Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

" isto não é sobre mim, é sobre eles"

Maria Araújo, 29.06.20

Foi no meu Instagram que cheguei a este jovem médico.

Tem um livro publicado, " O Mundo Precisa de Saber" sobre o seu trabalho  nos vários países de África e Ásia, realizou, agora, o sonho de ver  traduzido para inglês, precisa da nossa ajuda. Citando o autor: " ...  pronto para viajar pelo planeta, e por isso  preciso de contactos, ideias, sugestões sobre como entrar em diferentes países com os meus sonhos  humanitários colocados num livro.

Se você acredita  que as histórias ao vivo  do Congo, Afeganistão, República  Centro-Africana, Síria, Sudão, do Sul, Iêmen, etc..., devem ser contadas ao mundo, por favor ajudem-me  sobre como atravessar  diferentes  fronteiras com o meu livro! Nunca vamos parar de sonhar.!

Por favor, ajudem-me! Por favor partilhem!

( Se para este  propósito gostar de receber uma cópia digital, por favor envia-me uma mensagem).

E para que o livro chegue longe, vejam estes links, leiam as suas histórias, e partilhem-nas também. O altruísmo é um sentimento que  faz falta neste mundo vulnerável e cheio de incertezas.

https://www.gustavocarona.com/  ou no Instagram,  https://www.instagram.com/gustavocarona/

 

Entretanto, deixo um vídeo, de 2018, que vale a pena ver e ouvir:

e a sua presença  no Telejornal, em Janeiro passado.

 

Dia da Terra ( e das recordações)

Maria Araújo, 22.04.20

hoje é  o Dia Mundial a Terra, o dia que nunca esquecerei o último dia de vida do meu cunhado, pai da Sofia, no ano de 2002.

Estava um dia quente, saí do trabalho por volta das cinco, estacionei o carro, fui vê-lo ao hospital, na altura aqui perto de casa.

Estava tranquilo, olhar perdido na parede branca do quarto, a minha irmã e a irmã dele calçavam-lhe as meias nos pés que elas diziam estarem frios.

Estava afasta da dele,observava-as, e a ele.

A minha visita fora rápida e fizera-a porque o meu coração pedira-me para ir vê-lo.Em nenhum momento ele falou.Deixava que elas tratassem de si.

De repente, pareceu-me que, ao ver-me, esboçara um sorriso.E o seu olhar perdeu-se de novo na parede branca do quarto.

Depedi-me delas, porque não sei se ele me ouviria, com um adeus e saí do quarto a chorar perdidamente.

Tendo estado nos finais desses dias a cuidar dos meus sobrinhos enquanto a minha irmã cuidava do marido, nesse final de dia ela não chegava para jantar, queria dar de comer aos filhos,eles precisavam de dormir.

Ligou-me para lhes dar de comer, chegaria por volta das 21horas. Chegou logo a seguir,muito triste, o marido estava muito mal. Não jantou.

Por volta das 21h30m, o telefone tocou,atendi,pediram-me para a chamar.

Era um dos cunhados,disse-me ao telefone que o D tinha falecido.

Os meninos dormiam,vieram os irmãos buscar a roupa para o vestirem,não deram por nada.

Foi triste.

No dua seguinte, a Sofia foi para a creche, o mais velho para a escola, frequentava o 6º ano.

A mãe foi buscá-lo à escola, à hora do almoço. Foi nesta hora,  à porta da minha casa,  que ele soube da notícia.

Saiu do carro, pegou no telemóvel, foi aos contactos e apagou o número do pai.

Ele tinha uma  admiração infinita pelo pai.

Almoçávamos todos cá em casa.

Eu vi da janela.

Faz hoje dezoito anos que o D faleceu.

Passaram rápido, estes anos.

Mas houve muita dor e revolta. Mas tudo tem o seu tempo,tudo se regenera.

Ficam as recordações e a saudade.

Um livro WOOK,que encontrei neste site,fala disto mesmo:

arvore.jpg

texto.jpg

 

# fique em casa 10

Maria Araújo, 25.03.20

Desde que me levantei, cedo, ocupei-me das tarefas de casa: passar a ferro, arrumar as roupas,fazer o almoço.

Por volta das 10:30h, recebi uma chamada de um número que não tenho nos meus contactos,lembrei-me que seria da SEUR para entregar uma encomenda que fiz  online( há quanto tempo não comprava pela internet!) a semana passada. E era.

Queria sdaber se estava em casa, demoraria cerca de dez minutos(esta empresa liga sempre,contrariamente a outras que nem sequer tocam à campainha,deixam o aviso e obrigam-nos a ir levantá-las às lojas de recolha).

Dez minutos depois, chegou.

Foi rápido. Ele de luvas, eu de luvas, entregou-ma. Perguntei se tinha de assinar( era o meu maior problema, por isso calcei as luvas),respondeu-me que não, que apenas bastava confirmar o nome.

Com as luvas calçadas, e com o pouco álcool que tenho, desinfectei as embalagens e o seu conteúdo.

Voltei ao velho tempo em que pintava o cabelo em casa, mandei vir tinta de coloração.

Fiz para o almoço peixe assado no forno, aproveitei para fazer um bolo.

Fui à net buscar uma receita prática de bolo de maçã. Esta era fácil e diferente.

E cá está o bolo e a receita.

IMG_20200325_152051.jpg

A meio da tarde vou aspirar a casa, entretanto,vou acabar de ler este maravilhoso livro ( de uma pessoa que muito admiro e sigo no Instagram).

250x.jpg

A Wook está com descontos,vou mandar vir este livro que alguém disse ser o melhor dele.

 

 

Dia Mundial do Livro

Maria Araújo, 23.04.19

topo-mb.jpg

(imagem daqui)

Parece que foi ontem que o 1ºDesafio de "O Livro Secreto"    que a MJ lançou na blogosfera em 2015,  e que teve a adesão de muitas bloggers, e o entusiasmo foi tal que seguimos com o dobro de bloggers para o 2º Desafio, em 2017, passaram três anos e já em 2018 a responsabilidade de continuar o desafio foi entregue, e muito bem, à mulher que mais livros lê nesta blogosfera, a Magda do blog Stone Arts Books.

Estando o 2º Desafio prestes a chegar ao fim, foi perguntado aos elementos do grupo  se tinham interesse em continuar para o 3º Desafio. 

Confirmados os nomes dos livros que cada elemento do Grupo deseja partilhar ( e ao que parece há bons livros para ler),  foi desta forma que enviei hoje o 1º Livro Secreto do 3º Desafio de Leitura que, a continuar bem e de boa saúde, será até quando quisermos que dure.

Lá diz o ditado " ler é o melhor remédio" e sendo eu uma leitora de fases, além do livro que me acompanha nos meus momentos de relaxe,  " deixei-me de coisas e participei"  neste desafio que veio obrigar-me a ler, pelo menos,  um livro por mês.

20872017_ZvbYm.jpeg