Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



e como foi o teu primeiro dia de Janeiro

por Maria Araújo, em 01.01.19

e do ano 2019, Maria?

Pois é. Ontem, prometera que iria molhar os pés na água do mar, como sempre o faço desde que o tempo esteja a favor, neste primeiro dia do ano, como fiz em 2017, já que em 2018 choveu e andei por  aqui.

Saí de casa em direcção à A11, paguei mais 5 cêntimos de portagem, parei em Apúlia para levantar dinheiro ( antes de sair de casa contei todas as moedas, tinha 1,80€ em moedas pequenas ), fui registar o euromilhões nesta localidade, entreguei 10€ , teria de receber troco 7,50 €.  Estava perto da porta reparei que só tinha moedas na mão, deixara a nota de 5€   esquecida em cima do balcão.

Na altura do registo, estava a meu lado um homem que também ia pagar o seu jogo, achei estranho nenhum deles me chamar para me avisar da nota esquecida.

Voltei para trás e diz o homem detrás do balcão e com a nota na mão: " é sua?".

"Sim. Obrigada", respondi, pegando nela,  e saí.

Pensei para o meu decote " O gajo ia ficar com a nota se eu não voltasse atrás. Não foi honesto".

Comentais vós: " Como assim, não foi honesto?!, e perguntais: "E por que não a daria?"

Porque quando entrei no carro e guardo o troco das moedas, reparei que me dera apenas 1,50€ quando deveria ter dado 2,50€.

Fui confirmar o valor de moedas que contara antes de sair de casa, confirmei que as únicas moedas de 1 euro e de 0,50€  fora ele que as dera.

Ainda pensei  voltar atrás, de novo, mas o homem poderia dizer que  dera o troco certo, e era a minha palavra contra a dele, já que eu não verifiquei o troco na hora que ele o deu.

Fiquei chateada pela falta de hosnetidade do homem. Não se faz. 

Esqueci o assunto ( tenho de estar mais atenta ao troco das compras que faço, já aconteceu não conferir e mais tarde perceber que não estava certo), lá fui eu estacionar o carro, pronta para  passear pela beira-mar, quando me lembro de tirar o telemóvel da carteira para o fotografar o mar, que estava lindo... e qual não é o meu espanto que não o encontro. Trouxera um livro para ler na praia, o telemóvel não aparecia, tirei tudo da carteira e nada.
Votei ao carro, não fosse estar caído, mas não me lembrava de o ter metido na carteira, em casa. 

"Que decepção", comentei para mim mesma, " não vou fotografar os meus pezinhos na água do mar".  Que cabeça a minha", murmurava.

Alguns pares dormiam agarradinhos (provavelmente sairam de dia do Pacha) nas dunas, as pessoas que iam na direcção do mar olhavam-os, pensariam o mesmo que eu.

Casais com filhos andavam pelas rochas, outros casais passeavam os seus cãezitos, dei um pequeno passeio pela beira-mar até que aproximei-me de um rochedo, sentei-me, tirei as sapatilhas e as meias, deixei a carteira junto ao rochedo e fui molhar os pés.

Garanto que a água não estava demasiado fria. Soube-me bem senti-la nos pés. Era a única pessoa que estava descalça com os pés na água.

A poucos metros de mim, um jovem casal observava-me, tirava  fotografias ao mar e a si próprios. 

Não tendo a minha máquina fotográfica e o telemóvel, deixo a fotografia do primeiro dia de 2017, porque descobri que as calças que vestia na altura, eram as mesmas que usei hoje.

20154694_94z0G.jpeg

Sentei-me no rochedo onde estavam as minhas coisas, deixei-me ficar com os meus pensamento e que o meu olhar se perdesse no sereno azul e branco do mar.

Hora do almoço, pensei almoçar num dos bares de Ofir, mas decidi vir  para casa.

O regresso é sempre feito pela N 103, cheguei a casa, fui de imediato procurar o telemóvel, lá estava ele em cima da mesa da sala, e com várias chamadas da minha irmã, que estava preocupada. E liguei a dizer o que acontecera.

Depois do almoço, lembrei-me de ir visitar a Alice, mas ela não estava na Casa de Saúde, tinha ido passar o ano com a família. Há um ano que não vejo esta amiga, não imagino como estará a sua saúde mental.

Passei em casa do avô dos meus sobrinhos netos cariocas, saímos para dar um passeio pelo centro da cidade, que estava cheio de gente. A Brasileira estava fechada, assim como todos os cafés do centro, mas descobrimos que a Casa dos Pasteis de Chaves estava aberta, queríamos tomar um chá. 

Esta casa fez um bom negócio neste dia 1 de Janeiro. Não costuma ter clientes que encham a casa, mas hoje ganhou o dia.

E comenta a minha sobrinha, mãe dos meus sobrinhos netos carioquinhas: " se tivesse um negócio destes garanto que abria neste dia. Já repararam como está cheio?"

E o McDonald's estava à pinha, também.

Passei na única padaria do centro, também cheia de clientes, estavam a sair baguetes de pão quentinhas, comprei, e pelo caminho de casa consolei-me a comer os pedaços de pão que ia cortando com os meus dedos.

1º dia de Janeiro de 2019 muito tranquilo, como eu gosto. Que seja um  bom augúrio.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o mês de Janeiro frio

por Maria Araújo, em 26.01.17

 

IMG_20170124_173942.jpg

( pôr-do-sol, terça-feira)

 

o sol que aquecia o corpo, o pôr-do-sol maravilhoso que podia ver da casa das minhas sobrinhas, estava bom demais para as festas de aniversário que vou ter a partir de amanhã, apesar do frio.

Os meus almoços eram ao sol. Não vou ter esse bocadinho de prazer. 

Com a esperança que na próxima semana melhorasse, a meteorologia desencantou-me.

A chuva veio para ficar, o frio continua.

Estou gelada, mais gelada que nos dias frios que passaram.

Sem Título.png

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

"sometimes everyhing is wrong"

por Maria Araújo, em 16.01.17

 Adoro esta música...

E a respeito de hoje ser o dia mais triste do ano, acordei sobressaltada às 4h, não consegui adormecer.

A Kat devia sentir que eu não estava tranquila, às 6h veio ao meu quarto. A porta não fica completamente fechada. Empurrou-a e deixou-se estar "prostrada" a olhar para mim.

Com o aquecimento ligado, levantei-me várias vezes para fechar a porta, ela fugia de cada vez que me levantava.E voltava.

Não gosto de ter o telemóvel no quarto, uso-o em determinados dias para me despertar.O tempo passa depressa quando temos o telemóvel connosco, fui à internet.

Às 8:30 h levantei-me para ir ao ginásio. Fiz a aula com empenho, mas não estava a 100%.

Andava entusiasmada com a Gala, tinha combinado com algumas colegas. Fizera uma pré-inscrição, hoje cancelei a minha presença.

Os meus sobrinhos netos foram sair com a mãe, eu vim para casa, precisava de descansar.

Mas não consegui.

Liguei o pc. 

Li este artigo que veio ao encontro do excepcionalmente estado triste que me sinto.

Adoro esta música porque , " And everybody hurts sometimes".

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

2017 - o 1º dia, a 1ª foto e...

por Maria Araújo, em 01.01.17

Resolvi ir à praia, de manhã,  como faço sempre que o tempo está a favor.

Sereno, mas fresco, deparei com o sossego das gaivotas, junto o mar. E tirei a primeira fotografia do ano:

IMG_1469.JPG

Andava por lá um filhote a saltitar.

IMG_1478.JPG

Descalcei-me e fui molhar os pés. Soube-me bem sentir a água fresca deste primeiro dia de Janeiro.

IMG_1486.JPG

E aqui estou eu, também, na primeiro fotografia do ano.

IMG_1489.JPG

 As gaivotas festejavam 2017.

IMG_1492.JPG

Limpei o pés, calcei as meias e as sapatilhas, regressei ao carro.

IMG_1494.JPG

Fui na direcção de Ofir. 

A 300m da discoteca Pacha, no sentido Apúlia, cinco carros da GNR estavam estacionados. Outros carros parados, vários jovens teriam mostrado os documentos dos carros e feito o teste do álcool. Mas tudo sereno.

Passo o Pacha, mais à frente vejo mais uma brigada. Estavam mais dois carros e um do ambiente.

Um agente faz-me sinal para parar.

Parei o carro junto ao passeio. Sorri.

Aproximou-se:

- Bom dia. Posso ver os seus documentos?

- Sim, com certeza.

Dá uma olhada rápida, entrega-me tudo e pergunta:

- Como estamos de álcool, dona Maria?

Dei um gargalhada e respondi:

-Eu só vim dar uma volta à praia.

Riu-se e disse-me:

- Boa viagem e Bom Ano.

- Obrigada. Um Bom Ano.

Fui dar uma volta por Ofir.Regressei a casa.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas boas deste sábado

por Maria Araújo, em 16.01.16

passear pela praia, lanchar no café em frente ao mar, ver o campeonato de body board teen, e esperar o primeiro pôr-do-sol de 2016, na praia, são as coisas boas que gosto de fazer.

 

esposende 004.JPG

esposende 010.JPG

esposende 011.JPG

esposende 030.JPG

esposende 041.JPG

esposende 046.JPG

esposende 048.JPG

esposende 054.JPG

esposende 065.JPG

esposende 069.JPG

esposende 082.JPG

esposende 085.JPG

esposende 089.JPG

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

28 de janeiro...

por Maria Araújo, em 28.01.14

o vídeo que gostaria que partilhassem nos vosso blogues, como eu partilho, daqui.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A cor AZUL das fotos

por Maria Araújo, em 23.02.13

 na minha participação no desafio "Tecnhicolor 2013", aqui.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alerta vermelho

por Maria Araújo, em 19.01.13

Vendo as notícias, verifico que se confirmaram as previsões de alerta vermelho em todo o país.

Árvores caídas, inundações, varandas que viraram, carros destruídos, autoestradas bloqueadas, voos desviados...

E eu não dei por nada. Nem sequer as fortes rajadas de vento que a minha amiga, ao telefone, me dizia ser monstruosas.

Apenas a luz que por segundos, ora ia abaixo, ora voltava, e a internet que deixava de dar.

Dormi que nem um passarinho.

Ótimo. Sinal de que descansei.

Lamentavelmente, o tempo não poupou muitos portugueses.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR