Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



745 - E-mail...

por Maria Araújo, em 13.09.10

Enquanto aguardo uma renunião com os Encarregados de Educação:

 

 

SERA QUE O "SIGNIFICA DIZER" QUE MUITOS DOS NOSSOS INTELECTUAIS E RESPONSAVEIS USAM COM FREQUENCIA ESTA NO MESMO GRUPO DAS TAUTOLOGIAS?

No meu tempo isto chamava-se PLEONASMO

NOTE QUE ISTO FOI  ESCRITO POR ALGUÉM BRASILEIRO, TÁ?... MAS ESTÁ CORRECTO. (EU NÃO ADERI AO ACORDO ORTOGRÁFICO).

 

APRENDA O CORRETO:

 

E a gente pensa que repete corretamente os ' ditos populares'

Dicas do Prof. Pasquale:

 

No popular se diz: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bichocarpinteiro' "Minha grande dúvida na infância... Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???"

Correto: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro' "Tá aí a resposta para meu dilema de infância!"  EU

NÃO SABIA. E VOCÊ?

 

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.'

Enquanto o correto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.' "Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?"

 

'Cor de burro quando foge.'

O correto é: 'Corro de burro quando foge!'"Esse foi o pior de todos!

Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???" 

 

Outro que no popular todo mundo erra:'Quem tem boca vai a Roma.'

"Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!"  O correto é: 'Quem tem boca vaia Roma.' (isso mesmo, do verbo vaiar).

 

Outro que todo mundo diz errado,

'Cuspido e escarrado' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.

O correto é: 'Esculpido em Carrara.' (Carrara é um tipo de mármore)

 

Mais um famoso.... 'Quem não tem cão, caça com gato.' "Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!"

O correto é:'Quem não tem cão, caça como gato.... ou seja, sozinho!'

 

  Vai dizer que você falava corretamente algum desses?????

 

As armadilhas da língua.  

 

Tautologia é o termo usado para definir um dos vícios de linguagem. Consiste na repetição de uma idéia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido. O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros, como você pode ver na lista a seguir:

- elo de ligação

- acabamento final

- certeza absoluta

- quantia exata

- nos dias 8, 9 e 10, inclusive

- juntamente com

- expressamente proibido

- em duas metades iguais

- sintomas indicativos

- há anos atrás

- vereador da cidade

- outra alternativa

- detalhes minuciosos

- a razão é porque

- anexo junto à carta

- de sua livre escolha

- superávit positivo

- todos foram unânimes

- conviver junto

- fato real

- encarar de frente

- multidão de pessoas

- amanhecer o dia

- criação nova

- retornar de novo

- empréstimo temporário

- surpresa inesperada

- escolha opcional

- planejar antecipadamente

- abertura inaugural

- continua a permanecer

- a última versão definitiva

- possivelmente poderá ocorrer

- comparecer em pessoa

- gritar bem alto

- propriedade característica

- demasiadamenteexcessivo

- a seu critério pessoal

- exceder em muito .

 

Note que todas essas repetições são dispensáveis.

Por exemplo, 'surpresa inesperada'. Existe alguma surpresa esperada?  Claro que não.

Gostou?

Para os amigos amantes da língua portuguesa

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

694 - E-mail

por Maria Araújo, em 22.07.10

É para rir. Logo eu que ando com os sintomas abaixo enumerados, ahahahahahahah!

Á menina do blog começar, obrigado por este e-mail!

 

 

 

 

SEFOIA: Enfermidade ainda nao bem estudada pela classe médica.
Entretanto, milhares de pessoas padecem deste mal e esperam  na Organização Mundial de Saúde que se estude e encontre a cura para esta mortal enfermidade que, a cada dia, é adquirida por milhares de pessoas em todo o mundo...
 
VEJA A POSSIBILIDADE DE VOCÊ SER PORTADOR:

 

1.- Se um café te provoca insonia.

2.- Se uma cerveja te leva directo ao banheiro.

3.- Se tudo te parece muito caro.

4.- Se qualquer coisa te altera.

5.- Se todo pequeno excesso alimentar te
provoca aumento de peso.

6.- Se a feijoada "cai" como chumbo no
teu estomago.

7.- Se o sal sobe a tua pressão arterial.

8.- Se numa festa pedes a mesa mais distante possi­vel da musica e das pessoas.

9.- Se o amarrar os sapatos te produz dor nos quadris.

10.- Se a TV te provoca sono.

 

Todos esses sintomas são prova irrefutável que padeces de Sefoia


 
 

SE-FOI-A juventude!!!             
 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Professor, autoridade pública

por Maria Araújo, em 05.10.09

 

 

Últimas notícias, recebida por e-mail

 

"Autoridade"           

 


EM ESPANHA A COMUNIDADE DE MADRID IRÁ RECONHECER OS PROFESSORES  COMO AUTORIDADE PúBLICA

"Ao serem reconhecidos como autoridade pública, os professores - tal como os juízes, polícias, médicos e pilotos e comandantes de navios - contam com uma protecção especial. A agressão a um professor está tipificada pelo Código Penal como atentado contra a autoridade"
"Além de serem autoridade pública, TÊM PRESUNÇÂO DA VERDADE, o que significa que a sua palavra tem mais valor do que a de outro cidadão"

 

 Tradução portuguesa da notícia abaixo em castelhano:

 

MADRID DARá AL MAESTRO RANGO DE AUTORIDAD PúBLICA

 /"Los docentes serán autoridad pública en la Comunidad de Madrid. Es una de las medidas que introducirá la futura Ley de Autoridad del Profesor que la presidenta madrileña, Esperanza Aguirre, va a anunciar mañana en la cámara regional, según fuentes de su Ejecutivo, y cuyo texto llevará al hemiciclo en las próximas semanas. La iniciativa de elevar el rango de los maestros ya la asumió el año pasado la Comunidad Valenciana y existe también, aunque sólo para los directores de los centros escolares, en Cataluña, desde hace unos meses. En el caso de Madrid persigue el objetivo de reforzar la figura del maestro. Al ser reconocidos como autoridad pública, los profesores -al igual que jueces, policías, médicos o los pilotos y marinos al mando de una nave- cuentan con una protección especial. La agresión a uno de ellos está tipificada por el Código Penal como atentado contra la autoridad en los artículos 550 a 553, que recogen penas de prisión de dos a cuatro años.(...)"/

 

 

 

      Mas para que possámos ser respeitados, temos que tratar o outro com respeito, civismo, delicadeza e determinação.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR