Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

à blogger " e agora?sei lá! "

Maria Araújo, 04.08.16

Pois é, MJ, todos os dias, de manhã cedo, acordo com o som de mensagem no telemóvel, que deixo sempre na sala.

Descobri, há cerca de um mês, que são os e-mails que recebo dos posts que publicas diariamente.

Hoje, não foi excepção.Ouvi e comentei para mim: " e-mail da MJ".

E todos os dias, se não tiver de ir cedo ao ginásio, enquanto tomo o pequeno-almoço, leio os teus posts.

Não passo no teu cantinho, MJ, mas leio-te.

 

MJ2.png

MJ 1.png

 

 

 

O corpo ideal da mulher através dos tempos

Maria Araújo, 09.02.15

Sempre na vanguarda das ideias, das experiências da vida, na sensibilidade com que escreve os seus posts, CC, faz as delícias dos meus olhos que a lêem e vêem o que de melhor publica no seu cantinho.

Da CC, partilho o vídeo que mostra como o tipo ideal do corpo da mulher mudou drasticamente através dos tempos.

Espreitem o blog, leiam alguns dos seus posts e vão perceber por que tanto admiro o seu cantinho.

 

 

Posts

Maria Araújo, 22.01.10

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Falando de Vinicius de Moraes e dos poemas dedicado às mulheres e os signos, não me apercebi que com este completava 500 posts.
A minha iniciação foi no Google, com uma acção de formação sobre WebQuests.

Não dominando ainda com eficácia estas ferramentas, vim até ao Sapo. Senti que poderia aprender algo mais, pois temos uma página que fornece as perguntas mais frequentes e respectivas respostas às nossas dúvidas.

E por aqui fiquei.

Importei tudo o que havia feito no Google.

Na calendarização começo em Março, mas na verdade , foi em Maio de 2008 que tudo começou aqui e nasceu o cantinhodacasa.

 

A pouco e pouco a confiança, a amizade , a crítica, o humor e a partilha de conhecimentos começaram a dar frutos.

Conheci pessoalmente algumas das pessoas que habitualmente aqui deixam os seus comentários.

 

Gostei de ler as lindas histórias da Ana Sofia, e da Artemisia do blog diário de bordo, e  do TretosoMor, que deixaram de escrever no blog, mas com quem me contacto por e-mail.

O bom humor dos textos, das histórias reais do carapaucarapau;

as fotos lindas de todos os géneros, as experiências e grande conhecimento  de vida, as histórias em diálogo entre o Lontro e o Lontrinho,  no Lontrices;

as coisas que o Rui faz cair da sua fonte;

a moda sempre jovem e actual no Redroom;

a escrita simples sobre as coisinhas da vida e do gajo no diário, bad mary;

as histórias de solidariedade e desabafos na vida de enfermeiro;

as grilices da sempre com força Grilinha;

as delícias do design em humm...I see;

as suladas e bitter histórias da  teacher SWT;

os rabiscos divertidos e responsáveisw dasereia;

e muitos outros(as) deveria aqui mencionar. Não os esqueço e continuo a visitá-los.

Para acabar os 500 posts fico pelo meninas Emília e Hermínia do blog  começar

que me levaram no dia 8 de Novembro a ver o grande Gilberto Gil, à Casa da Música. Sem elas nunca teria  conhecido o grande músico, poeta e cantor Gilberto Gil.

 

 

E semana a semana,  dia a dia, fui deixando aqui os meus "cantos", neste pequeno cantinhodacasa.

 

  

 

 

A raça humana é
Uma semana
Do trabalho de deus
A raça humana é a ferida acesa
Uma beleza, uma podridão
O fogo eterno e a morte
A morte e a ressurreição
A raça humana é o cristal de lágrima
Da lavra da solidão
Da mina, cujo mapa
Traz na palma da mão
A raça humana risca, rabisca, pinta
A tinta, a lápis, carvão ou giz
O rosto da saudade
Que traz do gênesis
Dessa semana santa
Entre parênteses
Desse divino oásis
Da grande apoteose
Da perfeição divina
Na grande síntese
A raça humana é
Uma semana
Do trabalho de deus
A raça humana é
Uma semana