Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

# desafio(s)

Maria Araújo, 19.04.15

 que aceito (adoro desafios) e como este é " um produto oficial", não podia deixar de responder.

 

As 11 perguntas são:

1-Se o teu blog fosse um chocolate, que chocolate seria?

Kit Kat,em barras doces.

2-Se tivessem um programa de televisão, como seria?

Estilo Fashion TV

3-Convidaram-me para jantar. O que é o menu?

Bacalhau à Zé do Pipo.

4-Se fossem eleitos Primeiro Ministro, qual seria a vossa primeira medida?

Mandar os depostos para a agricultura e pesca.

5-Porque é que pensaram sequer a candidatar-se a Primeiro Ministro? As pessoas odeiam ministros…

… Coelhos, Portas, Cristas, Maduros, Limas...

6-Que produto inovador gostariam de lançar no mercado?

Mais?!

7-Que horas são?

Horas de lanchar.

8-Que animal do zoo gostariam de apadrinhar? Não vale dizer girafas.

Suricate.

9-Dediquem-me uma quadra poética de vossa autoria.

Um produto oficial

Não licenciado

Descobri o blog

Numa tarde de sol (seria?)

 

10-Manuel Luís Goucha ou Júlia Pinheiro?

Nenhum.

11-Comer frango, com sou sem talheres?

Com, no restaurante , sem, se for de churrasco.

 

Bloggers

Maria Araújo, 24.03.15

Para não ser mal agradecida  à  blogger mulher, mãe e filha, que conheço há pouquíssimo tempo mas tenho imenso prazer em ler os posts que publica no seu canto,  pela escolha do meu cantinho para um desafio de blogs e não tendo eu o hábito de seleccionar outras bloggers para desafios e/ou, neste caso, o prémio de Liebster Awards "Discover New Blogs", decidi, com muito gosto, responder às perguntas que fez no seu cantinho.

Espero que me compreenda.

 

18164884_Fmv3O.png

 

1-Têm ou já tiveram alguma alcunha?

Sim, “Onça”, herança de família.

2- Qual o cheiro que mais gostam?

Maresia.

3- Para vocês, onde fica o início e fim do mundo?

O mundo somos nós: início é quando nascemos e o fim, quando morremos.

4- Qual o jogo que mais gostam?

O jogo da sedução (vale?)

5- Se pudessem passar um dia com alguém, com quem seria?

Kevin Costner

6- O que é que vos tira do sério?

Má educação

7- Porquê o nome do vosso blog?

Por que, numa noite fria de sábado, no mês de maio, no ano de 2008, estava aqui no meu canto, em casa, e de repente, entrei no Sapo, decidi abrir um blog e dar-lhe o nome de cantinhodacasa.

8- Qual o dia da semana que mais gostam?

Sábado.

9- Algum livro vos marcou? Qual?

Papillon

10- Qual a palavra com que se identificam mais?

Sensibilidade

 11- Onde é que se sentem em paz?

Em casa.

 

 

Desafios

Maria Araújo, 22.11.14

 

17748860_ASyy6.png

 Há poucos dias atrás fui nomeada pelo blog, palavra de bailarina , para um interessante desafio (que nem sempre alinho) : dar a conhecer blogues "vizinhos" e um pouco mais sobre os seus autores, através de algumas perguntas  :)

Desta vez, decidi alinhar. Cá vão as perguntas, e as minhas respostas.

1-Como te defines?

Uma pessoa amiga, demasiado sensível ao bom e ao menos bom, choro por tudo e nada; guardo os segredos, tenho mais cuidado com o que afirmo; uma eterna romântica; “amante” do exercício físico (mas não gymaholic) e das caminhadas nas ruas da cidade, na praia, à beira-mar (nas estações frescas); que adora a família e acima de tudo os sobrinhos; caseira; educada; dedicada; por vezes, ingénua; altruísta.

Defeitos: um pouco chata, teimosa e preocupada.

 

2-O que te levou a criar um blog?

O cantinho nasceu após uma formação sobre o tema “webquest” em 2008. No final da formação, na avaliação final, o exercício foi, abrir um blog. Fiquei apaixonada pela blogosfera mas como não me identificava com o blogger, procurei o Sapo e por aqui fiquei, espero que por muitos anos.

 

3-Qual a primeira impressão do blog que te nomeou?

 Uma bailarina (professora) responsável, determinada, de palavra.

 

4-Qual a tua cidade de sonho?

 

 Já tive a sorte de conhecer, quando menos esperava, Nova Iorque, Boston (no natal) e Praga. Na época, tinha sobrinhas a viver nestas cidades, aproveitei para as visitar (às cidades e às sobrinhas).

G0sto de viajar, mas quase todas as viagens que fiz foram por convite, nada programado com muita antecedência. Conheço várias cidades europeias.

Gostaria de conhecer outras como Amesterdão, Viena, Milão, e de conhecer melhor o interior do nosso país.

 

5-O que fazes nos teus tempos livres?

Blogo muito, leio, cinema, caminho, de quando em vez, vou a um bar beber um copo, conversar numa esplanada com pessoas queridas, conviver muito com a família e os amigos (as), jantar com as pessoas que gosto, relaxar no sofá com a minha gata, passear na praia, ouvir música.

 

6-Qual o produto de maquilhagem, roupa ou acessório favorito?

Máscara dos olhos (que não prescindo), vestidos e colares.

 

7- O que ainda te falta fazer?

Há sempre objetivos, há muito para fazer à medida que vamos concretizando os nossos sonhos e ou desejos, mas gostaria de viver o resto dos meus dias com alguém que me encha de carinhos.

 

8- Qual tem sido o maior desafio da tua vida?

Lutar pelo que quero, vencer as desafios.

 

9- O que é que te inspira?

A família e alguns amigos, o mar, a natureza, o amor que tenho pelas coisas simples.

 

10- Qual é o teu maior sonho?

Ver um mundo mais equilibrado e justo.

 

Blogs que convido:

 

CC, Stylebook - http://www.ccstylebook.com/

Afrodite - http://jardinsdeafrodite.blogspot.pt/

Miguel Alexandre - http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

 

Regras do desafio:

- Responder a todas as perguntas

- Referir o link do blog que te nomeou

- Nomear 3 a 10 blogs com menos de 200 seguidores.

- É obrigatório informar os blogs da nomeação

- Fornecer aos blogs o link para a nomeação em causa, para que saibam o que fazer.

Quem gosta de ir ao dentista?

Maria Araújo, 10.10.14

Fui à consulta de rotina, com a Sofia.

O médico, muito simpático, ouvia as perguntas e "reclamações" dela:

"porque tenho os dentes amarelos" (não tem, mas se comesse menos chocolates) ...

até que  ela diz: "o senhor é diabólico".

Riso geral.

E o médico advertiu-a:" Os teus dentes estão bons e branquinhos,só vens daqui a um ano, mas tens de os escovar muito bem, caso contrário, com o avançar da idade, podes vir a ter problemas".

E dava-lhe o espelho para verificar que os dentes estão brancos, mas ela não queria dar parte de fraca.

A Sofia tem uns dentes bonitos (sai à família do pai) mas adolescente que é, tem uma preguiça em os escovar!

E não é por falta de recomendação.

(Se ela imagina que escrevi isto...)

 

Sem Título.png

 

 

 

Encontrei a resposta

Maria Araújo, 26.08.13

à pergunta que todas as mulheres solteiras, livres, inteligentes, trabalhadoras, com casa mas sem filhos, discretas, fazem entre si.

Destaco o que nós pensamos e dizemos, sem dúvida:

 

 

 

 ISTO NÂO É O QUE PARECE  por Paulo Farinha (Notícias magazine)

 
- Não concordo com a tua teoria. Desde que o homem é homem, que prefere  mulheres sem filhos. E o contrário também. Pergunta a quem quiseres. Até dizem  que «vem com brinde».

- Sim, é uma expressão muito jeitosa, sem dúvida. Mas garanto-te que há quem  prefira assim. Se perguntares a pais separados o que é que preferem para a vida  deles, eles respondem todos: «Pessoas que já tenham filhos.» Se for para uma  relação, uma coisa mais séria, de certeza que dizem isso.

- E se for para dar umas curvas?

- Isso tanto faz. Com filhos ou sem filhos, desde que tenha casa própria e  não seja uma psicopata, basta haver atração.

- Fizeste uma sondagem?

- Falei disso há dias a três amigos, num jantar. São todos divorciados e  responderam todos o mesmo. Aliás, a conversa surgiu da mesma maneira que surgiu  agora. Uma amiga nossa a queixar-se e a fazer um choradinho, ai, ai, que sou um  bom partido e não arranjo ninguém, e até tenho um bom emprego e ganho bem e sou  independente e ainda por cima - repara nisto, «ainda por cima» - não tenho  filhos. E nós a dizermos-lhe que o problema é exatamente esse: não ter  filhos.

- Olha, primeiro, eu não estava a fazer um «choradinho». E explica lá porque  é que é preciso ter filhos para engatar um gajo.

- Não é para engatar. Mas se queres arrastar a asa para um tipo com filhos,  para uma coisa mais duradoura, se não fores mãe estás em desvantagem.

- Mas porquê!?

- Porque se tiveres filhos é mais fácil - e dá menos dores de cabeça - teres  alguém ao teu lado que percebe melhor as coisas. Julgas que é fácil ir para a  praia às oito da manhã, com o carro cheio de boias e brinquedos e guarda-sol e  geleira, e vir embora às onze? E aturar birras de miúdos e ter de mudar os  planos porque eles já não querem um iogurte e só querem um gelado? E ter sempre  horas marcadas para refeições, banhos, trabalhos de casa, ir buscá-los à escola  ou à natação? E não poderes combinar jantares, cinema, teatro, ficar até mais  tarde a beber um copo... E andares tão cansado que adormeces no sofá?

- Isso é normal para quem tem filhos. Nada de mais.

- Mas para quem não os tem obriga a grandes mudanças no estilo de vida. Os  filhos são um poderoso antiafrodisíaco, por causa do cansaço e da logística, e é  preciso jogo de cintura e muito amor para aceitar isso. Se não tiveres filhos, é  mais difícil de entender. Se tiveres filhos e estiveres com alguém que também  tem, o choque não é tão grande. E dá muito menos trabalho a explicar tudo. Vocês  dão muito trabalho.

- Vocês quem?

- Vocês, os que não têm filhos. E não venhas dizer que tens sobrinhos, porque  não é a mesma coisa. Nem digas que falo assim porque sou gajo, porque com os  homens é a mesma coisa. Também se lamentam e choram e são uns incompreendidos  porque não arranjam ninguém.

- E porque é que nunca ouvi falar disso?

- Porque é malta mais discreta. Não faz tanto alarido. Quem já tem filhos  também se lamenta que não encontra ninguém. Também ficam em baixo por não  perceberem por que carga de água os amigos todos arranjam alguém e eles não. A  diferença é que não se acham assim um partido tããããão espetacular, e não ficam  assim tããããão chocados por não arranjarem ninguém. Não sei se é porque a  maternidade e a paternidade lhes dá outra noção de prioridades, ou seja lá o que  for, mas a verdade é que não se vitimizam por serem a última Coca-Cola do  deserto e ninguém aparecer para beber. O discurso é parecido. «Quem quer casar  com a carochinha, coitada de mim, tão bonita e formosa, inteligente e bem  resolvida.» Mas não falam de filhos.

- Não estou convencida.

- Experimenta namorar com um gajo com filhos. Da terceira vez que ele te der  tampa porque o miúdo está com amigdalite, vais dar-me razão.

 

[18.08.2013]