Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Fui às compras

Maria Araújo, 29.02.16

porque ofereceram-me no aniversário um cheque da Women's Secret.

No shopping, fiz uma visita à minha loja de eleição, a Zara Home, e segui para a Cortefiel que tem umas botas da nova coleção que gostei demais.

Mal entrei na loja, vem a funcionária explicar-me as promoções da nova temporada (esta marca e a Women's Secret fazem sempre uma campanha promocional nas novas coleções), dei uma volta pela loja e quando me aproximo da secção onde ainda restam saldos, junto ao balcão, vejo pendurados uma nova linha active wear. 

Comentei de mim para mim: "o quê? a Cortefiel também entrou na onda da linha para ginásio? "

E aqui está ela. A variedade não é de mais, os preços são acessíveis.

Mas há uma marca que não troco pelas melhores, onde encontro modelos bonitos, coloridos, e a preços incríveis: a Primark. 

Tenho vários tops e t-shirts que fazem as minhas aulas, lavo-as, seco-as, ficam sempre impecáveis.

Enchem-me as medidas e a carteira agradece.

Primark.jpg

 

 

 

Looks que eu gosto, mas...

Maria Araújo, 25.03.13

Os blogues enchem-nos a vista de peças tentadoras, frescas, bonitas.

Esta blogger mostra o que está há venda e /ou para sair nas lojas, neste caso Primark.

A verdade é que gosto de quase tudo o que aqui é partilhado, as dicas, os looks mas, quando vou à loja, oh Deus! , toco-lhes, pego, observo, e não gosto de nada (nem sequer experimento).

Nunca comprei uma peça de vestuário da marca.

Já os pijamas, comprei vários, e peças de têxtil lar, gosto e procuro com alguma frequência.

Observando as fotos do blogue mini saia, fico deliciada. A tentação de comprar para usar na praia, é muita.

Chego à loja, fico desanimada.

Obrigada, Mónica.

 

 

 

 

 

Primark

Maria Araújo, 26.11.11

 

A primeira vez que entrei na Primark, saí de imediato. Muitas pessoas, muita roupa, muita confusão para o meu gosto.

A semana passada, voltei lá, por volta das 19 horas, mas também não tive paciência para ver o que se há por lá.  No entanto, comprei dois pares de meias opacas, a um bom preço.

Hoje fui levar a Sofia ao basquetebol e, como o Diogo, meu sobrinho, me contara que a mãe tinha feito umas compras muito interessantes, lembrei-me que uma amiga minha falara-me que, quando estivera na Irlanda há dois anos, comprara umas roupas interiores para ela e os filhos, de boa qualidade e a bom preço.

Entrei na Primark por volta das sete horas, com poucas pessoas, muitos funcionários jovens, e fui diretamente ao secção que me interessava: da roupa interior.

Os roupões são enormes e não gosto deles compridos, pelo que vi um conjunto constítuido por um pijama com casaco polar. O pijama com bonecos não me seduziu, e eu não sou mulher de bonecos,  vou  oferecê-lo na escola para o cabaz de natal, que também inclui roupa; um conjunto de 7 pares de meias para usar com sa sapatilhas; uma carteira pequena para as minhas noites de festa do vinil; um conjunto com 4 boxers microfibras; um cabide para cintos, ideal para os muitos colares que ocupam espaço nas gavetas e caixas; um pincel para a maquilhagem; uma par de calças de malha polar para andar mais confortável e quente aqui em casa, e umas botas bem quentinhas e fofinhas. Tudo isto por 44 euros.

Comprei o que me faz falta.