Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 22.03.21

Dia Mundial da Poesia

Maria Araújo
  Encontro Que vens contar-me se não sei ouvir senão o silêncio? Estou parado no mundo. Só sei escutar de longe antigamente ou lá pró futuro. É bem certo que existo: chegou-me a vez de escutar. Que queres que te diga se não sei nada e desaprendo? A minha paz é ignorar. Aprendo a não saber: que a ciência aprenda comigo já que não soube ensinar. O meu alimento é o silêncio do mundo que fica no alto das montanhas e não desce à cidade e sobe às nuvens que andam à procura (...)
Sab | 21.03.20

#fique em casa 6 - sábado de poesia ... e de recordações

Maria Araújo
 O Sapo desafiou-nos. Eu não sei escrever poesia. Fui à estante, escolhi um dos livros do tempo de estudante, peguei numa antologia editada em 1965, e adoptado no estudo do Português no então Liceu que a minha irmã frequentou. Abri o livro numa qualquer página. Nessa página tinha uma folha de papel dobrada em quatro. Abri-a. Era uma carta para a minha irmã que, na altura, estudava em Londres. Não me recordo de nada disto. Até estranhei a caligrafia, mais perfeita, mas só podia (...)
Qui | 21.03.19

Ser Poeta

Maria Araújo
Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior Do que os homens! Morder como quem beija! É ser mendigo e dar como quem seja Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!   É ter de mil desejos o esplendor E não saber sequer que se deseja! É ter cá dentro um astro que flameja, É ter garras e asas de condor!   É ter fome, é ter sede de Infinito! Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim... É condensar o mundo num só grito!   E é amar-te, assim, perdidamente... É seres alma e sangue e vida em mim (...)
Ter | 02.02.10

Uma ROSA

Maria Araújo
      E de novo a armadilha dos abraços. E de novo o enredo das delícias. O rouco da garganta, os pés descalços a pele alucinada de carícias. As preces, os segredos, as risadas no altar esplendoroso das ofertas. De novo beijo a beijo as madrugadas de novo seio a seio as descobertas. Alcandorada no teu corpo imenso teço um colar de gritos e silêncios a ecoar no som dos precipícios. E tudo o que me dás eu te devolvo. E fazemos de novo, sempre novo o amor total dos deuses e dos (...)
Sab | 21.03.09

Dia mundial do sono/ Dia mundial da poesia

Maria Araújo
Hoje é o dia mundial do sono. Faz falta dormir bem, pelo menos tranquilamente, mesmo que se durma poucas horas. Gostaria de ter esse prazer, mas há anos que durmo pouco, nem sempre com tranquilidade. Por vezes há pequenas coisas que invadem a minha mente e que, de repente, mesmo cansada e com sono, não me  permitem que eu adormeça de imediato. A Sexta-feira é um dia muito cansativo, porque tenho muitas horas de aulas. A minha voz fica cansada, quase não consigo articular palavras. (...)
Seg | 19.05.08

O que é um amigo

Maria Araújo
  (Antiga oração inglesa)  Arranje tempo para ser amigo É a estrada para a felicidade Arranje tempo para sonhar É seu vagão a uma estrela engatar... Arranje tempo para amar e ser amado É o privilégio dos deuses. Arranje tempo para olhar ao redor O dia é muito curto para ser egoísta. Arranje tempo para rir É a música da alma.       "A Lua às vezes tem o formato de vírgula para mostrar que nem no infinito a Amizade e o Carinho tem um ponto final."   (...)