Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



onde estava a minha cabeça?

por Maria Araújo, em 05.01.18

Acordei de madrugada com a forte carga de chuva que caía lá fora. Olhei o relógio que marcava 4h45. 

Pensei neles, nos meus familiares, no tempo que faria quando levantassem vôo, se não haveria o caos de ontem, nas longas horas de viagem.

Tente desligar-me destes pensamentos, mas o sono não queria voltar.

Não sei por quanto tempo a minha cabeça vagueava em preocupados pensamentos. E acordei por volta das 8h.

Voltei a adormercer, o relógio despertar-me-ia às 9h20 para ir ao ginásio.

Quando me levantei, verifiquei o telemóvel: " Não há SMS, está tudo a correr bem, estão, de certeza, a embarcar".

Fui para o ginásio descomprimir a minha coluna. Uma aula com muitos exercícios de cabeça para baixo, sub-me bem.

Saí do ginásio, fui fazer umas compras, dirigi-me, de seguida, para o Braga Parque para  levantar  uma encomenda de roupa para os meninos (que não chegou a tempo) "fica para o próximo outono-inverno", dizia a minha sobrinha.

Passei pela Tiger para comprar uma agenda.

Quando vou para pagar com o cartão multibanco, não estava na carteira.

Pagara todas as compras em dinheiro, esquecera-me de levantar, decidi pagar com o cartão.

Fiquei à toa. Tirei todos os cartões que tinha, tirei tudo da mala, a menina dizia que guardava a agenda e ia levantá-la quando quisesse. Eu não queria comprometer-me com ela. Pensei  em voz alta se pagara alguma compra, ontem, mas não me lembrava de o ter feito.

Só me lembrava do cartão do supermercado, se não teria tirado juntamente e deixara esquecido na caixa. O feed back que fiz dizia-me que, provavelmente, teria deixado na máquina multibanco, quando levantei dinheiro ontem.

Nada mais me vinha à ideia do que teria feito com ele.

Estava cheia de fome, os ponteiros caminhavam para as 14h, a minha cabeça magicava no cartão, teria de ir ao banco, ainda hoje, cancelá-lo e pedir um novo.

Quando vou para o parque, saí sabe-se lá onde, não encontrava o carro. Reparei que no lugar onde eu estava há um espaço de lavagem de carros, que desconhecia, não me lembrava de ter ter reparado nele quando fora pôr as primeiras compras no carro.

Procurei, procurei, até que me lembrei que entrara naquele andar mas não naquele espaço. 
Já estava a desesperar, a fome apertava, fui na direcção oposta, andei mais dois "quarteirões" e lá estava o meu velhinho carro.

Cheguei a casa, virei a mala do avesso, tirei todos os cartões de lojas e espalhei-os na mesa. Nada.

Fui preparar a refeição, tirei as compras do saco de plástico e, de repente, vejo algo vermelho. Era ela o  meu cartão, no fundo do saco.

O meu sorriso de alegria e de alívio de o  encontrar, por não ter de pedir dinheiro emprestado durante uns dias, não ter de ir ao banco cancelar e pedir outro.

E a minha cabeça perguntava-me como teria feito isto.

Se não paguei as compras com o cartão, como diabo foi aparecer no saco de plástico?

O mais certo foi ter feito o que faço muitas vezes: tiro o cartão do supermercado, dou à operadora de caixa para fazer a leitura na máquina e de seguida tiro o multibanco quando quero pagar com este. 

Ora hoje, apeteceu-me pagar em dinheiro, logo, o que presumo ter feito foi, por distracção, pondo as compras no saco, teria o cartão na mão e distraída ele foi com elas.

Raramente perco cartões ou dinheiro, sou muito cuidadosa, não gosto de os perder.

Fico atada, não sei o que e como fazer se não os tenho.

 

Resultado de imagem para upset minded people gif

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Preciso de controlar as minha emoções

por Maria Araújo, em 13.06.15

 

porque levo as minhas preocupações, as minhas dificuldades, os meus transtornos, e as dos outros, para a cama ... acabo acordando fatigada (embora não seja  uma pessoa depressiva e/ou obsessiva).... gravito em  torna de situações que ainda não ocorreram...

E melhorei muito desde que passei a ter todo o tempo para mim.

 

"O sono é um estágio sagrado onde centenas de biliões de células emergem no estado de relaxamento para repor as energias que nós gastamos no dia anterior. O sono é o motor da vida..."

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo de outono,

por Maria Araújo, em 28.10.12

um dia de sol, mas frio.

Roupa lavada e seca, armário com pintura a meio, hobby adiado (caminhada) e aqui estou eu com vontade de sair de casa para um lugar aprazível, descansar a mente e descontrair desta  dorzita no ouvido  que não me deixa em paz.

Toma-se a medicação ( quarta visita ao médico, quarta medicação diferente), o estômago ressente-se.

Amanhã mais uma visita a este lugar (parece-me que , finalmente, vai ficar resolvido, segundo telefonema da jurista).

Tantos aborrecimentos, tanta preocupação, tanta burocracia, tanta coisa que podia ser simples de resolver. Mas não é.

Tenho consciência, à medida que envelheço, que a efemeridade da vida é tão rápida que me  pergunto se vale a pena o esforço que faço e aquilo que prescindo para viver mais em paz.

Dou por mim a pensar que a vida é mais fácil para os chicos espertos. Os outros que paguem a moeda.

E na minha ida às compras de legumes e fruta, deixo aqui uma foto do outono no  meu jardim (fotos do telemóvel).

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acabei de entrar no Sapo e deparo com a esta notícia sobre o nosso país, à beira-mar plantado.

Ontem, no messenger, "falava" com um amigo sobre a actual situação do país, os projectos, as dívidas.
Sendo ele uma pessoa muito bem informada, e reflectindo sobre o que ouvi, fiquei preocupada, muito preocupada.

Há pouco recebi um e-mail que referia uma lei promulgada  anos 60, que controlava o salário dos então gestores do Estado.

Começa assim o e-mail:

 

Mas o povo é sereno. Com uns futebóis, umas cervejinhas e umas saias, que é o que o povão gosta, lá vão deixando que estes senhores se governem; só que é lamentável que por causa de uns, os tais da tamanha "serenidade" para não escrever outra coisa mais forte e melhor adequada, paguem outros. Preste-se a atenção para o que se segue:

 

"Corria o ano de 1960 quando foi publicada no "Diário do Governo" de 6 de Junho a Lei 2105..."

 

Mais uma acha à minha preocupação.

Observando o ambiente que vejo da minha janela, um grande camião com o nome  Van Ewijk, Volume Transporten,  estacionado no recinto escolar da Escola Secundária que frequentei há muitos anos atrás, descarrega material para o novo edifício,em fase de acabamento, que também vejo daqui, da minha sala, onde escrevo este post.

Come se sabe, as escolas secundárias estão a ser reconstruídas e ao lado, onde eram os nossos espaços de lazer e brincadeira, que já não têm mais préstimo, novos edíficios estão a ser construídos. Modernização dos espaços escolares, com tudo o que é possível de meios interactivos. O 12º ano vai ser obrigatório, daí estas grandes obras.

Não sou contra, mas com tamanha crise, o desemprego, o PEC, não era mais económico refazer os velhos e, se necessário, proceder-se à construção de novos?

Preocupada. Muito preocupada.

E lendo esta notícia no Sapo...

Portal SAPO.PT

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR