Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Qui | 25.02.21

depois, fui ver o pôr-do-sol

Maria Araújo
final de tarde estava a correr bem, segui para o Sameiro. Faltavam cerca de quinze minutos para o sol se pôr, fui visitar a pequena capela , aberta aos fiéis, segui para os escadórios. Aqui e ali, alguns casais de namorados conversavam descontraídos, mulheres sozinhas, ciclistas que descansavam por  alguns minutos depois de terem feito a subida íngreme de uma das duas estradas: a da Falperra (...)
Qua | 11.11.20

serena foi a tarde

Maria Araújo
Dia da emprega, estamos a viver uma forte pandemia, ela anda noutras casas, prefiro estar ausente e não ter de a  ver limpar sem usar a máscara, eu uso-a sempre que alguém está cá em casa, seja familiar,seja amigo,seja  quem for. Então, passei nos Viveiros do Cávado, comprei flores para a varanda e plantas de interior. Fui dar um passeio de carro, andei pelos arredores, decidi ver a cidade de lá de cima do Sameiro. Depois de uns minutos de reflexão no Santuário, dei uma volta (...)
Sab | 16.06.18

uma caminhada

Maria Araújo
ao Santuário do Sameiro que o HP organizou de apoio aos estudantes de Medicina da UM, que vão em serviço de voluntariado para o Quénia, não teve a adesão do ano passado( apoio à Refood), esperava ver um substancial número de sócios. Poucos mas bons, seríamos 30, metemos pelo monte em direcção ao Santuário do Sameiro, cerca de 5 KM. Uma vista da cidade, os  vestígios do inesquecível incêndio de 15 de Outubro,  à nossa frente.   A natureza recompõe-se, o verde sorri, (...)
Sab | 03.12.16

Braga é serena

Maria Araújo
Para o ano, em Abril, temos mais um encontro de bloggers, desta vez, em Braga. Uma tarde agradável que esteve ontem,  ( hoje está uma ventania a puxar à chuva) fui ao Bom Jesus, passei no Hotel do Elevador para saber se têm serviço de buffet ao domingo, e preço. Depois, como não podia deixar de ser, dei uma volta pelo recinto e tirei as fotografias à cidade. Quem a vê de cima, sente uma calma e melancolia agradáveis, nestes dias de outono. (...)
Seg | 10.10.16

o primeiro dia

Maria Araújo
com a minha amiga Lia, a Luso-Brasileira que nasceu na Figueira da Foz , que foi para o Brasil com 2 anos, tendo vindo cá várias vezes, adoraeste país, tenciona ficar por cá. Veio a Portugal regularizar a situação em relação a: banco, médico de família, procura de apartamento, enfim, tudo para o seu regresso definitivo em 2017, depois de casar o filho. Na quarta-feira, dia que chegou a Braga, depois do almoço, levei-a ao Bom Jesus. Tinhamos feito esta visita há 3 anos, mas chovia imenso nesse dia (...)