Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 16.08.21

uma promessa

Maria Araújo
Do post que escrevi aqui sobre a Igreja do Mosteiro de Santo André de Rendufe, tive a sorte de, no momento que saía do carro, ver chegar uma senhora que estacuinou o seu no recinto da igreja, foi na direcção da porta lateral e abriu-a. Uma segunda senhora, acompanhada da filha, que também acabara de chegar, aproximou-se da porta e perguntou se podia ver o interior. Percebendo que lhe dissera (...)
Seg | 09.08.21

do fim de semana

Maria Araújo
  O que me leva às Termas de Caldelas, é a deliciosa massagem duche vichy com óleos essenciais, que procuro fazer uma ou duas vezes por ano, e não ia desde 2019. Pela primeira vez, tive uma hora de relaxe do corpo e da mente naqueles jactos de água que caem em cascata da calmante  piscina das termas. Depois foram os trinta minutos de massagem duche vichy, enquanto a água cai dos pequenos chuveiros de um lado do corpo, do outro as mãos massajam, por partes, desde as pontas dos (...)
Sex | 11.12.20

quando os títulos das notícias entram no pc

Maria Araújo
Estava a fazer horas para ir buscar o meu sobrinho neto ao colégio, depois de comprar um pinheiro para decoração do móvel da televisão, pinheiro este que vai ser plantado num vaso grande e mais tarde num lugar onde possa crescer livremente, passava em frente à igreja da minha freguesia, lembrei-me de entrar e ver se tinha presépio ( gosto muito de ver os presépios das igrejas). Estava a sair um funeral. Quando entrei, estavam uma jovem mulher e um homem que arrumavam as colunas e (...)
Seg | 21.09.20

depois de Chaves,Amarante

Maria Araújo
Ainda sobre as mini férias em Chaves, e porque decidimos passar por Amarante, saímos de Vila Real... pouco faltava para metermos pelo Alto Douro Vinhateiro, mas não havíamos planeado  ficar mais de dois dias fora de casa,ficará para uma próxima  saída, de preferência sem COVID. Chegamos a Amarante,carro estacionado, surge-nos a Igreja de São Gonçalo. Nãofaltavam turistas, portugueses e (...)
Sab | 29.08.20

passeio por Chaves # 1

Maria Araújo
Há algum tempo que pensara visitar Chaves. Tenho lido alguns roteiros sobre esta cidade que não visitava há quase 30 anos, e dar um passeio pelos jardins do Vidago Palace Hotel, em Vidago. Não podia ir mais de três dias, não queria deixar a gata muito tempo sozinha, tenho a família fora, ninguém para cuidar dela, então desafiei a minha amiga N,que  manifestara interesse em ir comigo para onde quer que fosse, assim como ela precisava muito de sair e distrair-se, tratei de fazer a (...)
Sab | 07.03.20

já ninguém reza...

Maria Araújo
Ontem, depois da fisioterapia passei junto à Sé entrei num quiosque comprei uma raspadinha de 1 euro ( quiçá um premiozinho pequeno, mas o normal é sair o dinheiro da carteira) a senhora, nos seus setenta e muitos anos, detrás do balcão,falava não sei para quem, e porque ouvia as notícias na rádio que seria sobre o Coronavírus em Portugal ( não conheço nenhum quiosque por cá que tenha um aparelho de rádio sintonizado numa qualquer estação), pedi uma raspadinha e (...)
Dom | 28.04.19

do fim de semana # 1

Maria Araújo
Sábado, pela primeira vez,  fomos à actividade "Sessões Pais & Bebé" nesta biblioteca, assistir ao conto " A Carochinha e o João Ratão",  para crianças dos 12 aos 36 meses de idade. Além da história,  pretendia-se que as crianças tomassem  contacto  sensorial com os objectos que faziam parte da história. A história demorou o tempo suficiente para as crianças a ouvirem, a maioria portou-se muito bem (...)
Sab | 02.06.18

trovoada, um espectáculo!

Maria Araújo
Na minha adolescência, de férias  com a família, na praia, no mês de Agosto, vi pela primeira vez, em várias frentes,  um espectáculo de relâmpagos que caíam no mar. O meu irmão mais velho tinha pavor ao vento forte, mas gostava da beleza da trovoada, fomos  para o grande quintal da casa da praia ver este belo espectáculo que ia aumentando de instensidade ao mesmo tempo que as nuvens ficavam mais carregadas e a escuridão aumentava também, até que me apercebo que estava (...)