Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

a MEO!

rede-4g-1200x684.jpg

imagem daqui

 

 

Quando  renovei o contrato com a operadora para ter televisão, net fixa e voz, foram-me dadas várias propostas, uma delas com net móvel 2GB.

Depois de fazer as contas, e porque faço as chamadas necessárias e não sou exagerada no uso da internet fora de casa, um dos meus sobrinhos sugeriu-me que  comprasse um cartão com chamadas,sms e net móvel mais acessível.

Gastei o saldo que tinha,  chegou a hora de tomar a decisão. Fui a este site, que não tem fidelização, escolhi o que penso ser aquele que pode satisfazer as minhas necessidades móveis. 

Querendo manter o meu número, teria de pedir à operadora de origem o código CVP, preencher o  formulário que vem com o cartão, e através da aplicação  enviar as fotografias dos documentos necessários.

Ora, na minha conta de cliente MEO, não tem lá nada, uma vez que o meu tarifário é pré-pago,não tenho facturas onde pudesse  obter este código.

Procurando ajuda no chat/fórum da MEO, enviei uma mensagem, que não tive resposta.

Não há qualquer ligação directa neste site que possa "dialogar" e resolver questões,  como já fiz várias vezes com a operadora actual, que sempre me ajudou, e se não fosse possível ser resolvido na hora, ligavam-me oportunamente.

Então, lembrei-me de entrar no chat da  aplicação e pedi que me orientassem sobre como pedir o código.A solução seria passar numa loja MEO.

De manhã, fui tratar disso,vim contente com um post-it que o funcionário me deu ( questionei-o se não teria de ser num impresso assinado, se era só isto, respondendo que era só o número que eu queria, era o que tinha para me dar) estava resolvido, enviaria por e-mail, conforme combinei com a pessoa com quem contactei no chat.

Mas, para meu espanto, quando preenchia o formulário, faltava um dígito do CVP.

Fiquei possessa. Teria de ir de novo à loja.

Depois do almoço, voltei, fui atendida pelo mesmo funcionário.

No pc confirmou o erro, pediu desculpa,  ao que comentei que este engano levou-me a ter de voltar lá, entregou-me um novo post-it com o número.

Rasurando o impresso, verifiquei que os quatro pimeiros números eram os mesmos, os outros oito eram todos diferentes.

Depois de enviado, entrei na aplicação e informei a pessoa que enviara o pedido, que me confirmasse se estava tudo direito.

A meio da tarde, estava no carro, recebi uma chamada, calculei que seria da operadora, que confirmou que estava direito mas pediu que enviasse nova cópia que esteja escrito, e assinado, que os números foram por mim rasurados.

E fiz o que me pediu.

Aguardo pelo dia de amanhã  para...

"Depois de recebermos o teu pedido vamos enviar-te um SMS em menos de 24 horas com a hora de início e de fim em que vai acontecer a transferência de número."

 

 

 

 

não há nada!

e1ea6a78f8b752e6b2703c52f9b49c18-754x394.jpg

( imagem daqui)

 

A minha sobrinha ( e afilhada)  comprou uma casa na praia, passamos uns fins de semana muito agradáveis.

Entretanto, acabadas as férias dela e dos filhos, pensou alugar a casa. Uma amiga falou-lhe que conhecia alguém que procurava casa para férias.

E a casa foi alugada por três semanas.

As minhas sobrinhas, irmãs, e a minha irmã, estão de férias,  o tempo vai melhorar esta semana, lembrei-me de  nos juntarmos para descansarmos uns dias na praia.
Sem nada lhes dizer, decidi procurar casas, visto que, em setembro, teremos casa para os fins de semana ( se não for alugada).

Há casas giríssimas e perto do mar, os preços  são diversos, alguns mais acessíveis às nossas carteiras, mas não há nada para as datas que quero.

Há anos que não alugamos casa na praia, sempre ouvimos dizer que são muito caras, mas nunca tivemos a curiosidade de consultar os preços.

Ontem, vendo alguns sites, encontrei uma casa a 100m da praia, condomínio fechado, e com um valor diário muito acessível e disponível para os dias que desejavamos.

Enviei um e-mail.

Recebi, hoje, a resposta: a casa não está disponível para o mês de agosto..

Respondi que o calendário do site onde encontrei a casa tinha os dias disponíveis, daí o meu interesse.

Entretanto, tenho procurado outras possibilidades, mais longe 500 a 1000 m do mar, e não há nada!

Num futuro próximo, e por que gostamos muito das praia do norte, vou procurar atempadamente. Do que vi, há imóveis modernos e bem decorados, com preços acessíveis.

Dividido este por 4 ou 5, não custa nada.

 

o bolo do fim de semana

bolo.png

Não ligo o forno de propósito para fazer bolos, mas aproveito um assado, e estando o forno bem quente, faço um bolo simples e que dê pouco trabalho, o que tem resultado muito bem ( os meus bolos abatiam e por vezes ficavam mal cozidos).

Ontem, enquanto o bacalhau assava, vim procurar uma receita de bolo de aveia e de preferência açúcar mascavado, para gastar este último, que raramento uso.

E encontrei neste site três receitas que me agradaram bastante.

Teria feito o de banana se as tivesse, fiquei pele das maçãs.

Um bolo rápido de fazer.

Segui a receita. O bolo não cresce demais, mas a maçã dá-lhe um toque delicioso (não o polvilhei com o açúcar e a canela).

Ao lanche não resisti comer três fatias, acompanhado de duas chávenas chá, sem açúcar.

Então fica o link  com as outras duas receitas.

Todo o site tem receitas práticas e deliciosas.

 

 

 

 Ingredientes 

  • 3 c. de sopa de margarina
  • 3 ovos
  • 1 chávena de açúcar (½  de açúcar mascavado e ½ de açúcar refinado)
  • 4 maçãs descascadas e em cubos
  • 1 chávena de aveia em flocos ou farinha de aveia
  • 1 c. de chá de canela em pó
  • 1 c. de sopa de fermento em pó
  • Açúcar e canela misturados q.b. (para polvilhar)

 Modo de preparação 

  1. Comece por bater as claras em castelo.
  2. À parte, bata a margarina, as gemas e o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada.
  3. De seguida, adicionar a farinha e a aveia e misture bem.
  4. Adicione a canela e as maçãs aos cubos e, por fim, as claras em castelo.
  5. Leve ao forno até estar cozido (verifique o estado de cozedura com a ajuda de um palito)

Preços CTT

transferir.jpg

 

 

Quarta-feira passada, fui aos CTT enviar o livro do segundo desafio de leitura. Entrei na loja a cinco minutos de fechar ( convicta que fechava às 18h).

Fui escolher uma saqueta almofadada, a M, preenchi o nome e morada meu e do destinatário, assinalei o "x" no quadradinho livro, nem fechei a saqueta,o  meu número de chamada apareceu no écran.

Dirigi-me à funcionária, que fechou a saqueta, colocou-a na balança. Disse-lhe que queria correio normal. Não teria ouvido, fez-me a pergunta.

Perguntou.também,se queria factura, respondi  que não ( mas devia), disse-me o valo a pagar: € 2,45

Achei estranho pagar este valor, mas como não reparara no preço da saqueta, paguei e saí.

Cheguei a casa, tirei o talão de pagamento e foi quando reparei na designação e quantia de cada um dos produtos:  € 1,40 pelo envio em correio normal, a saqueta  € 0,85.

Voltar atrás não valia de nada, a loja estaria fechada, pensei ir no dia seguinte.

Procurei outros talões que teria guardado de envios anteriores, mas nas minhas limpezas de papelada não encontrei nenhum.

Esqueci o assunto.

Ontem de tarde, fui à caixa do correio, tinha um envelope almofadado que me fez sorrir. Lembrei-me que seriam os dois livros

" Viagem ao Mundo dos Gatos", do Clube de Gatos do Sapo, que encomendei à Marta. 

Foi quando me lembrei do assunto CTT.

A primeira coisa que fiz foi ver  o valor da franquia registado na saqueta. E fiquei pasmada: €0,76. A saqueta tem a mesma medida que eu escolhera para o envio de um livro, este igual ao da imagem, no topo deste post..

Fui procurar os valores no site dos CTT.

Sem Título.png

 

Então a saqueta tamanho M custa  € 0,85, valor que consta no talão.

 

Sem Título.png

 

O livro não pesa mais de 50 gramas: custo  € 0,65.  Paguei   €1,40

A Marta enviou dois livros pagou  € 0,76 de franquia,  mais a saqueta,  totalizou  € 1,61.

Pergunto: o que levou a funcionária a cobrar-me mais  € 0,84?

Seria porque não escrevi na saqueta a palavra LIVRO?
Mesmo assim, não é razão para pagar uma franquia tão elevada. 

 

ctt.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o lugar certo

Gosto de mudar algumas peças de mobiliário cá de casa, se não compro novo, reciclo.

Mas nem sempre sei como conjugar o que tenho com o que compro novo.

Vejo imensos blogs e sites de decoração e, há cerca de um mês, descobri este, onde encontro sempre o que gosto. Tudo com simplicidade, harmonia de cores, bom gosto.

Umas boas obras a fazer, gastar uns bons euros, com uma casa grande que tenho, chegaria lá, mas...

Contudo, uma ideia aqui, outra acolá, imagino conseguir decorar, para já, o meu quarto. Depois, será o escritório.

Como há dias a minha cama foi substituída pelo sommier, (e bendita compra que fiz), a cómoda e o armário são de cor castanho, sinto alguma dificuldade em conjugar peças que não sejam da mesma cor do mobiliário, isto é, gostaria de algo com mais cor e que não choque com as que lá estão.

Receio as misturas de castanho com branco ou preto, mas parece-me que ficam bem. Nas revistas e sites tudo está muito bem decorado, as peças parecem únicas e diferentes, tudo é harmoniosamente escolhido e colocado no lugar certo.

A minha grande questão é que procuro muito e nunca gosto de nada. O que vejo vai além do meu orçamento, ou é clássico demais e não gosto.

15.jpg

32.jpg

3.jpg

16.jpg

15 (1).jpg

3 (1).jpg

14.jpg

 

 imagens do blog decouvrirlendroitdudecor