Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

depois, fui ver o pôr-do-sol

Maria Araújo, 25.02.21

final de tarde estava a correr bem, segui para o Sameiro.

Faltavam cerca de quinze minutos para o sol se pôr, fui visitar a pequena capela , aberta aos fiéis, segui para os escadórios.

Aqui e ali, alguns casais de namorados conversavam descontraídos, mulheres sozinhas, ciclistas que descansavam por  alguns minutos depois de terem feito a subida íngreme de uma das duas estradas: a da Falperra ou do Bom Jesus, todos sentados e distantes a respirarem o ar fresco, saudável e relaxante.

Uma calma  muito agradável, num lugar de reflexão, em que a mente vai para além de tudo o que estamos viver.

A Lua, do lado oposto, fazia-nos companhia a este pôr-do-sol que nos quis mostrar no inverno também nos dá a cor laranja do fogo.

E se para mim o mar, que muito gosto, relaxa, a montanha é uma boa companheira, também.

IMG_20210222_174840.jpg

IMG_20210222_180317.jpg

IMG_20210222_180246.jpg

IMG_20210222_180236.jpg

IMG_20210222_180136.jpg

IMG_20210222_180123.jpg

IMG_20210222_180103.jpg

IMG_20210222_213424.jpg

IMG_20210222_213439.jpg

Tinha várias chamadas não atendidas, estafva ao telemóvel com uma amiga,quando a  campainha tocou perguntaram se era a Maria Araújo, tinha uma encomenda para entregar.

um jovem entregou-me um grande saco de papel,com o cartão da casa, trazia um lindo ramos de flores e folhas desidratadas.

IMG_20210225_145906.jpg

 

ramo.jpg

A sobrinha e afilhada, que está do outro lado do Atlântico, mandara entregar a casa este lindo presente. Tentara ligar-me, não conseguiu, nem eu, conversamos pelo whatsapp.

Fiquei tão feliz com este inesperado presente.

E ela feliz ficou por me ver feliz.

Ontem, passei na loja, tem flores lindíssimas de fazer perder a cabeça e a carteira.

 

 

 

 

 

serena foi a tarde

Maria Araújo, 11.11.20

Dia da emprega, estamos a viver uma forte pandemia, ela anda noutras casas, prefiro estar ausente e não ter de a  ver limpar sem usar a máscara, eu uso-a sempre que alguém está cá em casa, seja familiar,seja amigo,seja  quem for.

Então, passei nos Viveiros do Cávado, comprei flores para a varanda e plantas de interior.

Fui dar um passeio de carro, andei pelos arredores, decidi ver a cidade de lá de cima do Sameiro.

Depois de uns minutos de reflexão no Santuário, dei uma volta pelo recinto. Algumas pessoas faziam o mesmo que eu, era o silêncio da paisagem a nossa companhia. 

A cor cinza das nuvens pareciam tranquilizar a cidade, esta mente, e o coração, também, do tempo que vivemos.

IMG_20201111_202548.jpg

Deixei-me andar por ali.

Fui buscar o menino ao colégio.

A mãe chegou, fomos até ao centro da cidade para comer as castanhas de São Martinho.

E o menino entreteve-se a fazer bolas de sabão.

IMG_20201111_202023.jpg

IMG_20201111_202101.jpg

IMG_20201111_202151.jpg

IMG_20201111_202342.jpg

IMG_20201111_202417.jpg

IMG_20201111_202521.jpg

IMG_20201111_202650.jpg

IMG_20201111_202714.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

uma caminhada

Maria Araújo, 16.06.18

ao Santuário do Sameiro que o HP organizou de apoio aos estudantes de Medicina da UM, que vão em serviço de voluntariado para o Quénia, não teve a adesão do ano passado( apoio à Refood), esperava ver um substancial número de sócios.

Poucos mas bons, seríamos 30, metemos pelo monte em direcção ao Santuário do Sameiro, cerca de 5 KM.

Uma vista da cidade, os  vestígios do inesquecível incêndio de 15 de Outubro,  à nossa frente.

 

IMG_20180616_100425.jpg

IMG_20180616_102235.jpg

IMG_20180616_102231.jpg

A natureza recompõe-se, o verde sorri, nem tudo se perde

IMG_20180616_104255.jpg

IMG_20180616_104418.jpg

Um percurso que nos levou 1h40,  chegamos ao Santuário mais cedo do que imaginara.

IMG_20180616_104808.jpg

IMG_20180616_104824.jpg

Um lanche, uns breves exercícios de relaxamento, a descida era feita por nossa conta e risco.

Passei pelo Santuário, um colega   que conheço há muitos anos, das noites de Pacha, acompanhou-me, entretanto, juntou-se a nós um pequeno grupo de brasileiros que decidiram fazer a descida a pé pelo Bom Jesus, seguiríamos por Fraião para irmos ao ginásio buscar os carros.

IMG_20180616_112316.jpg

 Descemos o parque do Bom Jesus, que àquela hora já estava cheio de turistas.

IMG_20180616_115017.jpg

IMG_20180616_122438.jpg

 

O ano passado, dia 10 de Junho, fotografei esta casa quando caminhávamos para o Bom Jesus, este ano no sentido oposto e com a mesma decoração.

Foram cerca de 2h de caminho, 4km, nas calmas, e em agradável cavaqueira.

 

Braga é serena

Maria Araújo, 03.12.16

Para o ano, em Abril, temos mais um encontro de bloggers, desta vez, em Braga.

Uma tarde agradável que esteve ontem,  ( hoje está uma ventania a puxar à chuva) fui ao Bom Jesus, passei no Hotel do Elevador para saber se têm serviço de buffet ao domingo, e preço.

Depois, como não podia deixar de ser, dei uma volta pelo recinto e tirei as fotografias à cidade. Quem a vê de cima, sente uma calma e melancolia agradáveis, nestes dias de outono.

IMG_1200.JPG

IMG_1209.JPG

IMG_1210.JPG

IMG_1212.JPG

IMG_1216.JPG

IMG_1222.JPG

IMG_1224.JPG

IMG_1226.JPG

IMG_1230.JPG

Passei pelo Santuário do Sameiro. Rezava-se o terço.

Lá dentro o frio era de mais.

Uns minutos de reflexão, saí e captei mais umas fotografias.

IMG_1232.JPG

IMG_1236.JPG

IMG_1237.JPG

IMG_1239.JPG

Nós, por cá, temos lugares calmos e bonitos.

Braga é uma cidade serena e os seus cidadãos sabem tirar partido dela.

 

 

o primeiro dia

Maria Araújo, 10.10.16

com a minha amiga Lia, a Luso-Brasileira que nasceu na Figueira da Foz , que foi para o Brasil com 2 anos, tendo vindo cá várias vezes, adoraeste país, tenciona ficar por cá.
Veio a Portugal regularizar a situação em relação a: banco, médico de família, procura de apartamento, enfim, tudo para o seu regresso definitivo em 2017, depois de casar o filho.

Na quarta-feira, dia que chegou a Braga, depois do almoço, levei-a ao Bom Jesus. Tinhamos feito esta visita há 3 anos, mas chovia imenso nesse dia, apenas visitámos o Santuário.

Temperatura agradável, era feriado, as pessoas passeavam pelo parque, a esplanada cheia, uma tarde quente de outono, estava-se bem.

IMG_0473.JPG

IMG_0475.JPG

IMG_0480.JPG

IMG_0486.JPG

IMG_0492.JPG

IMG_0494.JPG

 

Seguimos para o Santuário do Sameiro.

Há muitos anos que não ia aos escadórios ver a cidade que se estende lá ao fundo à nossa frente. Iríamos, a seguir, ao interior do Santuário.

Bela paisagem de fim de tarde. A aragem fresca não nos tirava do local.

IMG_0499.JPG

IMG_0503.JPG

IMG_0504.JPG

  ( apaixonada por cachorros )

 

Quando voltamos para visitar o Santuário, estava fechado.

No meio do recinto tem uma capela com a imagem de Nossa Senhora do Sameiro. A Lia não conhecia a Senhora com este nome.

Hora de regressar a casa, quando descemos em direcção à estrada que liga o Sameiro ao Bom Jesus, tivemos de parar o carro para tirar a fotografia ao belíssimo pôr-do-sol desse final de tarde.

IMG_0517.JPG

IMG_0521.JPG

 

Tinhamos combinado, depois do jantar, beber um copo com as nossas amigas, mas desistimos. No dia seguinte tinhamos de levantar cedo para a viagem pelo Douro, deixámos o encontro para sexta-feira.