Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



e o meu destaque de hoje vai

por Maria Araújo, em 17.05.19

para o SAPO!

2019-05-17 (2).png

Sigam aquele indicador e vejam a beleza das cores, o movimento dos ícones, o brilho de toda a plataforma deste servidor dos nossos blogs.

Parabéns, SAPO!

Feliz Dia da Internet. 

Resultado de imagem para savepepe

Ah! Estejam atentos a esta notícia.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

gratidão

por Maria Araújo, em 27.04.19

2019-04-27 (2).png

é entrar no Sapo Blogs e ver este cantinho em destaque.

Muito obrigada a toda a equipa. 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

discordo, com certeza

por Maria Araújo, em 28.02.19

2019-02-27 (3).png

De boca em boca, e com conhecimento de causa, chega-se aqui.

O que na terapia convencional demora anos a alcançar, nas terapias não convencionais, os resultados surpreendem a cada sessão.

Carinho,conhecimento, trabalho, empenho, persistência, experiência, determinação, dedicação, profissionalismo e muito mais... os resultados saltam à vista.

Terapias não convencionais na Lei de Bases da Saúde, SIM.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os atrasos e cancelamentos das consultas

por Maria Araújo, em 13.02.19

na pergunta do dia do Sapo da passada segunda-feira teve 70% dos votos.

2019-02-13 (2).png

Precisamente na segunda-feira, em Lisboa, numa clínica privada, tinhamos duas consultas marcadas ( marcação proposta pela clínica) : a primeira para as 11h30, a segunda para 13h30.

À hora marcada estavamos lá, a médica não tinha chegado. 

Quando chegou, por volta das 12h15, atendeu uma família que chegara de uma longa viagem, as crianças dormiam nas cadeiras.

A nossa vez chegou por volta das 12h45.

Na segunda consulta, perguntei se a médica chegara, a resposta foi positiva, entramos à hora marcada.

Em Outubro passado, nesta clínica, uma consulta marcada para as 10h00, entramos para o consultório por volta das 12h00, atrasou a segunda consulta, perdemos o comboio, tivemos de comprar bilhetes para o comboio seguinte.

Há quinze dias, num hospital privado desta cidade, com uma consulta marcada para as 9h00, pensaramos que seria pouco provável o médico dar consultas tão cedo, comentaramos que se chegasse às 9h30 seria bom, até porque seriamos as primeiras, não havia ninguém na sala de espera.

Fomos chamadas por volta das 9h10 para uma sala mais pequena, mandaram-nos aguardar que entraríamos de imediato.

Não passaram mais de três minutos, abre-se a porta do consultório, saem de dentro um pai com o filho, entramos nós.

A consulta demorou o tempo suficiente.

Saímos.

E comentamos que estivessem os médicos a horas no consultório, salvo raras excepções que haja uma urgência, as consultas não teriam os atrasos que têm e evitariam o desespero do utente que perde horas de trabalho.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

obrigada, Sapo

por Maria Araújo, em 12.02.19

2019-02-12 (1).png

Já estava esquecido, este post.

Foi uma surpresa.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada, Sapo

por Maria Araújo, em 30.11.18

Entrei na Brasileira para tomar o segundo pequeno-almoço, estou com alguma pressa,  enquanto espero o bolo de arroz e o pingo,  entro no Sapo Blogs e vejo um cantinho em destaque.

Obrigada.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

# aniversários

por Maria Araújo, em 04.11.18

À procura de uma fotografia que tivesse publicado algures no tempo, descobri na tag aniversarios ( sem o acento ), no dia 4 de Novembro de 2013  mais do que queria.

Cinco anos depois, estou aqui para vos congratular por este dia de aniversário, especialmente para ti, pela excelente mãe que és do meu sobrinho neto, Little V.

 

captura de ecrã.png

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

obrigada

por Maria Araújo, em 31.08.18

Sapo.

É a minha cidade que está em destaque.

 

cntinho.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o que se passa com os comentários do Sapo?!

por Maria Araújo, em 20.08.18

Tem dias, e alturas,  que tento responder aos comentários, corre bem. Tem outros que o item publicar aparece a tracejado e/ou " a carregar" , não se passa nada, isto é, os comentários não são publicados.

Hoje, não consegui responder a nenhum dos comentários que recebi.

Esta situação acontece há algum tempo, e eu perco a paciência.

Depois, esqueço-me de comentar.

 

captura de ecrã.png

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o dia 25 de Abril

por Maria Araújo, em 25.04.18

 

captura de ecrã (3).png

 

 

 

captura de ecrã (4).png

 

trouxe-me este inesperado destaque, obrigada Equipa do Sapo, foi um miminho que recebi.

Um "olhar" pelos posts  mais antigos que escrevi sobre o Dia da Liberdade, transcrevo este de 2010 que me trouxe recordações do que se vivia cá em casa, antes da revolução das armas, e por que hoje tenho pensado, com muitas saudades, nos meus familiares..

 

«36 anos, muito aconteceu, pouco mudou no que ao poder diz respeito.

Lembro-me que  nesse dia fui para a escola, logo de manhã, aqui bem perto da minha casa, onde vivo actualmente.

Falava-se da queda do governo.

Mandaram-nos para casa.

Rádio a toda a hora, TV também. Ninguém queria acreditar.

Minha mãe estava ansiosa  e com medo que as armas disparassem, por cá.

Meu irmão encontrava-se na Guiné, em combate.

Foi um alívio para ela. Vivia em constante ansiedade.

De cada vez que eu ia à caixa do correio, que fica na entrada da porta do prédio, se eu demorasse um pouco mais a subir, pensava que havia alguma má notícia. Se houvesse, seria por telegrama, era entregue em mão.

Naquele tempo,escreviam-se aerogramas a via mais simples de os filhos da guerra escreverem à família.

Uma folha de papel fino, amarelo, que era dobrado em três. Escrevia-se o remetente e o destinatário e lá chegava o bendito aerograma. 

Gostaria de os ter de recordação, mas não os encontrei. Deduzo que minha mãe teria rasgado quando meu irmão regressou a Portugal.

Hoje comemora-se mais um ano do dia dos cravos.

Tenho grande admiração por todos os homens que foram combatentes de guerra.

Os amigos do meu irmão, amigos meus também, combateram em Angola e Moçambique. Um amigo e funcionário na empresa do meu pai combateu em Timor. Todos foram separados. Estão por cá, alguns já são avós. Meu irmão, não. Está "lá noutras vidas", com minha mãe, minha irmã e meu pai.»

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR