Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

das férias

de apenas seis dias, gostei de tudo.

Alojadas em Lanzada, não fizemos praia nas que se estendiam para o lado direito e esquerdo do hotel, em frente ao mar, porque estão mais expostas ao vento.

IMG_20220816_192043.jpg

Tranquilidade, e muitos passeios pelas várias praias da Galiza, foi San Vicente do Mar a eleita.

IMG_20220822_142756.jpg

A minha amiga  N passara férias nesta praia, já lá vão 30 anos, desafiou-me para passarmos alguns dias, lá queria voltar ao lugar onde fora feliz, e onde tinha de ir à cabine telefónica, que existe ainda, para ligar aos pais a informar que estava bem... Outros tempos.

Metíamos pelos caminhos entre as casas e os pinheiros.

IMG_20220817_124413.jpg

E a paisagem era maravilhosa.

IMG_20220817_161825.jpg

IMG_20220817_161958.jpg

Pequenas praias que as rochas protegem do vento, sol quente, água fria mas ao mesmo tempo deliciosa porque se formavam pequenas lagoas onde as crianças estavam à vontade a tomar banho e a brincar. Óbvio que me banhei nelas.

De manhã, o público era maioritariamente com idade para cima dos 40  até aos 70, 80... que se reuniam naquele bocado de água que lhes dava até aos joelhos e cavaqueavam por ali até à hora do almoço.

Reunidas as tralhas, ficava a praia semi deserta.

IMG_20220819_154217.jpg

Por voltas das 16:00h mudava o público, vinham os casais com filhos pequenos.

IMG_20220822_142851.jpg

Às 17h00, juntavam-se os adolescentes.

Um grupo considerável concentrava-se no passadiço, alguns metiam-se debaixo dele, outros deitados na areia a conversar e com música a acompanhar.(Provavelmente encontravam-se todos os anos no verão naquela praia, como  na minha adolescência nos anos em que os meus pais alugavam casa por um mês, era o reencontro com os amigos que vinham de outras cidades): 

Depois, vinha outro grupo, mais pequeno, que ocupava sempre as mesmas rochas.  Estes também faziam o mesmo dos mais velhos que estavam de manhã na praia: juntavam-se no mar a conversar, tomavam banho, voltavam para as rochas. Alguns sacavam do cigarrro ( não faziam como os adultos que guardavam as pontas dos cigarros em garrafas de cerveja, mas depositavam-nas na areia). 

No meio destes, e porque a hora da sesta passara há muito, chegavam os pais de 40 e 50;  e os avós; e os grupos de jovens rapazes e raparigas de 30 que se deitavam na areia a conversar.

Era demais, e continuamente, os adultos, os jovens, e crianças que subiam os rochedos e sentavam-se  lá no alto a ver a paisagem ( que  tenho a certeza que seria fantástico).

A água era muito llimpa, não tinha a areia pó que há aqui no norte, mas abundavam as algas.

IMG_20220817_131017.jpg

Era um prazer tomar banho naquelas " lagoas".

IMG_20220817_130834.jpg

Passava das 20h00 quando o sol se punha por trás das árvores e uma parte da praia ficava à sombra, era então a hora de pegar nas coisas e regressar a casa.

Mas os jovens ficavam por lá.

Já passaram muitos anos que eu ficava na praia até depois das oito. Foi este o ano que voltou a acontecer.

Este lugar era especial.

IMG_20220822_143027.jpg

Regressávamos ao hotel, a cerca de 8 km, e do quarto em frente ao mar, tinhamos o maravilhoso pôr-do-sol para ver e fotografar.

IMG_20220816_211926.jpg

IMG_20220816_211906.jpg

 

 

uma manhã de vitamina D

finalmente, fui ver o mar.

Fomos a casa, depois um passeio com o cão pelo espaço que ele adora.

IMG_20220403_113943.jpg

Seguimos pelo pinhal em direcção à praia.

 Na praia viam-se famílias que passeavam os seus animais de estimação. Iam em fila. Nem sei se houve algum desfile de cães.😁

IMG_20220403_115135.jpg

Tivemos de esperar que saíssem do alcance do cão da minha sobrinha, que não pode ver outros da sua classe.

IMG_20220403_120041.jpg

IMG_20220403_120005.jpg

Fomos passear pela praia e sentamo-nos na areia a tomar a vitamina D.

IMG_20220403_123019.jpg

Infelizmente, o mar e o vento levaram muita areia que cobria os geocilindros. Está a descoberto.

Fiquei triste.

Conheço estas praias desde a infância, eram areais de fazer perder a vista.

IMG_20220403_115355.jpg

Mais uns anos, e tanto dinheiro que se gastou nestas praias do norte , e vamos ficar sem areal.

IMG_20220403_115557.jpg

IMG_20220403_115547.jpg

Hora de almoçar, deixamos o cão em casa, passamos no Hotel Axis.

Havia um almoço de motards, entraram no preciso momento que entramos para saber se o bar  servia sandes .

O simpático funcionário ligou para a cozinha a saber se era possível servir um hambúrguer e um prego.

Resposta positiva, fomos para o jardim.

IMG_20220403_134108.jpgl

Trouxe os dois panachês e uns aperitivos que nos souberam muito bem.

Depois de almoçarmos, fui pedir cafés.

Eram muitos os espanhóis terceira idade,  que certamente almoçaram no restaurante do hotel,  estavam a tomar " café solo" no bar.

Falavam muito alto, estava a ser complicado perceber o que queriam.

Pagamos. Edo jardim que dá acesso à praia, fomos espreitar o mar.

IMG_20220403_143019.jpg

Saímos do hotel, fomos buscar o Scott, e regressamos a casa.

 

está frio

E hoje já me passou pela cabeça sair da cidade e ir passar o fim de semana fora.

Até pensei meter-me no Alfa , sair em Aveiro e deixar-me ficar por lá.

A minha sobrinha, que está fora do país, diz-me que vá para a casa da praia sempre que eu quiser.

Mas não tenho a chave.

Amanhã, pego no carro e vou matar as saudades do mar.

e chegamos ao fim do Verão

e sendo este ano mais sereno, o que para mim foi muito bom, as duas semanas anteriores,de Setembro, contentou-nos com a temperatuta da água do mar excelente.

Obrigada,Setembro, por este sereno final de Verão, e porque  me fizeste tomar bons banhos de mar.

Agora, vem o Outono e os passeios à beira-mar, como sempre gostei e gosto.

IMG_20210905_150547.jpg

IMG_20210912_131042.jpg

IMG_20210912_152435.jpg

IMG_20210914_172153.jpg

Ofir, Setembro de 2021

a consulta

IMG_20210106_203545.jpg

( Ofir,Janeiro de 2021)

Estive nesta praia, neste mar de inverno , no início do mês.

Estamos a chegar ao final de Janeiro, estou desejosa de lá voltar.

Na próxima segunda-feira, tenho uma consulta, adiada duas vezes em 2020, na Póvoa de Varzim.

Mais medidas apertadas, não sei se é permitido fazer a viagem.

Entretanto, vou receber a mensagem a lembrar a consulta.

A ser confirmada, penso que ela servirá de comprovativo caso a polícia me "aborde".

Perto do mar que estarei, vou vê-lo e respirar um pouco da sua maresia.