Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

no orçamento de estado

Maria Araújo, 15.10.18

para 2019, não concordo, de todo, com isto:

 

"Até agora, os livros gratuitos abrangiam somente o 1º e 2.º ciclos, ou seja, o ensino básico, alargando-se agora aos 7.º, 8.º, 9.º, 10.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade. Segundo estimativas dos comunistas, os custos da medida anunciada ascendem a “pouco mais de 100 milhões de euros”.

 

Ficaria mais satisfeita se premiassem o mérito atribuindo  bolsas de estudo a quem merece e/ou um subsídio aos estudantes universitários que trabalham e estudam para ajudarem os pais nas despesas de alojamento e propinas.

E não são poucos.

 

 

 

Os técnicos das nossas máquinas

Maria Araújo, 07.08.14

Recebi um tablet novo e também este já bloqueou uma vez ( espero que não volte a acontece, caso contrário, exijo o dinheiro).

Entretanto, o computador foi para a oficina, uma empresa especializada em computadores. Sempre recorri aos seus serviços e nunca me deixaram insatisfeita.

Pedi um orçamento.

Manutenção e limpeza, 35 euros. Quanto ao teclado, poderiam substituir algumas teclas cujas letras nem se vêem (têm autocolantes), uma vez que um teclado novo fica por 65 euros.

Aguardei a mensagem com o orçamento mas não chegou, isto é, ontem recebi a informação que podia levantar o equipamento.

Fui lá hoje.

35 euros era o valor a pagar. Perguntei se tinham substituído as teclas.

Não. Como não tinham (ou fizeram de conta) teclas de outros computadores avariados, o pc veio como estava.

Aceitei trazê-lo, não verifiquei nada, mas agora, em casa, verifico que duas teclas, "m" e "n", estão levantadas.

Tenho de carregar com força para que as caracteres apareçam.

Já estou lixada. E vão obrigar-me a ir lá.

Cá para mim, tentaram substituir as sete teclas, experimentando retirar estas duas, mas provavelmente o trabalho e o custo não compensavam, deixaram como estava. Mas não se deram ao cuidado de as encaixar  no seu lugar. Eu já tentei, mas não consigo.

Nem vou telefonar. Vou aparecer. Que se virem. O computador estava direito.

Faz-me lembrar o que aconteceu à máquina de lavar roupa.

Veio um técnico particular, garantiu-me que a máquina tinha arranjo e ficava a funcionar bem, mas quando a trouxe, os botões estavam saídos.

Chamei-o a atenção. Mas ficou na mesma.

Entretanto, uma semana depois,a máquina voltou a avariar. Nem sequer falei com o "gajo". E fui comprar uma máquina nova.

Fico farta destes técnicos "jeitosos" que têm fama de bons e depois da coisa feita, são o que se vê.

 

 

 

 

( m e n, as duas teclas do meu computador)