Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

às vezes, fico com saudades

500x500.jpg

No caminho para a clínica de fisioterapia, passo por uma que foi loja de candeeiros e alguns eletrodomésticos.

Quem entrava nela, tinha ao fundo um pequeno gabinete onde o " rapagão" fazia projetos de eletricidade para as grandes empresas e EDP.

O negócio cresceu, mudaram de instalações mas a loja continuou as suas funções de venda ao público, até há cerca de dois anos, que fechou e, entretanto, passou a ser, desde último verão, um restaurante/bar de tapas.

De tarde, quando passei à porta, olhei-a, como sempre, mas desta vez ,na minha mente passaram algumas cenas das minhas rápidas entradas na loja, perguntar a quem estava ao balcão se o gajo estava,se podia dar-lhe uma palavra.

E eu aparecia à porta do gabinete, e/ou a pessoa que estava ao balcão ia avisá-lo que alguém queria falar-lhe.Por vezes, o pai estava no gabinete. E eu corava, porque não esperava vê-lo.

E as minhas palavras "Olá! vamos sair logo à noite?"

"Em princípio sim, mas se não puder, ligo-te", ou "hoje não posso, amanhã vou para fora; depois de amanhã; ligo-te um dia destes" (não havia telemóveis, o fixo funcionava muito bem, os encontros eram bem combinados, nada falhava).

E eu sorria de contentamento, saía da loja super feliz e apaixonada, atitudes normais das raparigas nos 20tes.

Hoje, caminhava na rua sorria e vivia aqueles pequenos minutos de entrada e saída da loja, e perguntava-me como foi possível ter a ousadia de lá entrar, esquecer quem estava, apesar de tremer com os nervos, e combinar encontros com a pessoa por quem me apaixonara. 

Passaram muitos anos.

Às vezes, fico com saudades de (re)vê-lo.

para os apaixonados

Pásion

 dança, música,sensualidade e paixão...não fosse eu uma eterna romântica e apaixonada por tudo.

Adorava ver este espectáculp, porque gosto de Astor Piazzolla.

Tenho de desafiar alguém que queira ir ao Porto no dia 28 de março.

 E não podia deixar esquecida uma minha paixão ...

 

 

 

O Ikea apaixona-me

Ontem, fui passar o dia com a minha sobrinha Joana, ao Porto. 

Depois do almoço (muitos restaurantes fecham ao domingo fomos ao Mercado  Bom Sucesso e não gostei da salada que pedi), demos um passeio pela Foz.

Por que estava muito vento, o passeio foi curto, decidimos ir ao Ikea.

Fico doida de paixão com as salas, as cozinhas, os quartos, os closets... (só não gosto da área da iluminação, faz-me um calor!) as capas de edredão, os sofás, as peças de louça.

Apetece encomendar TUDO, chegar a casa, lançar o que temos janela abaixo e decorar ao estilo Ikea até ao mais pequeno pormenor.

E quando lá vou gasto dinheiro (há sempre algo que nos faz falta).

Encontrei uma peça com as medidas quase ideiais e com um preço muito bom, para pôr por baixo da bancada da casa de banho.

Quando tudo estiver no lugar, faço um post.

 

 

 

 

 

Dia munidal da voz

A voz que eu uso e abuso no meu dia a dia de trabalho, sem descanso, quase sempre audível, para que não seja "abafada" por outros ruídos. A voz que manda, apela, zanga, silencia, desiste, cansa, desgasta.

Mas a voz  quando meiga,doce, risonha, suave, educada, bem humorada, encanta-(n)os, seduz.

E na paixão?

 

"A voz desejada e ao mesmo tempo déspota do outro.

O timbre, a entoação, os requebros, as pausas e as inflexões da voz do outro também passavam a comandar-nos a vida como generais no activo.

Se era quente e carinhosa precisava da cama para exultar sem testemunhas; se era agreste ou apressada, precisava dela para sofrer em condições."

 

«Uma mulher não chora» de Rita Ferro

 

Pásion

Gosto muito desta canção.

Para os românticos(as) que espreitam este blog... Um abraço anima, fortalece, acalma.

 

 

 

No, no digas que yo me muero
Amor, mi vida es sufrimiento
Yo te quiero en mi camino
Por vos cambiaba mi destino

Ay, abrazame esta noche
Y aunque no tengas ganas
Prefeiero que me mientas
Tristes breves nuestras vidas
Acercate a mí, abrazame a ti por Dios
Entregate a mis brazos

Tengo un corazón ganando
Yo sé que vos me estas escuchando
Con mis lagrimas te quiero
Pasión, sos mi amor sincero

Ay, abrazame esta noche
Y aunque no tengas ganas
Prefeiero que me mientas
Tristes breves nuestras vidas
Acercate a mí, abrazame a ti por Dios
Entregate a mis brazos.