Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 04.05.20

não saí decasa

as máscaras

Maria Araújo
logo de manhã, quando puxei os estores das janelas, nesta rua tranquila e porque a escola está fechada, vi três grupos  de pessoas lado a lado: três mulheres, sem máscaras,  atrás mais duas e ao fundo da rua cinco homens que pararam junto ao prédio em obras; dois deles tiraram as máscaras do bolso e puseram-nas, os outros estão a trabalhar ao relento sem nada a tapar a boca e o nariz. A semana passada,andavam os trabalhadores da câmara a arranjar um  grande buraco que se (...)
Qui | 24.01.19

o que é normal num dia pode não ser no outro

Maria Araújo
Tinha uma consulta para as 15:40h, em Vila Verde, fui cedo, precisava de estar em casa por volta das 16:30h , ia buscar o bebé ao colégio, seguia com ele para uma consulta, a mãe encontrar-se-ia comigo no consultório. A consulta é rápida, faz-se  as picadas, calça-se as meias, vem-se embora. Nunca demora mais de quinze minutos. Com ideia chegar por volta das 15:15 h, e sair de lá de molde a chegar a casa à hora que previra, a cerca de 4 km do hospital, deparei-me com uma longa (...)
Qui | 06.09.18

escola nova

Maria Araújo
Escola fechada para obras desde 2016,  em Janeiro a azáfama das obras acordava a vizinhança, ora eram os camiões que entravam e saíam gerando alguma confusão na rua, ora os chicos espertos não respeitavam a fita que vedava o estacionamento para que os camiões pudessem fazer a curva no início da rua estreita e com um sentido, deitando-a abaixo e estacionando as suas viaturas e, habitualmente, também na curva no final da rua, mas aqui a culpa era dos responsáveis da obra que nunca (...)
Sex | 22.06.18

ruídos

Maria Araújo
a zona onde vivo está numa azáfama em várias frentes e, logo de manhã, por vezes às 7h30, os ruídos são de mais, fazem-me sair cedo da cama. Os apartamentos velhos que foram comprados estão em obras, a escola básica do 1º ciclo , aumentada para o dobro, e que desde Janeiro o pessoal não pára de trabalhar, inclusive aos sábados ( tem de ficar pronta em Agosto para começar a funcionar em Setembro), estranho, ao domingo, o sossego. Mas o que gosto de ver nesta azáfama de (...)
Sex | 01.06.18

coisas do meu dia

Maria Araújo
Sinal vermelho para os peões, vejo a vizinha do R/C da casa do lado, onde há as obras, que falei aqui, que com a pressa que estava quase atravessava a passadeira. Parou a meu lado, falei-lhe nas obras. Diz que está cansada do barulho, até que, propositadamente, perguntei se ouvia os berros do meu vizinho. Esta vizinha vive há cerca de dois anos aqui, desconhece as loucuras do meu vizinho, (...)
Seg | 28.05.18

coisas do meu dia # angústia 2

Maria Araújo
ILogo de manhã, as obras no apartamento do lado voltaram, a broca ou perfuradora,sei lá, fez-me sair da cama, não por que não aguentasse, mas por que seria certo que os berros do vizinho do 1° andar regressariam, não estava com paciência para o ouvir, estava muito nervosa, tinha cólicas, precisava de sair de casa. E na hora que  saí, os berros eram demais, gritos, insultos...mas os homens não o ouviam. Fui levar a mãe gata das minhas sobrinhas à veterinária, tinha uma (...)
Seg | 09.04.18

já não se ouvem os pássaros

Maria Araújo
A escola básica do 1º ciclo aqui da rua, que estava fechada para obras há 19 meses, entrou em obras no dia 15 de Janeiro, as crianças estão "alojadas" em contentores num espaço do Agrupamento da Escola Básica do 2º Ciclo. Antes de virem os guindastes, tivemos uma grande surpresa e decepção. As muitas árvores que circundavam o recinto e que faziam sombra para as crianças, que nos dias quentes as procuravam, foram cortadas. Deixaram apenas uma por trás da baliza no campo de jogos. N (...)
Sex | 27.10.17

a obra

Maria Araújo
Desde manhã cedo, e prescindi das minhas aulas no ginásio, e até há cerca de meia hora, andei a limpar pó e mais pó. A minha mão mexia no cabelo sentia-o áspero, parei as limpezas, e até porque o serviço não está completo, só arrumo as coisas nas prateleiras quando estiver acabado, fui tomar um banho de tão suja de pó me sentia. Nunca imaginei que substituir uma porta fosse fazer tanto lixo.  
Qui | 26.10.17

obras, ai!

Maria Araújo
Mandei substituir a porta da divisão onde guardo os artigos de limpeza. Está a dar muito trabalho acertar o azulezo, o pó que neste momento faz na marquise é demais. E a ventoinha ajuda a mandá-lo janela fora. Ontem a empregada esteve cá ( o que limpa é quase nada, faço eu os serviços mais pesados), lá vou ter de andar a limpar a cozinha e a marquise, como sempre faço quando tenho obras em casa.      
Ter | 29.08.17

uma tarde de chamadas

Maria Araújo
Desde as 12h00, e pela terceira vez às 16h20m, que ligo para um hospital nos arredores da cidade. É, também, a terceira vez que a ligação é passada para o serviço que pretendo, espero cerca de dois minutos e a chamada cai. Ou o serviço não está a funcionar hoje, ou a funcionária da respectiva especialidade não está e não atende o telefone , fico sem conseguir marcar a consulta. Entretanto, às 16h00 liguei para o senhor trolha (...)