Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

pensava eu que passava despercebida

08.11.18, Maria Araújo
Estive quinze dias ausente do ginásio, porque não foi mesmo possível ir às minhas aulas. Regressei ontem, diz-me o funcionário da recepção: -Há algum tempo que não a vejo. Está tudo bem consigo? No bar, cruzo-me com outro, faz-me a mesma pergunta. Hoje, fui fazer duas aulas, estava uma funcionária, muito simpática, faz o mesmo reparo e pergunta. E eu que pensava que passava despercebida. É bom saber que as pessoas se preocupam connosco.      

simpatias que me fazem sorrir

14.05.18, Maria Araújo
  Uma semana sem ir ao ginásio,  vim de Lisboa muito cansada, sábado fui à aula de Pilates. Costumo levar uma mala com tudo o que preciso, uns dias mais pesada que outros, habituei-me a ela. Depois da aula,  mala na mão, dirigia-me para as escadas que dão acesso à recepção. Ao lado delas há o estúdio de bike. A mala tem rodas. Como é costume quando saio dos balneários, puxo-a até às escadas, páro junto destas, pego nela e subo-as. Ora no sábado fiz este gesto (...)

artista de rua

28.07.17, Maria Araújo
    O homem terá trinta e poucos anos, encontra-se durante parte da manhã e/ou da tarde nos semáforos de um dos cruzamentos da Avenida 31 de Janeiro. Tem cerca de 60 segundos para fazer os malabarismos e manipular os 4 a 6 pinos que tem na mão. É muito expressivo, se algum pino lhe cai, leva para a brincadeira, faz um gesto de surpresa, rapidamente o apanha, continua a execução, acabando-a uns segundos, com uma mímica ou um posar característicos, antes de o sinal verde abrir (...)

dez minutos depois

16.12.16, Maria Araújo
de publicar este post, tive  a chamada desejada. Tinha de ser rápida a chegar ao hospital. - Dez minutos, - respondi. E assim foi. Esperei uma hora pela consulta, aproveitei para enviar sms à minha amiga Mafalda, que me falou  muito bem desta médica, e informá-la que conseguira a consulta. Quando entrei no gabinete, uma mulher jovem, nos 30, levantou-se, apresentou-se, veio dar-me um beijo. Simpáti (...)

O meu sobrinho neto

16.07.14, Maria Araújo
É uma criança adorável, simpática, bem disposta, sabe tudo, diz tudo, e está a ser muito bem educado. Parabéns aos pais que estão a educar muito bem o filho. Hoje, fiquei em casa do meu cunhado a cuidar do miúdo, enquanto a mãe foi tratar de assuntos seus. O miúdo não fez birra, dizia "qué passear, abe a pota". Sem chave de casa, não saímos até que chegasse o avô. E a criança "conversou" comigo ( muitas das palavras não entendia, como é óbvio). Viemos para minha (...)