Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Qua | 17.03.21

do regresso

Maria Araújo
( como ele sobe e desce no escorrega)   Segunda-feira abriram os colégios, as creches e as escolas do 1º ciclo. O frenesim nas ruas é  muito, as crianças do 2º ciclo aproveitam, também, para sair de casa. Ontem, num mini-parque da igreja desta freguesia, andavam elas a brincar com os mais novos, apoderaram-se do escorrega, da ponte, era uma algazarra que nos impediu de deixar o nosso pequenote de brincar no escorrega. Jogou a bola com a mãe, naquele pequeno espaço relvado, que (...)
Seg | 10.02.20

o aviso

Maria Araújo
Sábado passado, esperava que o elevador descesse ao parque do ginásio, reparei que  na pequena vitrine onde  é costume estar afixado assuntos informativos e /ou de interesse  para os utentes, tem, agora, um aviso que nunca vira desde que frequento este ginásio.  Diz o aviso para:  circular com cuidado ( há chicos-espertos que entram com velocidade); uma viatura não ocupar dois lugares de estacionamento; não  deitar lixo para o chão ( é tão comum); não ter actos de vandalismo( (...)
Qui | 30.01.20

das coisas dos últimos dias

Maria Araújo
Às 9:05h de hoje, estava a ligar para a oficina a pedir que alguém viesse pôr o carro a trabalhar, seguia então para lá para colocarem uma bateria nova. Às 9,30h, tinha a bateria carregada, foram as luzes que ficaram acesas ( o carro não deu sinal, não entendo), fui levá-lo à oficina. Fizeram o teste, a bateria ainda tinha alguma autonomia.  Na ficha de cliente, a última bateria colocada no carro foi em 2015. Mas eu preferi que pussesem uma nova. Esperei cerca de vinte (...)
Qua | 29.01.20

coisas minhas

Maria Araújo
  Um final de tarde atribulado, ontem, com a chuva que caía ( e hoje ainda não parou) sem lugares ( a pagar) na rua, estacionei o carro num parque que tem elevador de acesso à rua, não nos molhávamos porque os gabinetes( imobiliárias, cabeleireiros, e outros) ficam debaixo do edíficio.  Era dia de ir à Maia, às 18:00h costumamos sair de Braga,  eram 17: 20h quando fui buscar o carro. Introduzi o bilhete na máquina para pagar o estacionamento, meti duas moedas de 1 euro. O (...)
Qui | 17.01.19

coisas do meu dia

Maria Araújo
Tudo preparado para sair de casa, logo de manhã e mais cedo  para não perder a reserva da aula, ouço os nós dos dedos de alguém que batia à minha porta. A Sofia tem esse hábito, sei quando é ela porque a maioria das vezes vem almoçar comigo, mas como está no Porto a estudar e nesta  época anda em exames, não poderia ser ela. Perguntei de dentro quem era, respondeu-me uma voz rouca de homem. Não percebi nada do que disse. Espreitei pelo monóculo, vi o homem que teria mais (...)
Qui | 26.07.18

que se passa comigo?!

Maria Araújo
em média, troco de óculos de sol de três em três anos, guardo os "velhos", porque estão em bom estado, vindo a moda deles, tenho-os para me servirem. Penso que os últimos que comprei foi há quatro anos, de quando em vez usava os  Ray Ban (lembrei-me deste post, sim, tem 10 anos, os meus Ray Ban), até à semana passado que os perdi, foi maneira de comprar outros, assunto deste post. Terça-feira, fui para a praia cuidar dos meus sobrinhos netos, os pais tinham muitos assuntos para tratar na cidade, ontem, fomos para a praia, tinha os óculos de sol postos.
Dom | 08.04.18

foi um dia e tanto

Maria Araújo
Quinta-feira, depois da cena do jovem  "o ruivo",  já na descida da rua 31 de Janeiro, o telemóvel tocou. Era a minha amiga M a responder-me  à SMS que enviara (em conversa, no café, no dia anterior, dissera-me  que tinha intenção de ir ao Bom Jesus do Monte, no dia seguinte, supus que iria sozinha). Estava um dia muito agradável, depois desta caminhada, e porque há muito tempo que não vou ao (...)
Sab | 24.02.18

a cidade

Maria Araújo
Na 5ª feira, depois do almoço, com tempo para dar um salto à Foz do Arelho, deixei a visita à cidade de Caldas de Rainha para 6ª feira, perguntei na bilheteira a hora do transporte: "às 17h30", foi a resposta. Estava fora de questão,  três horas era o tempo que desejava ficar lá. Alterei os planos, fui conhecer o centro da cidade: o Parque D.Carlos I. Mal passei o portão percebi que estava num (...)
Qui | 22.02.18

Buddha Eden

Maria Araújo
É um grande e bonito espaço de arte,  cultura, luz, religião oriental. Mas pagar 4 euros pelo comboio que tem três paragens que não servem para nada, foi a desilusão. Cinco euros para andar nos jardins é justo. Convicta que o comboio levava para outros lugares longínquos, dei por mim, nas segunda e terceira paragens e a poucos metros da primeira, junto às estátuas, onde ficara para ver os jardins. Afinal, para ver estes, tive de voltar para trás. Comboio? Não (...)