Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Novembro de Primavera

Maria Araújo, 19.11.20

é o tempo que tem feito cá na cidade, há alguns dias. calorenta que sou, não caí na asneira de vestir a parka de penas, vesti uma camisa, a parka de primavera  andou atada à carteira, à excepção no final da tarde, mais fresca, estamos em Novembro não é?, tive de a vestir.

precisava de umas coisinhas da Primark, loja que não ia desde inícios de Fevereiro, pensei que a hora do almoço seria a melhor, mas se tivesse fila, estava fora de questão entrar.

depois de almoçar, fui de carro, a meio do caminho, e com o tempo que fazia, comentei para o meu decote que devia ter ido a pé.

cheguei à loja ainda não eram duas horas, não havia fila, entrei.

pouca pessoas dentro da loja, os expositores têm bastante espaço entre si, não há cruzamento de pessoas, há setas para seguir. foi preciso a pandemia para ficar com melhor apresentação e aspecto de loja, não de feira.

de certa forma,em todas as lojas, e no centro comercial, as setas vieram trazer uma melhor organização ao espaço, que fique para sempre.

comprei as comisolas que gosto de usar por baixo das camisosas de lã, um fato treino do batman para o sobrinho neto ( tem ginástica no colégio)  mais um não é demais, com a chuva a mãe vai muitas vezes secar a roupa à lavandaria self-service, e comprei umas pequenas decorações de Natal.

quando saí da loja,reparei que havia uma fila, não muito grande, mas o suficiente para as pessoas esperarem uns quantos minutos. 

segui para a loja Kiko, comprei uns produtos de maquilhagem ( a pandemia faz-me gastar dinheiro nestas pequenas coisas, já que gastar em roupa, estou a zero, porque não preciso).

pensei passar na Tiger, desisiti, não me apetecia perder mais tempo por lá.

às três horas, estava a tomar café em casa.

acabei de pintar este móvel, ficou um resto de tinta que dá para pintar uma cadeira. ontem, passei a lixa para tirar a cera, hoje, o primário, amanhã, aplico a tinta branca.

fui buscar o menino ao colégio, combinei com a mãe esperarmos por ela no final da aula, no ginásio.

o miúdo ( 3 anos)  conhece o caminho para a Brasileira, fizemos a vontade, tivemos que nos sentar para ele comer um bolo ( os primos cariocas também adoram a Brasileira, quando estão cá, é lugar garantido para lanchar) e neste final de tarde,com a temperatura que estava, foi bom desfrutar da esplanada.

era hora de o menino jantar, tomar banho, e dormir. regressamos a casa,mas ainda quis ver a água que cai da fonte no Largo de Santa Cruz.

ele gosta que eu vá para casa dele, choraminga se não entro no elevador, choraminga se venho embora quando está a comer, arranjo uma estratégia: dar de comer à gata, comprar iogurtes no supermercado, ou o " amanhã vou buscar-te ao colégio".

e fica bem.

 

Fui às compras

Maria Araújo, 29.02.16

porque ofereceram-me no aniversário um cheque da Women's Secret.

No shopping, fiz uma visita à minha loja de eleição, a Zara Home, e segui para a Cortefiel que tem umas botas da nova coleção que gostei demais.

Mal entrei na loja, vem a funcionária explicar-me as promoções da nova temporada (esta marca e a Women's Secret fazem sempre uma campanha promocional nas novas coleções), dei uma volta pela loja e quando me aproximo da secção onde ainda restam saldos, junto ao balcão, vejo pendurados uma nova linha active wear. 

Comentei de mim para mim: "o quê? a Cortefiel também entrou na onda da linha para ginásio? "

E aqui está ela. A variedade não é de mais, os preços são acessíveis.

Mas há uma marca que não troco pelas melhores, onde encontro modelos bonitos, coloridos, e a preços incríveis: a Primark. 

Tenho vários tops e t-shirts que fazem as minhas aulas, lavo-as, seco-as, ficam sempre impecáveis.

Enchem-me as medidas e a carteira agradece.

Primark.jpg

 

 

 

Looks que eu gosto, mas...

Maria Araújo, 25.03.13

Os blogues enchem-nos a vista de peças tentadoras, frescas, bonitas.

Esta blogger mostra o que está há venda e /ou para sair nas lojas, neste caso Primark.

A verdade é que gosto de quase tudo o que aqui é partilhado, as dicas, os looks mas, quando vou à loja, oh Deus! , toco-lhes, pego, observo, e não gosto de nada (nem sequer experimento).

Nunca comprei uma peça de vestuário da marca.

Já os pijamas, comprei vários, e peças de têxtil lar, gosto e procuro com alguma frequência.

Observando as fotos do blogue mini saia, fico deliciada. A tentação de comprar para usar na praia, é muita.

Chego à loja, fico desanimada.

Obrigada, Mónica.

 

 

 

 

 

Primark

Maria Araújo, 26.11.11

 

A primeira vez que entrei na Primark, saí de imediato. Muitas pessoas, muita roupa, muita confusão para o meu gosto.

A semana passada, voltei lá, por volta das 19 horas, mas também não tive paciência para ver o que se há por lá.  No entanto, comprei dois pares de meias opacas, a um bom preço.

Hoje fui levar a Sofia ao basquetebol e, como o Diogo, meu sobrinho, me contara que a mãe tinha feito umas compras muito interessantes, lembrei-me que uma amiga minha falara-me que, quando estivera na Irlanda há dois anos, comprara umas roupas interiores para ela e os filhos, de boa qualidade e a bom preço.

Entrei na Primark por volta das sete horas, com poucas pessoas, muitos funcionários jovens, e fui diretamente ao secção que me interessava: da roupa interior.

Os roupões são enormes e não gosto deles compridos, pelo que vi um conjunto constítuido por um pijama com casaco polar. O pijama com bonecos não me seduziu, e eu não sou mulher de bonecos,  vou  oferecê-lo na escola para o cabaz de natal, que também inclui roupa; um conjunto de 7 pares de meias para usar com sa sapatilhas; uma carteira pequena para as minhas noites de festa do vinil; um conjunto com 4 boxers microfibras; um cabide para cintos, ideal para os muitos colares que ocupam espaço nas gavetas e caixas; um pincel para a maquilhagem; uma par de calças de malha polar para andar mais confortável e quente aqui em casa, e umas botas bem quentinhas e fofinhas. Tudo isto por 44 euros.

Comprei o que me faz falta.