Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

para mim, é este

Maria Araújo, 04.09.19

o mês com os melhores dias de Verão, as praias estão como eu gosto, serenas e brilhantes do sol; observar o reflexo das pessoas que passeiam junto ao mar; da solidão da única gaivota que ora voava junto ao mar, ora planava e aterrava, ficando quieta por largos minutos; tomar o banho na maré baixa e sentir o corpo salgado que se estende na toalha; a conversa  sobre tudo e de nada com a nossa companhia.

Tudo é mais tranquilo neste Setembro.

IMG_20190902_111726.jpg

IMG_20190902_120740.jpg

IMG_20190902_132232 (2).jpg

E Setembro é, também,  o mês de anivesário de cinco sobrinhos; o mês que me dará o sexto sobrinho neto; o mês da festa desta cidade que eu "curto bué" .

Começou em 2012, ano em que  Braga foi a Capital Europeia da Cultura, é dos eventos de sucesso da cidade, a meteorologia tem sido generosa sobretudo porque é à noite que festejamos o fim do Verão, temos, no próximo fim de semana, a Noite Branca. 

O programa promete e está aqui

 

fb_feed.jpg

 

 

 

 

 

 

Setembro de outono

Maria Araújo, 20.09.18

Fui levar umas roupas à casa da praia, o tempo está nublado, porém uma temperatura agradável.

Sente-se um intenso cheiro a iodo, sabe a sal, sabe a  mar.

IMG_20180920_125648.jpg

Um pequeno passeio pela praia, ao longe via-se um grupo que se preparava para uma aula de surf.

Voltei ao pequeno mercado de frutas e legumes, vi ovos biológicos, e comprei.

Sentada na esplanada a almoçar, o sol espreita por entre o nevoeiro.

IMG_20180920_141226.jpg

A temperatura convida a sentar na praia e aproveitar este solzinho de quase outono.

Já me arrependi de não vestir o fato de banho, que trouxe mas ficou no carro.

Setembro, doce e sereno Setembro.

 

 

parece que a magia de Setembro

Maria Araújo, 04.09.18

anda no ar ( até é o mês de Verão/Outono que mais gosto, sobretudo para passear pela praia), toda a gente fala e escreve coisas cuxi cuxi, muito fofinhas e românticas.

Setembro é o mês de os alunos regressarem à escola, de os pais abrirem a carteira para pagarem os livros, os materiais, as mochilas.

Cá em casa, Setembro é o mês com maior número de aniversários de membros da família.

 

 Imagem relacionada

 

 

também escrevo sobre recomeços

Maria Araújo, 03.09.18

 

Acabadas as férias das creches e jardins de infância, é sempre uma preocupação para os pais e mães o regresso dos filhos, neste início de Setembro, sobretudo quando é a primeira vez que começam uma vida nova.

Novas rotinas, outros rostos, adaptação a um ambiente desconhecido, mas também outras aprendizagens e novos amiguinhos.

O meu sobrinho neto bebé  mudou de cidade, teve hoje o seu primeiro dia numa nova creche.

Quis o destino que, dezassete anos depois  (quando quiser dar um passeio com ele no final do dia) a tia avó voltasse lá para matar saudades do tempo que ia buscar a Sofia.

 

já não é o mesmo tempo

Maria Araújo, 08.09.17

IMG_20170907_105349_1CS (1).jpg

 

Vendo a meteorologia que apresentava temperaturas por volta dos 27º e sem nortada na praia, ontem, fui aproveitar o sol.

Por volta das 10h que saí de casa, senti a frescura da manhã. 

Cheguei à praia estava um vento suave e fresco.

As marcas de pneus na areia indicavam que a praia teria sido limpa do lixo que os banhistas de Agosto deixaram por lá.

Fiz do guarda-sol o meu tapa-vento e deixei-me estar a tomar o sol que não era quente demais.

O livro que me saiu num sorteio que a Magda fez há algum tempo, era a minha companhia.

Não fui ao mar. A temperatura da água estaria baixa demais, pequenos montes de algas acumulavam-se  na praia, presumi que o mar estaria cheio delas e eu detesto senti-las enroscarem-se nas minhas pernas. O cheiro delas era intenso.

As pessoas passeavam pela beira-mar.

Duas horas e meia de calma, ao sol, dediquei-me à leitura do meu livro.

Pela hora do almoço, saí da praia. Fui comprar peixe ( adoro o peixe fresco da peixaria daquela praia). O vento estava mais forte e fresco.

Às 16h precisava de estar em casa, tinha uma aula marcada no ginásio e não queria faltar.

De volta a casa, na auto-estrada, e à medida que ia para o interior, sentia-se um ligeiro bafo de algum calor que fazia. 

A próxima vez que for à praia, nestes dias frescos e o sol mais baixo, será, então, para passear pela beira-mar e desfrutar do resto do calor que o ele nos der, numa esplanada de um café.

E Setembro é o mês que gosto para fazer praia.