Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

o sol desta manhã

Maria Araújo, 10.02.21

Preparada para sair de casa e conduzir até à praia ( sair um pouco deste confinamento)  com o Sol da manhã que não esperava, de repente lembrei-me que poderia ter um problema: andar a passear pelo pinhal ( quem sabe encontraria o Nuno Lopes e Rita Blanco,em filmagens por Ofir), ou  pela praia, e ser abordada pela GNR . E eu não tinha como me desculpar. E desisti.

Passei a manhã sentada a ler, na marquise desta casa onde entrava o Sol tão bom!

Agora de tarde, voltaram as nuvens. Mas não chove.

 

dia 13, sexta-feira

Maria Araújo, 13.11.20

em Apúlia, antes do confinamento do fim de semana, um dia de praia sereno, com as temperatura da água e do ar agradáveis. 

IMG_20201113_120634 (2).jpg

IMG_20201113_124911.jpg

IMG_20201113_125005.jpg

IMG_20201113_125141.jpg

E de repente, veio uma onda mais forte, se não estivesse atenta, levava-me as sapatilhas...levou a mensagem.

IMG_20201113_151048.jpg

IMG_20201113_151128.jpg

Fui buscar o carro ao centro, passei pelos restaurantes de Cedóvem, àquela hora chegavam clientes para almoçar.

IMG_20201113_125228.jpg

IMG_20201113_125310.jpg

Almocei na esplanada de um restaurante, apenas eu. Comi bem, estava saboroso,não ia deixar ficar mais de metade da dose, trouxe o que sobrou.

Uma gata preta andava de volta da mesa,queria comer. A dona do restaurante tirou-a dali, mas ela escapava-se, até que se sentou em cima das minhas pernas.Meiga, muito meiga.Tomara que a minha gata fosse como esta!

IMG_20201113_150506.jpg

A dona deste restaurante lamentou amanhã não abrir, e disse-me que se a hora de fecho fosse às15:00h, não faltariam clientes, dava tempo para os servir e fechar a horas.

Segui para Ofir, os surfisitas andavam por lá, caminhei mais um pouco pela beira-mar.

IMG_20201113_140536.jpg

Saí da praia, fui pelo pinhal, passei em casa da minha sobrinha ( vive no Rio de Janeiro) consegui falar com ela pelo whatsapp, disse-lhe que tinha uma visita.

IMG_20201113_143118 (2).jpg

IMG_20201113_143916 (2).jpg

Fui tomar café, estava o céu encoberto,mas a temperatura continuava agradável.

IMG_20201113_150611.jpg

Gosto de Esposende,  não dava tempo para fazer a marginal a pé, fui ver umas lojas giras.

IMG_20201113_153931 (2).jpg

Antes de regressar a Braga, ainda passei pela margem do rio.

IMG_20201113_160839 (2).jpg

IMG_20201113_160844 (2).jpg

IMG_20201113_161008 (2).jpg

IMG_20201113_161414 (2).jpg

Fui buscar o menino ao Colégio.

Quando a mãe chegou, fomos dar um passeio pelas redondezas, o menino na sua moto, deu show.

IMG_20201113_182515 (2).jpg

Dia 13, sexta-feira, foi um dia muito fixe, a não ser ter comprado uma raspadinha e ter saído o dinheiro da carteira, como sempre.

 

a primeira quinzena de setembro em grande

Maria Araújo, 11.09.20

depois do almoço, fomos à praia, a ideia era ficar para o pôr-do-sol.

a tarde estava serena, a temperatura excelente, há muito que não ficava na praia até ao final da tarde.

estamos a acabar em grande este verão.na próximasemana a temperatura desce cerca de 7º, é o outono a chegar.

mas o pôr-do-sol ficará para amanhã.

18:30h

18:50h

 

 

 

 

coisas do meu dia

Maria Araújo, 09.09.20

Desde que fui picada por um peixe-aranha que evito ir ao mar quando está vaza, ou se vou, passo a água pelo corpo e saio dali depressa.

Ontem, estava um belo dia de praia, o mar mais parecia um lago, não tomei banho, molhei-me e saí.

Estava sentada na minha toalha, chegou uma jovem, estendeu a sua a uma certa distância, deitou-se.

Uns minutos depois, levantou-se e foi para o mar.

Continuei a minha leitura.

De repente, vejo-a vir do mar com um andar lento, apoiava o calcanhar direito na areia, deduzi que teria sido picada.

Quando se aproximou da toalha, perguntei-lhe.Confirmou que sim, que doía  muito.

Contei-lhe que acontecera o mesmo comigo e expliquei o que deveria fazer.

De repente, um senhor, na casa dos setenta e tal, aproximou-se dela, trazia na mão uma embalagem de spray e perguntou-lhe se fora picada.

Ela respondeu que sim, ele tira a tampa  e "infesta-a" de spray até ela dizer que chegava porque estava a doer.

Mas a jovem estava muito bem disposta, e o senhor dizia o mesmo que eu dissera " tem de pôr o pé em algo quente, pode ser na areia, numa pedra... que a dor passa".

Uns minutos depois, ele volta a lançar mais uma quantidade de spray, e disse ela: " mas o senhor é o homem dos peixes-aranha? anda à procura de quem é picada para pôr o spray?!"

E o senhor, concentrado que estava, nem reparou no nosso trocar de olhos e risos.

E a resposta dele: " Eu não ando à procura de nada.Eu fui picado e, desde então, sempre que venho para a praia, trago o spray. Como a menina foi picada, vim ajudá-la".

Insisti que devia ir ao nadador-salvador e que este iria ajudá-la, as dores passariam em vinte minutos.

Ele afastou-se. Ela pegou num pequeno tupperware, e com o pé na areia quente, comeu o seu lanche.

Uns minutos depois, perguntei se estava melhor, respondeu que ainda doía. Comentei que demorava algum tempo a passar, respondeu-me" logo hoje que tenho de ir trabalhar".

Voltei ao mar para me refrescar, quando regressei à toalha estava ela a sair da praia, reparei que ainda tinha alguma dificuldade em andar.

 Não quis interferir no gesto do senhor, poderia levar a mal,mas quando fui picada, li isto sobre o spray:

peixe-aranha.jpg

 

"A pior coisa que podem fazer é utilizar o "spray milagroso" (Cloreto de Etilo) que "trata" a picada do peixe aranha . Claro que as dores acalmam porque a zona que se borrifa fica quase "congelada"! Isto faz com que os vasos sanguíneos (cheios de frio) se "contraiam" (a chamada vasoconstrição) e o veneno fique "estático" no local da picada! O vinagre também é ineficaz!

Quando o efeito do spray passa (em poucos minutos), os vasos sanguíneos "retornam ao seu tamanho normal" (ocorre vasodilatação), a toxina flui rapidamente e à vontade pelo membro acima. O sintoma principal é a dor, começando no local da picada e alastrando-se, acompanhando a progressão do veneno."