Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reforma antecipada...

por Maria Araújo, em 18.04.09

Estamos habituados a receber e encaminhar e-mails de todo o tipo de assuntos. Alguns mais atrevidos, outros mais sérios, outros ainda com humor.

Independentemente de tudo o que se passa  neste país, seja com os professores seja com os juízes, médicos, políticos, uma coisa é certa: somos um povo com capacidade de construir com humor as preocupações que nos afecta.

Este e-mail que recebi foi um dos que me fez pensar seriamente na minha "reforma"...ainda longe.

 

" E Jesus pediu a reforma antecipada aos 33 anos
 

 

 

 

 


Naquele tempo, Jesus subiu ao monte seguido pela multidão e, sentado
sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se
aproximassem. Depois, tomando a palavra, ensinou-os dizendo:
*- Em verdade vos digo, bem-aventurados os pobres de espírito, porque
deles é o reino dos céus. Bem-aventurados os que têm fome e sede de
justiça, porque serão saciados. Bem-aventurados os misericordiosos,
porque eles...**

*Pedro interrompeu:
- Temos que aprender isso de cor?
André disse:
- Temos que copiá-lo para o caderno?
Tiago perguntou:
- Vamos ter teste sobre isso?
Filipe lamentou-se:
- Não trouxe o papiro-diário.
Bartolomeu quis saber:
- Temos de tirar apontamentos?
João levantou a mão:
- Posso ir à casa de banho?
Judas exclamou:
- Para que é que serve isto tudo?
Tomé inquietou-se:
- Há fórmulas? vamos resolver problemas?
Tadeu reclamou:
- Mas porque é que não nos dás a sebenta e... pronto!?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada... ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus presentes, que nunca tinha estado diante de uma
multidão, nem ensinado nada, tomou a palavra e dirigiu-se a Ele,
dizendo:
* Onde está a tua planificação?
* Qual é a nomenclatura do teu plano de aula nesta intervenção
didáctica mediatizada?
* E a avaliação diagnóstica?
* E a avaliação institucional?
* Quais são as tuas expectativas de sucesso?
* Tens para a abordagem da área em forma globalizada, de modo a
permitir o acesso à significação dos contextos, tendo em conta a
bipolaridade da transmissão?
* Quais são as tuas estratégias conducentes à recuperação dos
conhecimentos prévios?
* Respondem estes aos interesses e necessidades do grupo de modo a
assegurar a significatividade do processo de ensino-aprendizagem?
* Incluíste actividades integradoras com fundamento epistemológico produtivo?
* E os espaços alternativos das problemáticas curriculares gerais?
* Propiciaste espaços de encontro para a coordenação de acções
transversais e longitudinais que fomentem os vínculos operativos e
cooperativos das áreas concomitantes?
* Quais são os conteúdos conceptuais, processuais e atitudinais que
respondem aos fundamentos lógico, praxeológico e metodológico
constituídos pelos núcleos generativos disciplinares,
transdisciplinares, interdisciplinares e metadisciplinares?

Caifás, o pior de todos, disse a Jesus:
* Quero ver as avaliações do primeiro, segundo e terceiro períodos e
reservo-me o direito de, no final, aumentar as notas dos teus
discípulos, para que ao Rei não lhe falhem as previsões de um ensino
de qualidade e não se lhe estraguem as estatísticas do sucesso. Serás
notificado, em devido tempo, pela via mais adequada. E vê lá se
reprovas alguém! Lembra-te que ainda não és titular e não há quadros
de nomeação definitiva.

... E Jesus pediu a reforma antecipada aos trinta e três anos..."

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Ecce Homo

por Maria Araújo, em 09.04.09
 

Procissão do Senhor Ecce Homo, quinta-feira, dia 09, às 22h00. Saída da Igreja da Misericórdia. 
                                  

 
Organizada desde tempos antigos pela Irmandade da Misericórdia, esta procissão evoca o julgamento de Jesus, ao mesmo tempo que celebra a misericórdia por Ele ensinada. Abre o cortejo o exótico grupo dos farricocos com grosseiras vestes de penitência, descalços e encapuçados, de cordas à cinta, como outrora os penitentes públicos, empunhando matracas e fogaréus (taças com pinhas a arder). Daí chamar-se também «Procissão dos Fogaréus». Integrados na procissão, revestem um simbolismo diferente do da tarde: evocam os guardas que, munidos de archotes, foram, de noite, prender Jesus.

A imagem do Senhor «Ecce Homo» representa o Cristo tal como Pilatos o apresentou à multidão, dizendo: - «Eis o Homem!».

Além de muitas figuras alegóricas da Ceia e do julgamento de Jesus, desde 2004 incorporam-se na procissão alegorias das catorze obras de misericórdia, bem como figuras históricas ligadas à fundação e à história das Misericórdias.

A procissão percorre o seguinte itinerário: Igreja da Misericórdia, Rua D. Diogo de Sousa, Arco da Porta Nova, Av. S. Miguel,-o-Anjo, Rua D. Paio Mendes, Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de S. Paulo, Largo de Paulo Orósio, Rua do Alcaide, Campo de Santiago, Rua do Anjo, Rua de S. Marcos, Largo Barão de S. Martinho, Rua do Souto, Largo do Paço, Igreja da Misericórdia.

Fonte - Comissão Organizadora das Solenidades da Semana Santa de Braga

 

********************************************************************************************

 

 

Esta procissão, também conhecida pela procissão dos farricocos, é realizada aqui na minha cidade com muita pompa. Aliás, toda a Semana Santa é festejada com concertos na Sé e outras Igrejas da cidade,  a cerimónia do lava-pés, na Sé de Braga.

 

 

Os farricocos, que hoje também andariam pela cidade, com as matracas, que fazem um rec,rec,rec,rec,rec,  que eu adoro. Como está de chuva provavelmente nem teriam saído. Estes representam os guardas que prenderam Jesus Cristo.

 

 

Amanhã será Procissão do Enterro do Senhor (Sexta-feira santa), em que todo o cortejo veste de roxo ,com véus escuros a taparem o rosto.

 

 

Organizada pelo Cabido da Catedral, Irmandades da Misericórdia e de Santa Cruz e Comissão da Semana Santa, esta imponente procissão - de todas a mais solene e comovente - leva pelas ruas da Cidade o esquife do Senhor morto. Acompanham-no aquelas e outras irmandades, cavaleiros das Ordens Soberana de Malta e do Santo Sepulcro de Jerusalém, Capitulares da Sé e autoridades. Vão também os andores de Santa Cruz e da Senhora das Dores.

Em sinal de luto, os Capitulares e os membros das Confrarias vão de cabeça coberta. Para mostrar a sua dor, as figuras alegóricas ostentam um véu de luto. As matracas dos farricocos vão silenciosas. As bandeiras e estandartes, com tarja de luto, arrastam-se pelo chão.

A procissão percorre o seguinte itinerário: Sé, Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de S. Paulo, Largo de Paulo Orósio, Rua do Alcaide, Campo de Santiago, Rua do Anjo, Rua de S. Marcos, Largo Barão de S. Martinho, Rua do Souto, Largo do Paço, Rua D. Diogo de Sousa, Arco da Porta Nova, Av. S. Miguel-o-Anjo, Rua D. Paio Mendes, Sé.

 

Queima do Judas

 

Sábado de Aleluia, pelas 22 horas, em Celeirós – Braga, realiza-se a já habitual, Queima do Judas. Esta tradição perde-se no tempo e tem o carácter simbólico de penitência dos males e de purificação, através do fogo.
É uma festa tipicamente profana, com origem cristã, segundo a qual Judas entregou Jesus à morte, tornando-se por isso um traidor.
A Queima do Judas, não é só o queimar de um boneco de palha, mas, também, a representação de um trabalho artístico e literário Explora-se o aspecto crítico, humorístico, com especial incidência na vida política e social; cenas da vida local, regional ou nacional, relatados numa clara expressão satírica. Começa com uma procissão pela freguesia, em seguida, lê-se o célebre “Testamento do Judas”, em quadras de escárnio e maldizer.
É uma noite de sátira, de crítica, de castigos e reparos, mas também é uma noite de muito riso.
No final: pela meia-noite, queima-se o Judas, ou melhor, o fogo num espectáculo pirotécnico de grande beleza.
O Judas Morreu! Viva o Judas!
 

 

 

************************************************************************************************

 

No centro da cidade de Braga, é na freguesia da Cónega que habitualmente se faz a Queima do Judas.

A Festa da Páscoa, é realizada na Segunda-feira, com a visita da Cruz às casas, seguida de foguetes, música , e as nada tradicionais, mas que invadem as romarias Portuguesas, farturas.

 

Santa Páscoa.

Aleluia! Aleluia!

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio



Mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR