Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

e chegamos ao fim do Verão

e sendo este ano mais sereno, o que para mim foi muito bom, as duas semanas anteriores,de Setembro, contentou-nos com a temperatuta da água do mar excelente.

Obrigada,Setembro, por este sereno final de Verão, e porque  me fizeste tomar bons banhos de mar.

Agora, vem o Outono e os passeios à beira-mar, como sempre gostei e gosto.

IMG_20210905_150547.jpg

IMG_20210912_131042.jpg

IMG_20210912_152435.jpg

IMG_20210914_172153.jpg

Ofir, Setembro de 2021

primeiro de Agosto

Domiungo, dei um salto  à praia, queria dar um abraço de despedida aos meus meninos, e aos pais, que estão de regresso a casa, lá  no outro lado do Atlântico.

Se aqui o tempo estava fraco, mal saí da auto-estrada, a chuva caía com mais intensidade.

Aparecei de surpresa,uma vez que a sobrinha estava a arrumar as roupas de cama, e mesmo tendo contracto com uma empresa de limpeza, preocupa-se em deixar tudo minimamente apresentável.

E estive a ajudá-la.

Tinham avião a meio da tarde, estava mesmo a ver que iam chegar tarde ao aeroporto.

Eu fiquei a acabar umas arrumações na cozinha, saí uns minutos depois,o trânsito era intenso na estrada ( nãofiz o regresso pela auto-estrada), à espera de receber uma mensagem que, felizmente, chegou quando eu já estava em casa.

Por cá também chovia. Desagradável e cinzento, não me saía da cabeça o ditado " primeiro dia de Agosto, primeiro dia de inverno". 

A noite, que teve algumas cargas de água intensas, estive a ver uma séria na HBO ( tenho grátis durante três meses) e como habitualmente adormeço no sofá, contrariamente ao esperado, vi com interesse to 3º ao 7º capítulos.

Chegava de televisão, fui dormir ( mais uma vez o sono não quis nada comigo). Dei voltas na cama, levantei-me várias vezes. Às 4h30, peguei num livro, para tentar que o sono viesse, amanhecia quando  adormeci, para acordar às 8h00. 

Depois de deixar o menino no colégio, entrei no blog,  vi as estatísticas, e fiquei surpresa.

Tinha 401 visitas.

Achei estranho porque este cantinho raramente chega a este número, só é conseguido, e até ultrapassado,quando está em destaque na página principal do Sapo.

Não tinha nenhum link da página de destaques, pensei que fosse erro. Não costumo dar demasiada importância ao número, porque de facto a média deverá andar pelo 100, fui ver o que se passava.

236 é o número de visitas para o post que escrevi em 2017 "primeiro dia de Agosto, primeiro de inverno", e 97  para o post " ditados populares do mês de Agosto" 

Com um dia para ficar em casa, o tempo húmido e cinzento convidava à preguiça no sofá e a tomar um chá, as pessoas andariam pela net a pesquisar " primeiro dia de Agosto"  e o google encaminhava para o meu cantinho, daí um número tão grande de visitas.

Reli os comentários deste post e gostei da explicação que a Elvira deu sobre este ditado popular:

 

 

blog.jpg

Entramos em Agosto,  os dias começam a ficar mais pequenos, é o mês das férias, das nortadas, das marés vivas. Por este caminhar, teremos temperaturas de outono em pleno verão que, verdade seja dita, aqui no norte não é nada agradável.

Fui ver as previsões para o mês parece-me que a segunda quinzena ( que vou de férias), será mais quente.

Não sou fã de temperaturas altas, mas está a fazer falta um calorzinho para as praias.

 

o verão chega já amanhã

estes finais de dia tenho sentido frio nos pés, ando pela casa de meias grossas calçadas.

apesar de não me dar bem com o calor, é preciso que venha com temperaturas quentes, mas não escaldantes.

comprei um vestido comprido, com o tempo que tem estado, não há  coragem para o vestir.

também comprei nos saldos ( 10% ) as sandálias que gosto, cujo modelo e marca tenho dois pares, um demasiado alto, deixei de usar, o outro mais baixo e confortável, estão na caixa conforme saíram da sapataria.

então, as compras de vestuário de verão deste ano, reduziram-se a um par de calças, um vestido e um par de sandálias.

e quero fazer alguma praia, durante a semana, para o lugar do costume, longe da multidão. 

com o número de infectados Covid 19 a aumentar, não tenho expectativas de ir de férias, ou à praia, durante o mês de Agosto.

 

 

 

deste mês

depois do intenso calor que fez até à terça-feira passada, estes dias têm sido frescos e de chuva, mais parecem dias de outono. 

hoje, não saí de casa, tive de vestir umas calças mais quentes, calçar meias.

e o lanche foi um chá quente com duas fatias de bolo de iogurte que fiz para aproveitar o forno ligado para fazer o almoço.

images.jpg

não gosto de muito calor, não fico bem, mas estamos no verão, tem chovido todo o dia, não é nada confortável.

parece que em meados da próxima semana,  voltam as temperaturas de verão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

a primeira quinzena de setembro em grande

depois do almoço, fomos à praia, a ideia era ficar para o pôr-do-sol.

a tarde estava serena, a temperatura excelente, há muito que não ficava na praia até ao final da tarde.

estamos a acabar em grande este verão.na próximasemana a temperatura desce cerca de 7º, é o outono a chegar.

mas o pôr-do-sol ficará para amanhã.

18:30h

18:50h

 

 

 

 

telemóvel avariado!

Marcara, para hoje, uma massagem reafirmante que recebera de presente no outono passado (as Termas fecham entre Dezembro e Fevereiro), saí de manhã cedo em direcção às Termas de Cadelas.

Da cercival até aos dedos das mãos e dos pés, costas e ventre, foram 40 minutos deliciosos, que vou repetir, muito em breve.

No regresso, passei pelo Ikea, fiz o meu passeio pela loja, comprei umas coisas que precisava (há outras que já tenho em mente comprar, mas alguém tem de ajudar-me a carregar, também porque vou pintar o escritório, depois da Páscoa, vai ser tudo a seu tempo), enquanto via as novidades, o telemóvel tocou , um familiar precisava falar comigo. A conversa foi rápida.

Compras feitas, pego no telemóvel para ver mensagens de whatsapp e espreitar o Sapo blogs, a imagem desaparecia.

Após várias tentativas, guardei-o na mala.

Quando já almoçava, tentando novamente ir à internat, o telemóvel não dava sinal de si. Nem sequer ligava.

Trouxe as compras a casa.

Com a garantia do aparelho, fui à loja.

Atendeu-me uma miúda muito simpática mas que não gostei de a ver com a chiquelete na boa. É feio.  E

O telemóvel vai para a marca.

Embora soubesse a resposta que a funcionária ia dar, perguntei se não tinha um de susbtituição: " Não temos telemóveis para emprestar".

Comentei que deviam estar preparados para isto, ela repetiu que não têm telemóveis, ao que respondi que " deviam ter telemóveis para emprestar ao cliente, este pagaria uma caução que seria devolvida se o aparelho fosse entregue em boas condições, quando o procedesse ao levantamento do seu telemóvel".

E vim para casa sem nada, tenho um velhinho que já não sei como funciona.

Vou buscar o meu sobrinho neto bebé ao colégio, e acabar a tarde com um passeio pelo centro da cidade, com ele e a mãe, que está prestes a sair do trabalho.

Rendeu bem este dia quente de Primavera. Com estas temperaturas, já apetece fazer praia.

Bom fim-de-semana.  

 

 

 

 

 

 

 

sozinha em casa

isto é, na praia, com o bebé, que a esta hora dorme.

Saíram todos de manhã, estava um tempo fantástico para fazer praia mas era impossível sozinha levar toda a logística que um bebé precisa, fui para a piscina.

O meu irmão apareceu por  cá, deitei o bebé, preparei o almoço, tudo muito rápido porque o bebé dorme cerca de trinta minutos, muito pouco, mas a noite é seguida, acorda de manhã cedo para o biberão.

Esta criança tem as suas rotinas e eu sigo à risca.

Depois do almoço, o tempo arrefeceu,  hora da papa,  o meu irmão decidiu ir embora, estava a ameaçar chuva,  fui dar uma volta com o menino.

Mudei de roupa, convicta de que estava fresco, calcei umas meias ao bebé.

Fomos em direcção à praia,  eis que chegamos lá e " que maravilha de temperatura!", comentei comigo.

Apetecia-me ir para a praia, mas levar o carrinho com o bebé era impossível.

Vim para casa, era hora de mais uma sesta, mas ele não dormiu mais de dez minutos.

Fui buscá-lo ao quarto, sentei-o na cadeira  estamos os dois a desfrutar desta serena tarde que parecia ameaçar chuva mas deu-nos um sol encoberto e quente.

Há seis dias que estou na praia e ainda não tive mais de duas horas deitada na areia.

Um bebé ocupa-nos muitas horas e estando sozinha não faço nada.

Neste momento,  estamos os dois  a gozar a temperatura, ele tira as meias que calcei quando saímos para passear e eu escrevo este post.

Há muitos anos ( a Sofia tem 20, foi a última a cuidar dela, antes das  férias dos pais)  que não estava tantos dias com um bebé.

Como compreendendo as mães que muito dão aos filhos , sabe-se lá com que forças, sobretudo quando eles, os homens,  não colaboram!

 

E apetecia-me tirar uma soneca.

E o pessoal deve estar a chegar.