Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Obrigada,Sapo.

 

IMG_20211222_153155.jpg

Estou no Porto, na sala de espera da clínica Malo, entrei no Sapo blogs, e, nos destaques, aparece o meu cantinho.

Não tenho tido tempo para quase nada, mas tenho algo positivo a escrever sobre este post em destaque.

Logo que puder, fá-lo-ei.

Obrigada, equipa do Sapo.

 

 

Natal?!

parece que sim.

já cai neve na página principal do Sapo.

mas, afinal, percebi que é o anúncio aos cabazes de Natal do Continente. 

 

Sem Título.jpg

por acaso, hoje, fui dar uma volta pelo centro, e como esta semana vai ser mais calma para mim, pensei preparar a lista, muito restrita, de presentes de Natal que quero comprar, e tudo fabricado em Portugal.

 

É DESTA QUE LEIO ISTO

Foi a primeira vez que li este título, não sei o que me levou a entrar nesta página. 

É o mês da luta contra o cancro, tenho lido de mais sobre o assunto, é este artigo uma realidade que nós não nos apercebemos, ainda que tenhamos familiares doentes e sejamos os seus cuidadores.

Sobre o livro "As Que Não Morrem", vale a pena ler o texto, aqui.

istockphoto-512012881-612x612.jpg

 

O diagnóstico de um cancro tem uma miriade de consequências: é a morte lenta que não só a doença causa, mas também a cura, brutal para o corpo. Mas é também o trabalho inexcedível (e muitas vezes invisível) das enfermeiras para, em simultâneo, cuidar e avaliar; a desumanização que o paciente se sente atravessar; o abandono daqueles mais próximos que não querem enfrentar "a besta". Em "As Que Não Morrem", a poetisa Anne Boyer — que sobreviveu a um cancro da mama triplo negativo — descreve tudo isso sem peneiras e com a qualidade que lhe fez ser premiada com o Pulitzer para não-ficção em 2020 por este livro. O SAPO24 publica alguns excertos desta obra.

de hoje

O tempo está de chuva...

IMG_20211002_185526.jpg

Enquanto espero que o verniz das unhas seque, ando pelo Sapo a ler notícias.

E fui ver a pergunta do dia.

IMG_20211002_185130.jpg

 

E votei na última.

Não esperava, de todo, ver uma grande percentagem de pessoas que não vai a bares e discotecas.

Há muito tempo que não vou a bares.

A semana passada, tive um aniversário.

Mais de metade das convidadas foi para casa, poucas foram beber um copo.

Eu não fui.

As discotecas já não me seduzem.

Prefiro conversar sentada à mesa do restaurante.

Hoje, vou jantar fora.

 

relatório do mês

sapo.jpg

Os sacos térmicos de sementes, é o post que tem tido mais visitas, desde sempre.

E a verdade, é que o ponho todos os dias,  à noite, quando me deito, ajuda a relaxar e a adormecer, eu que ando na fase de dormir poucas horas. E no dia seguinte, vem o cansaço.

Há dois anos, o braço esquerdo não me deu tréguas durante dois ou três meses, até que fui à consulta de especiladidade de ortopedia, a solução era operar porque tenho bicos de papagaio. Mas, segundo opinião de especialista em neurocirurgia, era desnecessário.Valeu-me a fisioterapia e estes sacos térmicos que ponho todos os dias, desde então.

Às vezes, é o ombro direito que me prega das suas. Ontem, fui a uma consulta de fisiatria, tenho uma tendinite, vou voltar à fisioterapia, e aplicar um gel para  massajar duas vezes por dia.

Pode ser tolice minha, mas convenci-me que os sacos de sementes aliviam-me bastante a tensão muscular que tenho diariamente, e quando tenho dores, tomo um, e basta um, comprimido anti-inflamatório, e fico bem.

O ginásio também está a fazer-me falta.

E na próxima semana, desconfinados que estamos, regressam as aulas de grupo, e não vou poder ir. 

 

estou preocupada

Tinha pensado ir pé até ao Bom Jesus, subir e descer os escadórios, preciso de exercício físico  que, à excepção do fim de semana,  não há oportunidade para  fazer as aulas que gosto.

A minha irmã mais nova e a filha vieram ter comigo ( chegaram tarde, desistimos do Bom Jesus), mantivemos a distância necessária, e quando as pessoas se cruzavam connosco, fazíamos uma fila para não haver aproximação.

Ora, quando chegamos à zona do Parque da Rodovia, ficamos estupefactas. Aliás,eu até já estava a contar com o que vimos: muita gente, famílias com os filhos, grupos enormes que passeavam por lá, que se cruzavam sem qualquer distância. Desistimos de atravessar o parque, metemos por zonas de vivendas que ninguém escolhe para caminhar.

E assim fomos descansadas. Quando chegamos à zona do Leroy Merlim, a coisa descambou, não pelo número de pessoas que por lá caminhava,  mas porque a circulação de viaturas era demais.

E no Leroy Merlim, que eu pensei que estava fechado, o parque estava cheio e havia fila para entrar.

Fizemos o caminho com segurança, eu conheço esta zona, cruzámo-nos com  poucas pessoas.

Há minutos, no Instagram do Sapo, que eu procuro para ver o quadro de infectados COVID19, fiquei de boca aberta:

há algum tempo que o Norte tinha um baixo número de infectados, Lisboa e Vale doTejo tinha substancialmente o dobro, hoje, inverteram-se os números.

Não são muitos, mas o suficiente para, com o que vi hoje nos arredores da cidade, os casos aumentarem.

Já perto de casa, passou o meu vizinho do andar de cima, que nesta pandemia vai fazer a sua corrida matinal, parou por segundos e disse: "Impossível andar nos arredores. Há gente a mais na rua".

Estou desolada.

Espero enganar-me, mas com estes comportamentos, tão cedo não desconfinamos.

 

 

Acabei de ler que vai haver Conselho de Ministros para aprovar as novas regras, mas as escolas só abrirão depois da Páscoa. Mas as lojas poderão abrir no dia 17.

Urge as crianças em idade pediátrica voltarem às creches.O meu sobrinho neto precisa muito de ir para o Colégio.

Aguardemos o que por aí vem.

12 anos

neste dia 10 de Maio,decidi falar dos Destaques dos Blogs do Sapo,  voltar atrás no tempo para recordar o meu primeiro destaque.

Sabia que tinha sido sobre moda, e no mês de Maio,e que o ano seria 2010. Procurei e não encontrei.

Também lembrava-me muito bem que vinha a fotografia de um elemento da equipa, que  vestia uma camisola às riscas cor vermelha e azul.

Na tag #destaque não encontrei o que queria, também.

Com este post agendado, e pronto para ser publicado neste dia 10 de Maio, lembrei-me, uma destas noites, que o destaque teria sido no dia que fui assistir a defesa da tese de uma amiga, em Viana do Castelo, com um almoço a festejar com um pequeno grupo de amigos que ela convidara.

E foi então que lhe enviei uma mensagem whastapp a perguntar o ano da tese, pois sabia que tinha sido em Maio.

Resposta imedia: 31de Maio de 2011.

E aqui está o destaque que confirma o que eu pensara: assunto, moda ( Globos de Ouro da SIC, mês de Maio,e a fotografia do colaborador com a t-shirt às riscas).

desatque 1.jpg

No mesmo ano tive outro,não me recordo se tive mais algum, com a fotografia do Pedro

11.11.2011

9429416_CPFtd.jpeg

na altura os destaques traziam a fotografia dos colaboradores da equipa do Sapo, achei que  seria interessante escrever sobre a evolução da página dos destaques ao longo destes anos, e sempre em actualização, a acompanhar as novas tecnologias, mais apelativa e convidativa a quem queria abrir um blogue.

depois da lista de blogs, conforme imagens acima, cada post destacado passou a ter o seu espaço naqueles quadradinhos...e havia os recortes, também.

mais tarde, foram os ícones que representavam o tema do post, por fim, e mais recente, as imagens/ fotografias dos autores do blog e de acordo com o tema.

de tudo um pouco, estão aqui os meus posts destacados ao longo destes anos.

não sei se esqueci ou perdi algum, estão os que guardei:

destaqueblog 2.png

vários foram as vezes, sobretudo à noite, que pensei apagar o blog, mas no dia seguinte pensava que era uma tontice minha,o meu espaço é um pequeno diário onde registo uma parte de mim, e que servirá para, um dia, quando desistir de escrever, lembrar o que aconteceu lá atrás no tempo.

e no dia 10 de Maio de 2019, escrevi estas palavras:

"apaga o blog, deixa de perder tempo com banalidades", e tomo a decisão de o fazer no dia seguinte,  chega a manhã, comento: " és doida, deixa-o ficar. quando fores velhinha, e se a memória não te faltar, vais ler com carinho e surpresa o que escreveste lá atrás".

porque cada destaque era uma agradável surpresa, e sem qualquer ordem cronológica, estão aqui representados os meus 12 anos de blog ,  uma forma de agradecer o trabalho da equipa pois foi através desta que conheci muitos blogs que acompanhei, e acompanho, ao longo destes doze anos.

desataque blog 3.jpg

enquanto tiver tema para escrever, continuarei por cá...

 

destaques blog 3.png e para mais tarde recordar.

obrigada a quem me visita, a quem me lê.

obrigada, Equipa do Sapo.

 

Felicitações do aniversário. Postal dos felicitações pelo ...

 

 

postal  de aniversário trouxe daqui