Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

visita a Chaves # 2

Maria Araújo, 03.09.20

Quando fizemos o checck-in, a jovem funcionária da recepção disse-nos isto: " Fizemos um upgrade dos quartos, vão ter um suite para vós"

Olhamo-nos e sorrimos. "Uma suite?!"

Ofereceram-nos dois convites com direito a bebida ou jogar nas máquinas do Casino no valor de 2euros ( não era muito, também não estavamos à espera,iríamos à mesma ao bar, sendo oferta, melhor).

Subimos ao quarto, digo,à suite. E do elevador este magnífico lustre decristal chamava a nossa atenção.

IMG_20200827_084302.jpg

O mobiliário era preto. Nas paredes, e à excepção do corredor, os quadros do quarto e da entrada não tinham nada a ver com o tipo de decoração. Adorei a  enorme casa de banho, o melhor da suite, e as duas varandas, uma que dava para a piscina e a outra para a cidade, ambas com vistas fantásticas ( vídeo do hotel aqui).

IMG_20200826_174932.jpg

IMG_20200826_174721.jpg

"A cama dá para três pessoas",  disse a minha amiga. Era confortável e à nossa espera tinhamos dois bombons ( que só vi à noite quando abri a cama).

Tinhamos roupões e chinelos para usar na piscina do SPA.

Levamos as nossas toalhas para usar na piscina exterior, não foram precisas porque também tivemos direito a dois cartões com a oferta das toalhas do hotel, no balcão do SPA. 

Fomos para a piscina exterior. Ainda havia a do SPA.

Estava cheia a agenda para marcação de massagens no SPA, não tive hipótese,nem para o dia seguinte,apenas aproveitei a piscina, estava à espera de jactos, que não tinha, a não ser para os pés.

IMG_20200826_184116.jpg

Do lado de lá da piscina, tirei a fotografia do nossa suite (andar de cima varanda da direita).

IMG_20200826_190018 (1).jpg

Decidimos não jantar no centro da cidade, ficariamos pelo restaurante do hotel, o preço,sem bebidas, era acessível.

No restaurante, reservamos um mesa no exterior, perto da piscina, o ar condicionado lá dentro era demasio  frio e nenhuma de nós aguenta.

Para entrada comi uma deliciosa sopa de espinafres, a minha  amiga comeu  bacallhau. O prato que escolhemos bife, barrosã, grelhado, acompanhada de arroz de feijão vermelho. A sobremesa era variada, quisemos as iguarias da região ( muito doce) e que a minha amiga adora.

IMG_20200826_223902.jpg

Depois de jantar fomos conhecer o hotel e o casino ( não entramos,não nos interessava).

Os vários bares, gostei dos bares, àquela hora sem clientes.

Depois da nossa bebida no bar do casino,regressamos ao quarto.

Desfrutamos daa varandas, a temperatura estava excelente, eu só queria captar em fotografia  aquela paisagem noturna com a lua a iluminar a cidade ( a máquina fotográfica não fez melhor que isto):

1599153669800.jpg

Quando me deitei, decidi acordar cedo e aproveitar aquela paisagem para fotografar o nascer do dia e do Sol.

 

# bou para o ano que vem, # para o ano bamos todos

Maria Araújo, 08.06.20

todos sabemos que este ano não há festas neste país.

estamos no mês dos Santos Populares, da boa sardinha, dos arraias pela noite dentro.

este ano, cá em casa, pensou-se festejarmos o São João na casa da praia da minha sobrinha ( nem sequer falamos com ela a respeito), e como todos nós vivemos em apartamento, não vamos assar sardinhas na varanda, seria incómodo para a vizinhança.

hoje, vendo a caixa do corrreio, tinha um postal interessante sobre  as festas cá da cidade, diz o postal que o São João acontece entre 15 e 24 de Junho, dentro de portas.

Sem Título.jpg

 

acredito que o pessoal vai festejar o São João em suas casas, ou em casas de familiares com espaço para isso,com certeza  que muitos vão esquecer o Coronavírus e, pelo que se tem verificado nas praias, nas esplanadas, nas manifestações, acredito que sairão  à rua na noite do santo popular para fazerem a festa à sua maneira.

andei a ver as previsões para este mês, parece que no São João vamos ter sol e alguma trovoada.

eu gostaria de comer a sardinha assada lá na praia, mas o pior será a noite, pois estando a casa cheia, terei de vir para Braga... a não ser que os hoteis estejam abertos nessa altura e fique a dormir num deles.

será um assunto a tratar nos próximos dois dias de feriado que, no caso dos lisboetas, têm um fim de semana prolongado, se faltarem ao trabalho na sexta-feira.

sortudos!

a Noite já passou

Maria Araújo, 03.09.18

 

IMG_20180901_201852.jpg

mas deixo as poucas fotografias do que foi a minha noite branca de sábado passado.

Tive o prazer de abraçar uma colega e amiga da minha amiga de coração, a M, e com quem passamos férias em Palma de Maiorca,  há cerca de  25 anos, desde então nunca mais nos vimos.

Foi muito bom rever esta jovem mãe de gémeos, um rapaz e uma rapariga, que têm agora 19 anos. 

Foi uma noite quente, uma noite com música, luz, dança, convívio. Deitei-me às 4h.

IMG_20180901_230140.jpg

IMG_20180903_141849.jpg

IMG_20180901_235848.jpg

IMG_20180902_012634.jpg

IMG_20180902_014138.jpg

 

IMG_20180902_033809.jpg

 

coisas do meu dia

Maria Araújo, 20.08.18

Dizem que "o que não é roubado aparece, escrevi neste post que perdera os óculos de sol, fora comprar outros, que, entretanto, na praia, também os perdera uma semana depois de os ter comprado. Não havia iguais, mandaram vir de outra loja e de outra cidade.

Ora ontem, separava a roupa para as minhas férias ( vou amanhã), peguei num saco preto de viagem para pôr as toalhas de praia, ao acomodá-las senti algo estranho.

A minha mão vai lá e que traz? A carteira com os óculos que eu pensara ter perdido na praia.

Fiquei completamente estática a olhá-los, ao mesmo tempo que o meu pensamento sorria e comentava " fico com dois iguais" e não reagia a mais nada, até que fui buscar a carteira dos últimos que comprei, desatei a rir.

" Dou-os a uma das minhas sobrinhas" , comentei.

O que é facto é que não me lembro, de todo, de os ter guardado naquele saco que vinha cheio de roupa, tirara-a e guardara-o no roupeiro.

Hoje, dei-os à Sofia.

De tarde, liguei para o hospital a pedir uma consulta de medicina geral, para hoje, ( ando com tosse e expectoração devidoa isto) a minha médica está de férias, pedi outra médica que tivesse uma hora disponível.

Às 17h deixei o bebé com a minha irmã, fui à consulta.

Os minutos pasaavam, ora levantava-me e dava uma volta pela grande sala de espera, ora espreitava as janelas e via a azáfama da rua, até que 50 minutos de tanto esperar, fui ter com uma funcionária e expliquei que estava à espera da consulta das 17h  e diz-me ela:

- A doutora x foi para as urgências.

- Como?! Então estou aqui para a consulta das 17h, se não viesse perguntar-lhe, ficava o resto da tarde sentada à espera! Olhe, então desisto dela. Tento amanhã de manhã com outra médica - respondi.

- Ah, mas a senhora quer a consulta? Eu posso mandá-la à urgência. 

- Se a médica atender, claro que quero - comentei.

LIgou para a urgência, explicou o que se passava, desligou o telefone e diz:

- Venha comigo, por favor.

Na urgência, fui para a sala de espera, a médica chamou-me uns minutos depois.

Peguntou-me se alguma funcionária tinha dito para lá ir, mas quando respondi que não, que nada me foi dito, eu é que fui perguntar o que se passava, comentou que avisara a funcionária  que todos os utentes que tivessem consulta com ela deviam ser encaminhados para a urgência.

Incrível, não é?

Não levara telemóvel, quando cheguei a casa, preocupadas que estavam comentei: "Só a mim acontecem as coisas!"

E contei-lhes.

Amanhã vou 11 dias para a praia. Tenho wifi  lá na casa, mas como não levo pc, o que publicar no blog será fotografias e pouco mais, pelo telemóvel.

Estamos todas a precisar de descanso.

Se as noites estiverem como a da fotografia,  vão ser momentos bem passados.

 

IMG_20180721_214020.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

6:00

Maria Araújo, 17.06.18

Depois da caminhada de ontem, um jantar de amigas, um passeio pelas ruas da cidade cheias de gente, porque Braga começa em grande as Festas de São João, com muita música, gigantones, grupos de bombos, esplanadas cheias, cheguei a casa às 2h, não consigo dormir só de pensar que a única gatinha que estava à espera da sua família, vai, finalmente, viajar comigo até Coimbra, a cidade " a meio caminho" que combinei encontrar-me com a recém-casada jovem que a adaptou.

E às 6h, sem paciência para estar na cama, levantei-me.

 

 

IMG_20180617_073530.jpg