, solteira, boa rapariga...),dá um beijinho a todas as alunas, sendo elas jovens ou cotas e, na despedida, levanta a mão e cada uma de nós bate na dele, desejando-nos  um bom fim-de-semana.

Os homens são em minoria nesta aula.

Perdi a chave do cadeado, tiveram que o rebentar para que pudesse tomar o meu banho após uma hidromassagem de cerca de 15 minutos, e um banho turco de 10  minutos.

Com tudo isto, fui a última a sair do ginásio.

Chequei a casa, e decidi arrumá-la. Muitos papeis nesta mesa onde trabalho. Enquanto isso fui fazendo o almoço.

Quando acabei de arrumar, com a interrupção para o almoço, seriam 16:15h.

Não me apetecia estar em casa e, como precisava de comprar umas pequenas coisas  no Continente, onde eu raramento vou, saí por volta da 17:15h.

Antes, entrei na Séphora. Precisava de um esclarecimento sobre um creme novo da Tia Estée, marca de cremes de rosto que estou a usar desde Junho do ano passado.

Depois de ver o que queria, pedi a uma assistente que me tirasse as dúvidas sobre o creme, que deduzo ser recente. Mas este creme não tem nada a ver comigo, isto é, é para peles mais jovens. Falei-lhe no que estou a usar, aliás, acabou hoje, e aconselhou-me a continuar com ele.

Mas, como as mulheres são danadinhas, ela falou-me nos produtos Séphora, que eu conheço, embora nunca tivesse comprado, a não ser os de banho e a loção corporal. Indicou-me também um creme de tratamento de rosto que seria bom usar antes de aplicar o da tia Estée.

"Bolas.  Lá vou eu ser cravada", pensei.

A senhora trazia ao pescoço uma amostra do dito cujo, já pronta para vender o seu peixe. Abre o tubo, põe um pouco na mão, espalha-o e diz :" É muito bom, acredite. Se usar antes daquele,o da Tia, vai ver que fica com uma pele fantástica. Sabe que o  Luís Goucha disse no programa dele que também o usa e não quer outra coisa? Não podemos evitar as rugas, não há milagre, mas se cuidarmos da pele, poderemos envelhecer com ela mais vistosa e agradável", dizia ela.

E então repondi:" OK, a senhora convenceu-me. Eu levo."

Dirigiu-me à caixa.Entretanto, foi buscar as ofertas que constaram de um saco da Séphora, azul, e uma amostra de perfume Guerlain.

"As mulheres são danadas", pensei.

Paguei, não interessa quanto, e saí.

 

 

 

 

.

 

     (A Tia   Estée Lauder)

 

 

 

 

 

  (não sou como esta jovem, mas quase..)

 

 

 

 

Os produtos que uso:

Resilience Lift Extreme

 

 

 

 

Resilience Lift Extreme

 

 

 

Advanced Night Repair

 

 

 

 

 

  (Lifting  Séphora)

 

 

 

Visitando o cantinho da Tia Estée, encontrei este lindos batons.

Apesar de não dar a miníma importância ao dia de São Valentim, hummmm! Seria uma prenda linda dele...do Valentim.

 

(although too much thin, I  my LIPS)

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR