Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cabeça entre as mãos

por Maria Araújo, em 16.12.13

foi o meu gesto, quando abri a carta (agora sim, antes de receber a pensão) e verifiquei que vou receber menos que no mês passado. De outubro a dezembro, tem vindo a descer.

Então temos : ADSE, ADSE-Subsído de Natal; Quotas CT;  Quotas CT SOB (apetece-me mandá-los todos para aquele sítio); IRS - Continente; IRS - sobretaxa; ISR -Continente, Subsídio de Natal; IRS - sobretaxa - Subsídio de Natal (nem metade do duodécimo do subsídio recebo).

Se tinha algumas dúvidas sobre o que aqui escrevi, agora sim, confirmo que "NUNCA MAIS VOU RECEBER O MESMO" .

A brutalidade dos descontos fazem-me perceber que estou a perder qualidade de vida (que nunca foi de excessos). Contas sempre equilibradas, caminhadas lentas e seguras.

Fiquei desanimada, revoltada, "lixada".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Foram as palavras de uma amiga, reformada há um ano, aquando do almoço que fizeram em minha homenagem, em agosto passado.

Enquanto recebia o vencimento pela instituição escola, a "coisa" andava bem. Comentava para os meus botões, "sofreste um corte do caraças, mas aguentas-te".

Gere-se aqui, corta-se ali, nada de alarmar.

Novembro, o mês de subsídio de Natal, o mês de pagamento do seguro do meu carrito (já com 15 anos), revisão, inspeção, acertos da energia, Natal, cujos gastos eram substanciais, pois nada faltava cá em casa, concentrava aqui as maiores despesas extra.

O subsídio passou a duodécimos, injeta-nos mais descontos, o vencimento passou a ser menor, aumentos do IRS, aumento na CGA, taxa do subsídio, aumentos da energia, água, gás, prestação da casa, enfim, uma panóplia de contas que nunca deixaram de ser pagas atempadamente.  Por vezes, as contas entravam na conta bancária e as faturas não chegavam cá, não é verdade dona EDP? (ainda me falta a fatura de agosto. E as minhas cartas reclamaçao que ainda não tiveram resposta?).

Recebi a pensão deste mês . Aliás, foi depositado na minha conta um valor GRANDE, da minha aposentadoria.

Nem queria acreditar! Pus-me, de imediato, a fazer contas à minha vida.

Como iria eu aguentar com "este elevado valor" as minhas despesas?!

Não recebera qualquer informação da CGA sobre descontos, valor a receber, NADA, a não ser os cartões de AP.

O valor depositado assustou-me, acreditem

Ontem, fui espreitar a caixo do correio.

Lá estava a carta tão esperada.

Abri! E o susto confirmou-se quando vi  "os descalabros" descontos que passo a sofrer como aposentada.

Quando pedi a reforma antecipada, ponderei bastante. A penalização era considerável ( a última subida no escalão foi em 2005), assumi conscientemente a minha decisão.

Não me arrependo NADA. Mas pensar que trabalhei quase 39 anos (comecei muito cedo a labuta, os meus pais não podiam pagar-me o curso, paguei-o eu como trabalhadora estudante) e observar que o trabalho árduo, mas feliz, destes anos, fez cair por terra  as minhas expectativas.

Em janeiro, a confirmar-se, há mais cortes.

Como dizia a minha grande amiga GD (a quem eu dava boleia, palavras de conforto, sorrios e lágrimas,  e partilhavamos os desabafos das nossas vidas), " A partir de agora, vais perceber que nunca mais vais receber o mesmo."

 

Cantinho da Casa

Sinto uma melancolia

por Maria Araújo, em 03.09.13

e ao mesmo tempo serenidade, quando penso que os meus colegas regressaram ao trabalho e eu irei lá, um dia destes, de visita.

Agora, vou desfrutar as minhas longas férias (reforma).

Mas fiquei feliz, muito feliz, porque o meu lugar foi para uma colega que andava a saltitar daqui para ali.

E fui eu a dar a notícia.4 anos vão ser ali, perto de casa, na escola para onde entrei há 21 anos.

(vou aproveitar os belos dias de praia, enquanto a chuva prevista não chega) 

Cantinho da Casa

Um etapa nova

por Maria Araújo, em 26.07.13

começará a partir de setembro, data em que a maioria dos portugueses regressa ao trabalho, após as merecidas férias, e eu ficarei aqui, a organizar a minha nova vida como PENSIONISTA!

15 anos ao serviço do privado (empresa da família) e 23 no ensino, reforma antecipada, reforma concedida (não a esperava tão cedo).

Trabalha-se rápido e bem lá, na CGA.

Estou bem, foi o que quis. Mas há algo estranho dentro de mim. Se o tempo não chegava ( sou uma pessoa ativa, (pre)ocupada com o trabalho, responsável, atenta), agora vai sobrar.

 

 

 

Cantinho da Casa

O que é a reforma?

por Maria Araújo, em 07.05.13

 

 

"A reforma é como o horizonte: uma linha imaginária que recua à medida que tu avanças."

 

Cantinho da Casa

Pensão e pensionistas

por Maria Araújo, em 06.12.12

Já estou na idade da reforma antecipada.

36 anos de trabalho, de descontos, tenho até 31 de dezembro para a requerer.

Devo pensar bem. Mais nos prós que nos contras.

Os contras, com muitos cortes no meu orçamento, porque vou ser substancialmente penalizada e o congelamento nos escalões vai limitar a tomada de uma decisão.

Amigos pensionistas que me visitam, aceito as vossas opiniões. Serão preciosas.

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Reforma antecipada...

por Maria Araújo, em 18.04.09

Estamos habituados a receber e encaminhar e-mails de todo o tipo de assuntos. Alguns mais atrevidos, outros mais sérios, outros ainda com humor.

Independentemente de tudo o que se passa  neste país, seja com os professores seja com os juízes, médicos, políticos, uma coisa é certa: somos um povo com capacidade de construir com humor as preocupações que nos afecta.

Este e-mail que recebi foi um dos que me fez pensar seriamente na minha "reforma"...ainda longe.

 

" E Jesus pediu a reforma antecipada aos 33 anos
 

 

 

 

 


Naquele tempo, Jesus subiu ao monte seguido pela multidão e, sentado
sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se
aproximassem. Depois, tomando a palavra, ensinou-os dizendo:
*- Em verdade vos digo, bem-aventurados os pobres de espírito, porque
deles é o reino dos céus. Bem-aventurados os que têm fome e sede de
justiça, porque serão saciados. Bem-aventurados os misericordiosos,
porque eles...**

*Pedro interrompeu:
- Temos que aprender isso de cor?
André disse:
- Temos que copiá-lo para o caderno?
Tiago perguntou:
- Vamos ter teste sobre isso?
Filipe lamentou-se:
- Não trouxe o papiro-diário.
Bartolomeu quis saber:
- Temos de tirar apontamentos?
João levantou a mão:
- Posso ir à casa de banho?
Judas exclamou:
- Para que é que serve isto tudo?
Tomé inquietou-se:
- Há fórmulas? vamos resolver problemas?
Tadeu reclamou:
- Mas porque é que não nos dás a sebenta e... pronto!?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada... ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus presentes, que nunca tinha estado diante de uma
multidão, nem ensinado nada, tomou a palavra e dirigiu-se a Ele,
dizendo:
* Onde está a tua planificação?
* Qual é a nomenclatura do teu plano de aula nesta intervenção
didáctica mediatizada?
* E a avaliação diagnóstica?
* E a avaliação institucional?
* Quais são as tuas expectativas de sucesso?
* Tens para a abordagem da área em forma globalizada, de modo a
permitir o acesso à significação dos contextos, tendo em conta a
bipolaridade da transmissão?
* Quais são as tuas estratégias conducentes à recuperação dos
conhecimentos prévios?
* Respondem estes aos interesses e necessidades do grupo de modo a
assegurar a significatividade do processo de ensino-aprendizagem?
* Incluíste actividades integradoras com fundamento epistemológico produtivo?
* E os espaços alternativos das problemáticas curriculares gerais?
* Propiciaste espaços de encontro para a coordenação de acções
transversais e longitudinais que fomentem os vínculos operativos e
cooperativos das áreas concomitantes?
* Quais são os conteúdos conceptuais, processuais e atitudinais que
respondem aos fundamentos lógico, praxeológico e metodológico
constituídos pelos núcleos generativos disciplinares,
transdisciplinares, interdisciplinares e metadisciplinares?

Caifás, o pior de todos, disse a Jesus:
* Quero ver as avaliações do primeiro, segundo e terceiro períodos e
reservo-me o direito de, no final, aumentar as notas dos teus
discípulos, para que ao Rei não lhe falhem as previsões de um ensino
de qualidade e não se lhe estraguem as estatísticas do sucesso. Serás
notificado, em devido tempo, pela via mais adequada. E vê lá se
reprovas alguém! Lembra-te que ainda não és titular e não há quadros
de nomeação definitiva.

... E Jesus pediu a reforma antecipada aos trinta e três anos..."

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR