Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

visita a Chaves # 2

Maria Araújo, 03.09.20

Quando fizemos o checck-in, a jovem funcionária da recepção disse-nos isto: " Fizemos um upgrade dos quartos, vão ter um suite para vós"

Olhamo-nos e sorrimos. "Uma suite?!"

Ofereceram-nos dois convites com direito a bebida ou jogar nas máquinas do Casino no valor de 2euros ( não era muito, também não estavamos à espera,iríamos à mesma ao bar, sendo oferta, melhor).

Subimos ao quarto, digo,à suite. E do elevador este magnífico lustre decristal chamava a nossa atenção.

IMG_20200827_084302.jpg

O mobiliário era preto. Nas paredes, e à excepção do corredor, os quadros do quarto e da entrada não tinham nada a ver com o tipo de decoração. Adorei a  enorme casa de banho, o melhor da suite, e as duas varandas, uma que dava para a piscina e a outra para a cidade, ambas com vistas fantásticas ( vídeo do hotel aqui).

IMG_20200826_174932.jpg

IMG_20200826_174721.jpg

"A cama dá para três pessoas",  disse a minha amiga. Era confortável e à nossa espera tinhamos dois bombons ( que só vi à noite quando abri a cama).

Tinhamos roupões e chinelos para usar na piscina do SPA.

Levamos as nossas toalhas para usar na piscina exterior, não foram precisas porque também tivemos direito a dois cartões com a oferta das toalhas do hotel, no balcão do SPA. 

Fomos para a piscina exterior. Ainda havia a do SPA.

Estava cheia a agenda para marcação de massagens no SPA, não tive hipótese,nem para o dia seguinte,apenas aproveitei a piscina, estava à espera de jactos, que não tinha, a não ser para os pés.

IMG_20200826_184116.jpg

Do lado de lá da piscina, tirei a fotografia do nossa suite (andar de cima varanda da direita).

IMG_20200826_190018 (1).jpg

Decidimos não jantar no centro da cidade, ficariamos pelo restaurante do hotel, o preço,sem bebidas, era acessível.

No restaurante, reservamos um mesa no exterior, perto da piscina, o ar condicionado lá dentro era demasio  frio e nenhuma de nós aguenta.

Para entrada comi uma deliciosa sopa de espinafres, a minha  amiga comeu  bacallhau. O prato que escolhemos bife, barrosã, grelhado, acompanhada de arroz de feijão vermelho. A sobremesa era variada, quisemos as iguarias da região ( muito doce) e que a minha amiga adora.

IMG_20200826_223902.jpg

Depois de jantar fomos conhecer o hotel e o casino ( não entramos,não nos interessava).

Os vários bares, gostei dos bares, àquela hora sem clientes.

Depois da nossa bebida no bar do casino,regressamos ao quarto.

Desfrutamos daa varandas, a temperatura estava excelente, eu só queria captar em fotografia  aquela paisagem noturna com a lua a iluminar a cidade ( a máquina fotográfica não fez melhor que isto):

1599153669800.jpg

Quando me deitei, decidi acordar cedo e aproveitar aquela paisagem para fotografar o nascer do dia e do Sol.

 

um espectáculo lindo!

Maria Araújo, 12.07.20

Ofir.jpg

Saímos de Braga no final da tarde,  o jantar era em Esposende, queríamos ver o pôr-do-sol.

Jantávamos na esplanada, a brisa era fresca, o céu estava a ficar com nuvens, pensei que não iríamos ter o sol para fotografar

E de repente, saíamos do restaurante, levanta-se um vento forte, as ondas do mar agitaram-se, uma nuvem negra, estreita e comprida ameaçou aquele pedaço de céu. Os toldos agitaram-se , os guarda-sóis tombaram, as pessoas levantaram-se das mesas. Este cenário durou quatro,cinco minutos. Eu dizia que parecia um tornado ( que seria).

Conta paga, fomos para o carro, metemos por Ofir, estava mais calmo. O céu tinha váriras cores,lindíssimas,.

Atravessávamos aponte,  o horizonte em tons de amarelo, eu conduzia, pedi às minhas amigas que tirassem forografias.

Decidi virar para Ofir, queria fotografar o espectáculo que se nos apresentava.

Telemóveis na mão, acima as minhas fotografias, em baixo as das minhas amigas.

da câmara da N ( uma boa câmera, uma boa fotografia)

Ofir N.jpg

da câmara da M

Ofir M.jpg

 

 

 

 
 
 
 

pensamos no tempo, na cidade

Maria Araújo, 15.07.18

e nem sempre é o tempo que faz na praia.

IMG_20180714_172341.jpg

Fizesse sol, nevoeiro, chuva ou vento,  combinara passar o dia na casa de praia com a minha sobrinha e filhotes.

IMG_20180714_200807.jpg

Na cidade o tempo estava um pouco encoberto e com algum vento, convidei a minha irmã para vir comigo.

Auto-estrada fora,  a sobrinha tinha ido almoçar com uns amigos, tinhamos a chave da casa, fomos para a piscina.

IMG_20180714_173022.jpg

O tempo convidava à praia, a piscina é para os dias de vento,  no momento que saímos de casa, chegam eles.

Os bejinhos, os abraços, eles ficavam por casa, fomos nós à praia.

A temperatura  estava óptima, não havia vento, fomos para a restinga de Ofir.

IMG_20180714_173832.jpg

A água do mar estava agradável, maré alta, tivemos cuidado com o banho.

Desafiei a minha irmã fazermos o regresso pelo margem do rio, que ela não conhecia.

IMG_20180714_182016.jpg

Ficou encantada, nunca vira Esposende do outro lado da margem, parecia uma criança a brincar no rio.

IMG_20180714_182502.jpg

Dirigimo-nos ao passadiço, fizemos o percurso até casa por este.

O fim de tarde continuava sereno, sem vento.

IMG_20180714_204551.jpg

Ficamos para jantar.

IMG_20180714_220235.jpg

As crianças foram dormir, a conversa estava agradável, mas era hora de regressar a casa.Já não sou das que adora conduzir à noite na auto-estrada, vinte minutos nas calmas, à meia-noite estavamos em Braga.

E a noite continuava serena e linda.

Pensar que o tempo que faz na cidade é o mesmo que faz na praia, é errado. 

E as praias do norte enganam-nos, também.

Fossem todos os dias de praia como o de hoje.

Foi um dia maravilhoso.

 

um jantar de amigas

Maria Araújo, 08.12.17

Há anos que o grupo das amigas da discoteca e das noitadas não se juntava para um jantar de Natal.

E quem teve a ideia?

Eu, claro.

A vida é curta, vejo os anos passarem com rapidez.

Tanta mulher! Uma viúva, outras casadas, solteiras, divorciadas, os filhos crescidos, alguns formados, outros ainda a estudar, já não precisam dos pais perto de si.

Precisamos de rir, de conversar, de recordar os belos tempos, e como muito bem a L escreveu no e-mail que me enviou ontem, e que transcrevo:

" Olá, amigas dos "tempos com tempo" no Penico, Ragu, Bracara, 84, Mordillo, Indústria, Luziamar and so on...
A Bé reservou o jantar, no Caldo Entornado, para as 20h30 de amanhã, sexta-feira.
Por acaso, só por acaso, a nossa amiga Bé estava a contar aparecer, no jantar, só no sábado;))

Beijinhos.
 
Três já tinham jantar combinado, mesmo assim, consegui juntar onze.
Vai saber tão bem este jantar!
 
 Imagem relacionada