Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

o que fazes tu, Maria

Maria Araújo, 15.03.20

neste primeiro fim de semana fechada, isto é semi-fechada em casa?

É que desde que te levantaste, já saíste de casa, já foste resolver um pequeno problema, regressaste, fizeste o almoço (tarde), tiraste as gavetas da arca frigorífica, lavaste-as com um pouco de água e vinagre,limpaste-as muito bem, organizaste os teus alimentos ( estavam uma confusão) para os próximos dias,ou semanas, sabe-se lá quanto tempo ficaremos "isolados".

E ainda vais ter de sair para organizar o horário de ama do teu sobrinho neto, uma vez que a mãe, a partir de amanhã, está em Home Office e o menino precisa que cuidem dele.E uma criança ficar 24h em casa não é fácil,logo ela que adora ir ao parque e passear na rua.

Mas com boa vontade e esforço, tudo vai correr bem.

Estás serena, não acreditas nas notícias que te chegam via telemóvel (  evitas o FB ) , segues apenas o que lês nos jornais online ou na televisão.

Hoje,choveu um pouco, amanhã o tempo vai melhorar, o sol está aí, aproveita estes dias dentro de casa, lava as cortinas, arruma os roupeiros, lava a roupa  que usas para o ginásio( eu sei que a lavas depois de a usares) aproveita para aspirar as gavetas, separar o que não usas: carteiras, sapatos, écharpes, tudo, mas tudo... E dá a quem precisa.

casa-idoso.png

 

imagem daqui.

 

 

por cá, na segunda-feira de Páscoa,

Maria Araújo, 28.03.16

 

 

à exceção dos bancos e repartições públicas, ninguém trabalha.

E se ontem esteve um dia agradável, embora ventoso e fresco, hoje tem chovido todo o santo dia.

Não saí de casa. Sem que tivesse projectado dedicar-me às tarefas domésticas, depois do pequeno-almoço, peguei no cesto cheio de roupa para passar a ferro. Passei-a e arrumei-a.

Depois do almoço deu-me vontade de mudar o papel autocolante das gavetas do armário da cozinha, e organizar as pequenas peças que se espalhavam por lá.

Quando vou para encaixar as gavetas, duas delas não entravam, perdi um tempão, pedi a todos os santos que me dessem paciência porque não atinava com a coisa. E se elas saíram, tinham de entrar, só poderia ser falta de jeito. Lá consegui, passei à lavagem da louça.  

Quem tem um animal de estimação, necessita de limpar o chão, uma tarefa que deve ser feita pelo menos duas vezes por dia. Ora hoje, lembrei-me de desviar a máquina de lavar roupa e... "Que diabo! Se não sou eu desviar e limpar o pó que se acumula debaixo da máquina, a empregada não quer saber. Só limpa (mais ou menos) o que está à vista.", comentei.

Mudei a areia e lavei a caixa da Kat, enchi-a de novo.

Foram 5 horas dedicadas às tarefas adiadas. Quando o tempo está cinzento e sair de casa está fora de questão, aproveita-se para fazer estas aborrecidas tarefas. E quando me dá a vontade, não páro. 

 

 

 

O meu hemisfério direito

Maria Araújo, 23.09.14

A minha mão direita está cansada desta tala, das picadas, da comichão e do formigueiro que sente. A vontade é abrir isto e deixá-la “respirar” à vontade. E ainda faltam 18 dias para a consulta!  

Depois são as tarefas da casa. Salvo à hora do almoço que tenho a ajuda da Sofia, faço tudo sozinha com a esquerda e, por vezes, perco a paciência.

Ora no início desta árdua tarefa da mão esquerda, aconteceu que quando abria a pasta dentífrica, a máscara dos olhos e tudo o que é de rodar da esquerda para a direita, não rodava:”que estranho, estou sem força na mão?”, pensava. E uns segundos depois rodava ao contrário, pois claro, e : “óbvio que estás a fechar em vez de abrir, ó mãozinha destreinada!”

E não é que a semana passada, com o carro parado há 9 dias, e mais tempo ficará, fui acordá-lo desta hibernação e não consegui pôr o motor a trabalhar? Como a direção bloqueia e tendo só a mão esquerda para fazer as duas operações em simultâneo, ligar a ignição e desbloquear a direção, não consegui, desisti.

Hoje, pedi à Sofia que fosse comigo à garagem. Expliquei o que tinha de fazer.

Enquanto ela rodava a chave para ligar a ignição, eu desbloqueava a direcção. Mas, nada!

Trocamos os lugares…NADA!

E de repente, rodo a chave no sentido inverso e, “já está!”

Como é possível que depois de passar pelas experiências anteriores não pensei no óbvio?!

Deixo aqui a explicação…

 

 

“O cérebro é divido em 2 hemisférios. Cada um dos hemisférios controla os movimentos da parte oposta do corpo. Os movimentos que fazemos com a mão esquerda, pé esquerdo e olho esquerdo são inteiramente controlados pelo hemisfério direito do cérebro.

 

Os dois hemisférios podem sincronizar e dar harmonia aos movimentos, mas um hemisfério não interfere na atividade do outro.

 

Se ocorrer uma lesão no hemisfério esquerdo, uma pessoa destra será mais prejudicada, pois serão afetados os movimentos do lado direito do corpo. Com o tempo, o hemisfério não afetado vai assumindo o controle que dependia da outra metade e os movimentos podem voltar aos membros paralisados.” (…)

 

A empregada cá de casa

Maria Araújo, 12.03.14

Cantinho perguntou à empregada cá de casa (eu): "o que fizeste hoje, todo o dia?"

"Esta é a semana que a empregada (a outra) não vem, faço eu as tarefas ( e faço melhor que ela).

De manhã, fui ao ginásio.De tarde, limpei o pó, aspirei,passei o brilho no chão, lavei a casa de banho.

Falta a tarefa que mais me custa fazer: passar a ferro (se fosse uma montanha de roupa, já tinha aliviado o cesto)."

E cantava: "Cheira a lavado, faz do branco, branquíssimo."

o esforço dói

Maria Araújo, 26.02.14

Aula de Pilates às 10h, mais 20minutos de tapete, quando estava a terminar para tomar o banho e regressar a casa, vem o professor perguntar-me se quero fazer 15 minutos de ABS (alongamentos e flexões).

E fui.

Custa, mas consegue-se. Há senhoras mais velhas que estão lá dia a dia e conseguem-no.

O problema é que estou com uma dor na cervical...sinal de que fiz mal algum exercício. Logo hoje, que estava decidida a fazer uma das tarefas domésticas que mais me custa: passar a roupa a ferro.