Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

havia de chover

no dia que viemos de férias para o norte, embora fosse só  durante a viagem.

Almoçamos em Grove um arroz de marisco.

O quarto do hotel tem vista para o mar.

Está uma nortada forte, fomos dar um passeio e conhecer o lugar, que tem muitos hotéis.

IMG_20220816_180658.jpg

IMG_20220816_192009.jpg

IMG_20220816_192752.jpg

IMG_20220816_192846.jpg

IMG_20220816_192909.jpg

IMG_20220816_193027.jpg

IMG_20220816_193338.jpg

IMG_20220816_211434.jpg

IMG_20220816_211926.jpg

Amanhã o tempo vai continuar cinzento,  5a feira melhora, não faltam praias protegidas,  acho que vamos ter sorte.

 

foi por poucos minutos

que a chuva caiu e eu tive um destaque,logo de manhã, no Sapo blogs.

Obrigada.

Nesta cidade onde chove de mais,fui ver a meteorologia mensal até Abril e, se ela não nos enganar, a chuva virá em Março, embora não pareça o que diz o ditado: " Março marçagão, manhãs de Inverno, tardes de Verão". Em Abril, talvez as " águas mil" caiam do céu.

Oxalá que sim.

tempo.jpg

 

calor anormal

O sobrinho neto está na hidroginástica, vim para o carro, que está à sombra, leio um livro enquanto espero que a aula acabe.

Trago um casaco de malha, tive que o tirar, não o aguentava vestido.

É que o fim de tarde fica fresco.

Que tempo tão incerto.

IMG_20211026_170842.jpg

 

 

 

 

fico stressada

Desde as14horas que aguardo a vinda dos técnicos da operadora de telefone e tv, para fazerem as ligações devidas.

Ao longo da semana passada, recebi várias SMS a lembrar que a equipa viria entre as 1400h e as 18:30h.

Hoje, às 8:24h , uma mensagem dizia que previam que  a chegada dos técnicos seria entre essas horas que referi.

São 16:55h, ainda não apareceu ninguém, nem sequer um informação a avisar a provável hora de chegarem cá.

Acho que a equipa técnica, que penso ter o meu contacto, consultando a agenda, devia avisar o cliente que a sua chegada prever-se-ia para a hora x.

Tinha de ir buscar sobrinho neto ao colégio,  já avisei a mãe que terá de ir (logo hoje que tem assuntos a tratar depois do trabalho).

É não me apetece fazer nada, nem ler,  quando espero alguém.

Uma tarde perdida, e fico stressada.

Stressada porquê?

Porque sei que vão ter de furar a parede para meterem os cabos e o meu vizinho de baixo não suporta barulhos fortes e começa aos berros e a dizer palavrões quando  isto acontece.

Como de manhã ele não sai de casa, marquei para a tarde porque ele está constantemente a entrar e a sair, e eu fico mais tranquila.

Acabei de receber a SMS a informar que o técnico está caminho.

Um minuto depois, a chamada deste a dizer que só chegará dentro de 25 minutos.

Não há paciência, por mais que a tenha.

sobre a vacinação

 

do Jornal O Público

"O vice-almirante tinha anunciado na véspera, durante uma audição na Assembleia da República, sobre as medidas de combate à pandemia, que para evitar um “pesadelo logístico em termos de convocação das pessoas”, em vez do envio de SMS quem estivesse a aguardar a segunda dose da AstraZeneca bastaria dirigir-se ao centro de vacinação onde foi vacinado, a partir das 18 horas, para receber a segunda dose." 

3694b1e00288fcb56fa2ae8347faf04d.jpg

 

Ontem, fui almoçar ao restaurante do  Altice Fórum.  Ao lado deste está o centro de vacinação desta cidade.

Faço amanhã as oitos semanas da toma da 1ª dose da vacina Astrazeneca e,  estando a par do que se passa sobre a vacinação, depois do almoço, fui à secretaria ( recentemente aberta fora do edifício), para me certificar do que lera, e se podia ir um destes dias, depois das 18:00h, tomar a 2ª dose.

Vejo a senhora teclar num aparelho, não percebi que tipo era, e disse-me:" não temos esta vacina. se faz as oito semanas no dia 29, passe cá nesse dia, ou nos dias seguintes, para saber se já a temos. "

Resposta minha:" A senhora está a querer dizer-me, também, que o utente tem de passar cá para se certificar se há vacina, e se não houver, vai passando.É isso?"

"Sim. O utente tem de passar cá. Se houver, é vacinado, se não houver, vai passando"

Ora, se não há a vacina, e entendo perfeitamente, pergunto: porque teremos nós, utentes, de "passar" para saber se há, quando, na minha opinião, seria de bom tom , apesar “pesadelo logístico em termos de convocação das pessoas”, enviarem a mensagem a quem falta tomar a dose, ou divulgarem nas notícias que a vacina está disponível?

Eu vivo perto do Fórum, não me custa nada ir lá, mas há pessoas que vivem longe e não podem, ou não têm tempo, para irem passando.

 

 

 

 

outdoor: alongamentos

O título deste post está exactamente como no mapa de aulas da aplicação do ginásio que frequento.

Nos ginásios o uso do inglês é demais, há pessoas que não estudaram línguas estrangeiras e não percebem, não sabem que aula é  e, uma altura, opinei que os nomes das actividades deviam estar nas duas línguas.

Há que usar a nossa língua rica em vocábulos e para português ler.

E, hoje, regressei ao ginásio.

Fui fazer alongamentos. Mas só estava eu. E a aula aconteceu.

Ainda pensei desistir, a professora disse que se quisesse fazia musculação, para ela era indiferente, eu escolhia.

Não sou fã de musculação, manifestei o meu interesse em ficar no exterior e fazer alongamentos.

Sinto-me empenada e com falta de equilíbrio.

A aula foi muito agradável.

Aplicara o protetor na rosto.

Amanhã, volto ao ginásio, tenho de pôr no corpo, também.

O sol queima..

No final da aula, conversamos um pouco sobre este desconfinamento que levou muitas pessoas à praia e ao rio (segundo ela) e a continuar com estas saídas, e porque há quem ande na rua com a máscara na mão ou no pescoço, ambas cépticas que, pelo que percebi, somos no que ao vírus diz respeito, voltaremos ao confinamento.

Ontem, planeara ir à praia, mas quando me apercebi que a proibição de sair do concelho só entrava em vigor às 23:59h, mais uma vez, não arrisquei.

Com o que se vê na rua, prefiro pagar pelo que disse ou digo, espero enganar-me, mas que tudo corra bem e sigamos com a nossa vida.

Entretanto, já marquei pedicure.

O meu regresso...

 

IMG_20210406_113710.jpg

 

 

 

do regresso

1615984333913.jpg

( como ele sobe e desce no escorrega)

 

Segunda-feira abriram os colégios, as creches e as escolas do 1º ciclo. O frenesim nas ruas é  muito, as crianças do 2º ciclo aproveitam, também, para sair de casa.

Ontem, num mini-parque da igreja desta freguesia, andavam elas a brincar com os mais novos, apoderaram-se do escorrega, da ponte, era uma algazarra que nos impediu de deixar o nosso pequenote de brincar no escorrega.

Jogou a bola com a mãe, naquele pequeno espaço relvado, que tem ao lado das diversões.

Quando todos se afastaram, estava na hora de regressarem a casa, o meu sobrinho neto subia e descia o escorrega. Depois, jogámos à bola com uma menina brasileira, muito educada e delicada, que passava a bola para os pés dele, como quem diz: "a bola é tua,não posso abusar". Fomos os últimos a sair daquele espaço.

Agora que as crianças voltaram à rotina dos colégios e escolas, eu tenho mais tempo para mim, voltei ao ginásio via APP,  que muita falta me fazia... É que, entretanto, engordei...finalmente!

Mas tenho saudades das aulas presenciais, do bocadinho da manhã para tomar o café no bar do ginásio e deixar-me ficar ali a ler os blogues no telemóvel. 

Será que os ginásios vão abrir?

 

 

Sol!

IMG_20210212_142517.jpg

Hoje de manhã, fui com o meu sobrinho neto passear pelo quarteirão.

Subiu e desceu as escadas do café fechado, pôs os pés nas poças de água, andou atrás dos gatos, foi uma hora de relaxe.

Estou grata por este dia de sol e de nuvens, que me fez sair de casa com a criança.

É tempo demais uma criança em casa, sem o convívio dos colegas, as actividades da escolinha.

Eu faço o que posso mas, à noite, o cansaço é muito.

E a minha gata tem-me dado cabo da cabeça de manhã cedo,ainda noite.

Hoje, quis ir para a varanda.

Vou deixar a porta aberta para testar se não me chateia mais.

IMG_20210212_142629.jpg

E adormeço por nada.

 

 

a apatia deste tempo cinzento

a meteorologia não traz sol, estou farta deste tempo demasiado cinzento.

meteo.jpg

Se por um lado obriga as pessoas a ficarem em casa, por outro, a vitamina D faz falta, gostaria de estar junto da janela a ler e a apanhar um pouco de Sol de Inverno.

A minha rua está vazia de carros, tem escolas por perto, não há os gritos das crianças do 1º ciclo, não há os risos dos adolescentes das escolas secundárias, não há nada. 

Sem Título.jpg

Não vejo o luz ao fundo do túnel para tomarmos a vacina tão rápido quanto imaginava.

Gosto muito de estar em casa, adoro o meu cantinho, tiro proveito dele, faço o que me apetece, e por vezes nada. Finalmente, na segunda-feira, comecei o meu treino dentro de casa. Já não podia deixar que a falta de vontade superasse o que tanto gosto de fazer.

Venha o Sol, meu Deus!

Todos os dias da semana parecem Domingo.