Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caminhar no outono com sabor a verão

por Maria Araújo, em 26.10.14

À excepção de sexta-feira, que fui ao Porto, a semana foi  muito bem aproveitada para caminhar todas as manhãs, cerca de 6/7 km.

Como ainda não posso ir ao ginásio, comecei a fisioterapia à mão há quatro dias, tenho tido algumas dores no pulso, o médico acha muito cedo, ainda, para regressar ao ginásio.

Quase dois meses sem actividade física é muito e sinto que o meu corpo pede exercício.

Então hoje, fui caminhando, caminhando, a temperatura era a ideal para caminhar, dei por mim na direcção do Bom Jesus.

Muitos casais, famílias, mulheres, homens subiam e/ou desciam a rodovia.

Cheguei aos escadórios e pensei em voltar para trás. Desisti. E subi com ideia de descer de elevador.

A fachada da igreja está de rosto lavado, entrei no santuário, como sempre faço.

Desci no elevador.Um autocarro estava a chegar ao parque junto à entrada dos escadórios mas fiz o regresso a casa, a pé.

Antes, fui tomar um óptimo café Buondi num quiosque que fica junto ao célebre restaurante "Pórtico" (que bem se come por lá).

A meio da descida, antes de atravessar para o outro lado da via, com mais sombra, um restaurante chamou-me a atenção para um pequeno placard com a ementa, fechado por uma portita em vidro, que de tanto se refastelar ao prazer do sol, mal se distiguiam os muitos e variados pratos e os preços. Mas vi um que me fez uma fome e uma saudade imensa de comer: "pica-no-chão", 42,50 euros.  

E se tivesse levado um bom dinheiro, entrava e trazia uma dose de qualquer um dos pratos que não consegui ler. É que o restaurante serve almoços para fora, tem um aspecto tão caseiro e com uma gastronomia à  moda do Minho que me leva, por um dia,  a mandar os cuidados que tenho com a alimentação à merda.

E prometi a mim mesma que hei-de lá ir uma noite destas.  

Adiante, que já sinto o pica-no-chão nas papilas gustativas. Não sei quantos quilómetros são de minha casa ao escadórios, mas presumo que serão  6 km, teria caminhado cerca de 12 km.

Com sabor a Minho, a continuar este outono com temperaturas de verão, tenho caminhada para toda a semana.

 

bom jesus 002.JPG

bom jesus 003.JPG

 (um grupo de cavaleiros subia o Bom Jesus)

bom jesus 009.JPG

 ( a casa mais bonita )

bom jesus 019.JPG

 (na subida)

bom jesus 023.JPG

bom jesus 028.JPG

bom jesus 029.JPG

bom jesus 032.JPG

bom jesus 033.JPG

bom jesus 038.JPG

bom jesus 042.JPG

bom jesus 046.JPG

bom jesus 053.JPG

(o elevador) 

 

 

restaurante-adega-regional-de-tenoes-1.jpg

(o restaurante, imagem da internet) 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Humor 2014

por Maria Araújo, em 02.01.14

A nova gastronomi​a

 

 

- Hoje fui a um restaurante gourmet!
- Ah sim, e então?
- O meu almoço foi camarão envolvido em molho béchamel, com pequenos apontamentos de salsa frisada em cama de massa fina, banhada em pão ralado crocante e confitada em óleo vegetal.
- O quê? Mas afinal que
porra é que tu comeste, pá?

- Olha, comi um rissol...

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais vale tarde que nunca...

por Maria Araújo, em 03.11.08

 

Dedicada ao meu amigo carapaucarapau, na minha lista de links, que, no seu blog, faz a apologia da espécie, e da língua e culturas portuguesa

 

Apesar de já ter acontecido, lembrei-me de ti, carapau.E tu aí tão perto...

 

Entre os dias 6 e 12 de Outubro, terá lugar a Semana Gastronómica da Cavala e do Carapau em Odemira, um evento dedicado às espécies captadas em grande número ao largo da costa alentejana.
 

 

Semana Gastronómica da Cavala e do Carapau

 

 

Os saborosos pratos confeccionados, como não poderia deixar de ser, com cavala e carapau, serão confeccionados em 20 restaurantes das freguesias do litoral do concelho. Esta iniciativa pretende incentivar o uso de ambos os peixes na gastronomia, contribuindo assim para o enriquecimento da económica local.

A organização da Semana Gastronómica da Cavala e do Carapau pertence ao Município de Odemira e à Associação de Armadores da Pesca Artesanal e do Cerco do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e tem o apoio das Juntas de Freguesia de Longueira/Almograve, S. Teotónio, Vila Nova de Milfontes e Zambujeira do Mar e Docapesca – Delegação de Sines.
 
 
 
 
A co-autora

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR