Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 07.10.19

coisas do meu dia

Maria Araújo
O telefone tocou, atendi: Ela - Olá dona Fernanda. Eu - Desculpe, está a ligar para o número errado. Não sou a dona Fernanda. Ela - Eu conheço-a, dona Fernanda. Sempre a brincar. Eu - Desculpe, a senhora não está a falar com a dona Fernanda. Ela - Vá lá, dona Fernanda. Eu conheço-a. Eu - Mais uma vez lhe digo que não está a falar com a dona Fernanda. O meu nome é Maria ..., eu não estou a brincar. Ela ( não convencida) -  Maria ...! Dona Fernanda, vá... Eu - Já lhe disse (...)
Qui | 04.10.18

às vezes fazem-me de idiota?!

Maria Araújo
Há precisamente uma semana, uma pessoa falou em comprar um presente de aniversário para alguém por quem temos uma considerável estima. Como eu havia falado nisto, uma semana mais tarde a pessoa e mais uma colega foram deliciar-se com um tratamento, que gostaram muito,  falaram-me em comprar um voucher para oferecer a alguém que nós estimamos. E pediram-me para tratar da compra. (...)
Seg | 06.11.17

outras galáxias

Maria Araújo
Este post é dirigido o simpático blogger Andy Bloig, que nos dá o prazer de ler assuntos quase do outro mundo, nos seus posts "o mundo deve estar louco", lê os nossos textos e nunca nos deixa sem respostas aos comentários e, sobretudo, dá dicas  ás nossas dúvidas e opina os nossos comentários e/ou argumentos, respeitando quem está deste lado. Ora hoje lembrei-me de si, Andy (que interesseira "meu"). Fazendo um (...)
Qui | 21.09.17

fiquei com os nervos em franja

Maria Araújo
Precisava de marcar um tratamento, que falei neste post, visto que hoje a médica estava ao serviço, liguei para o hospital por volta das 14h10. Um minuto e treze segundos depois, sem que alguém atendesse, a chamada caiu. Entre as 14h10 e as 16h05 não parei de ligar. Tinha de conseguir falar com alguém. À 10ª tentativa tenho sucesso. Pedi para ligar a especialidade. Cerca de um (...)
Ter | 18.10.16

o telefone fixo

Maria Araújo
    cá de casa andava a deixar-me ficar mal há algum tempo. Fui à PT/Meo há cerca de um ano, substituíram as pilhas: " ah, não pode comprar dessas pilhas que se vendem nas grandes superfícies de eletrodomésticos, têm de ser as pilhas que fornecemos, e tal ( e eu nem sequer imaginava que forneciam as pilhas). Mas o facto é que, de vez em quando, o telefone deixava de funcionar estivesse eu a meio de uma conversa, pegasse nele para ligar. Outras vezes, deixava-me falar à vontade. Ont (...)
Sex | 23.09.16

quando nos pedem que grave os nossos dados

Maria Araújo
  ao telefone, depois de um pequeno inquérito sobre revistas/ hábitos de leitura, e para ter uma revista eletrónica  x durantes três meses e a 1 euro por mês (são só 3 euros, diz a menina), quebro de imediato a simpatia que oferecem, e que eu transmito, e digo, não! - Não, desculpe, mas não faço isso. Não gosto de dar os meus dados ( nome, endereço de e-mail, NIB) a quem não conheço. Só ao banco e, às vezes, nem isso! Resolvo tudo pessoalmente. Ela desliga, eu desligo, (...)
Qui | 06.08.15

homens que fazem as mulheres sonhar

Maria Araújo
    ontem à noite,  ao telefone com a minha amiga N e enquanto via a SIC Notícias, passou a notícia do mercado de compra/venda/transferências de jogadores de futebol e digo eu: "já reparaste que o Rui não ganhou um único jogo e o Jesus ganhou tudo?" E passamos para a conversa de futebol, que não (...)
Seg | 22.06.15

CP

Maria Araújo
  Na próxima segunda-feira, eu e a Sofia vamos a Aveiro. Não marquei as viagens pois não sabemos se vamos no comboio Intercidades e regressamos no Alfa, ou se vamos nos comboios urbanos. Estava a fazer uma pesquisa no site da CP e depois de várias tentativas para ver os preços, lembrei-me que fazem descontos se comprar os bilhetes com (...)
Ter | 10.02.15

Ele há cada uma!

Maria Araújo
Hora de jantar, o telefone toca. Maria (eu) vem atender, vê o nome no visor, pega no telefone e do outro lado ouve-se a voz de um homem (pai de uma amiga). Ele (percebendo que é voz de mulher e com os seus modos grosseiros que não escapam a ninguém, diz ) - Ligou para minha casa, quero saber o que pretende. Eu (fazendo-me  de parva, (...)