Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

sapatos de "velha"

17.09.19, Maria Araújo
sempre que via este tipo de sapatos comentava com o meu decote, ou com quem me acompanhava: " ui, rendado! são sapatos de velha". Ei-los agora, especialmente lindos,  para qualquer idade... mas não os comprava.    

os tamanhos pequenos

11.10.17, Maria Araújo
de algumas marcas, inclusive o XS,  são grandes para mim. Não desisti de procurar as calças pie-de-poule que quero, embora o tempo não se decida mudar e não apeteça comprar roupa para esta estação. Vi na montra da H&M um fato cujo padrão gostei. Entrei na loja. Procurei as calças 34 /36. Nada! Peguei num par 38, dirigi-me a uma das colaboradoras e perguntei se não havia números mais baixos.  Não, não havia, pelo menos para já. Decepção! Gostei do padrão e do tecido. Sa (...)

qual é o sapato mais caro?

19.05.16, Maria Araújo
      Sapatos, o objecto de desejo das mulheres. Quantos mais são menos para tanta oferta. Então vou propor um jogo.       Nesta imagem tens nove sapatos de várias marcas: Louboutin, Jimmy Choo, Aldo e outras. Qual achas que é o mais caro? Vê se acertas, assinalando o número no teu comentário. Mais logo, dou o resultado.      

a mulher dos saltos altos

20.05.15, Maria Araújo
Precisava de café. Infelizmente, a Nespresso mudou-se no ano passado para  o Braga Parque. Embora não goste muito de fazer compras nos hipermercados e como tinha urgência em algumas compras para a dispensa, lembrei-me de ir ao Pingo Doce, lá no centro comercial, já que tinha de ir propositadamente à Nespresso. N (...)

Uma dica...

27.11.14, Maria Araújo
E quando vemos um par de sapatos lindos de morrer,entramos na sapataria, calçamos, vemos ao espelho, miramos, remiramos, parece que está tudo bem, pagamos  e vimos felizes da vida por que trazemos um dos objectos de desejo que as mulheres adoram (eu não sou excepção)? E quando saímos à rua e após alguns metros percorridos temos a sensação de (...)

Calçado intemporal

26.09.14, Maria Araújo
Enquanto eu seguia a moda, minha irmã mais velha não queria saber dela, da moda, e sempre calçou o que era o seu conforto. E tinha-os bem elegantes, apesar de eu lhe dizer que não se usavam. Um calçado  intemporal que hoje invade as montras das lojas por onde passamos e que eu sempre gostei. No ano passado,  esqueci a minha altura e apaixonada que fiquei, comprei estes que fazem a delícia dos meus (...)