Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

sobre a minha cidade

Uns dias antes do evento Braga Romana, decoravam-se as ruas a preceito, limpava-se a fonte da Praça da República.

Enquanto ela funciona, não se vê o verdete que se forma nos tubos.

22281577_r3ilW.jpeg

Ontem passei nessa mesma fonte e reparei que precisava de nova limpeza.

Na Avenida da Liberdade, vê-se a azáfama dos funcionários da Câmara que marcavam na terra dos canteiros os pontos onde seriam plantadas novas flores, de verão, para substituírem as  de inverno.

IMG_20220602_113652.jpg

Estivemos dois anos sem festividades, achei estranho fazerem já esta mudança. Estamos no mês de São João, é costume fazerem-no depois,  já que a população é muita, calcam os jardins, é despesa desnecessária, nesta altura.

Hoje, fui ao Mercado Municipal, lá estavam os jardineiros a trabalhar  no que começaram ontem.

IMG_20220602_110953.jpg

Quando passei junto à fonte, estavam os homens a limpá-la.

IMG_20220602_113430.jpg

Uns minutos depois,  lembrei-me por que estão a fazer a jardinagem : vamos ter as Comemorações do Dia de Portugal,  tudo vai acontecer no Centro Histórico, na Praça da República e na Avenida da Liberdade ( a pouco mais de 200metros da minha casa), razão pela qual estão a embelezar os jardins.

IMG_20220602_113453.jpg

IMG_20220602_113551.jpg

IMG_20220602_113528.jpg.

"Em comunicado, o município de Braga refere que o “ponto alto” das comemorações será a Cerimónia Militar do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que irá decorrer na Avenida da Liberdade, a 10 de junho, pelas 11:00, contando com a presença de um efetivo total de 2.054 militares.".

 

 

 

Quaresma # 1

Vivemos a Quaresma que, em 2019 , o coronavírus veio cancelar as celebrações da Semana Santa e o Compasso Pascal. 

Este ano, são retomadas as celebrações, que começou hoje na Sé de Braga com o Sagrado Lausperene Quaresmal.  Os altares das igrejas estão cobertos por um tecido roxo, e não há flores a ornamentá-los. Neste período  de tempo, e a cada dois dias, há uma igreja que tem o altar do Santíssimo Sacramento exposto, ricamente ornamentado com flores e luz, e em que os fiéis vão louvar o Senhor.

Existe um calendário com a data em que as igrejas têm o altar exposto. Esta viagem do Senhor termina na quarta-feira da Semana Santa.

Ora, hoje, quarta-feira de cinzas, o Sagrado Lausperene começou na Sé de Braga.

Raramente vou neste primeiro dia à Sé, por falta de oportumidade, ou porque me esqueço..

Mas hoje, à hora do almoço, tive de tratar de um assunto, e passei lá.

Vi a senhora que vende rebuçados de açúcar ( noutros tempos eram muitas as senhoras que, com as suas mesas desmontáveis, vendiam os rebuçados embrulhados em papel de várias cores, cortado em franja nas pontas, e, à saída da igreja, eram muitas as pessoas que compravam, penso que seria com o intuito de ajudar as senhoras, a maioria idosas, que por gulodice), na entrada, e lembrei-me que hoje era o primeiro dia da Quaresma. E entrei.

Muitas vezes entro numa igreja para me refugiar um pouco e reflectir, ou rezar, seja por mim, seja pela família,seja pelo mundo.

Depois de rezar, não resisti a tirar uma fotografia ao altar do Santíssimo Sacramento, que estava lindíssimo.

Mas estava muito atrás, achei que não devia aproximar-me do altar só para a fotografia, pelo que ficou pouco nítida.

Perguntei ao senhor que estava perto da entrada qual era a igreja que na próxima sexta-feira, ao meio-dia,  vai abrir o altar. E deu-me o Lausperene Quaresmal, para que eu possa  seguir o percurso do Senhor.

Gosto da celebração da Quaresma, dá-me uma sensação de paz comigo própria.

Não sei se vai ser possível  visitar as igrejas todas.

Farei o que puder. E se tiver a possibilidade de trazer para este cantinho fotos dos altares que visitar, publicá-las-ei com muito gosto.

IMG_20220302_131655.jpg

Altar do Santíssimo Sacramento, Sé de Braga

 

as tulipas

Sem Título.jpg

Segunda-feira, fui ao Lidl fazer umas compras.

À entrada, estavam tulipas. Não lhes dei atenção,mas  reparei que uma senhora levava dois ramos.

Olhei o preço e estavam com 50% de desconto.

Peguei num dos dois que sobravam e trouxe.

Em casa, tirei as folhas que já estavam amareladas.

À noite, peguei na factura para guardar na caixa que tenho de e-factura e olhei o valor das compras.

E foi então que vi que paguei o ramo pelo preço da promoção 2,99.

Fiquei zangada comigo.

Nunca confiro as facturas. Foi 1,49 que paguei a mais.

E não voltei lá para reclamar.

Não tive oportunidade.

Fico chateada porque já aconteceu várias vezes os artigos estarem em promoção, e na caixa não está registado

 

1619617915839.jpg

 

depois, fui ver o pôr-do-sol

final de tarde estava a correr bem, segui para o Sameiro.

Faltavam cerca de quinze minutos para o sol se pôr, fui visitar a pequena capela , aberta aos fiéis, segui para os escadórios.

Aqui e ali, alguns casais de namorados conversavam descontraídos, mulheres sozinhas, ciclistas que descansavam por  alguns minutos depois de terem feito a subida íngreme de uma das duas estradas: a da Falperra ou do Bom Jesus, todos sentados e distantes a respirarem o ar fresco, saudável e relaxante.

Uma calma  muito agradável, num lugar de reflexão, em que a mente vai para além de tudo o que estamos viver.

A Lua, do lado oposto, fazia-nos companhia a este pôr-do-sol que nos quis mostrar no inverno também nos dá a cor laranja do fogo.

E se para mim o mar, que muito gosto, relaxa, a montanha é uma boa companheira, também.

IMG_20210222_174840.jpg

IMG_20210222_180317.jpg

IMG_20210222_180246.jpg

IMG_20210222_180236.jpg

IMG_20210222_180136.jpg

IMG_20210222_180123.jpg

IMG_20210222_180103.jpg

IMG_20210222_213424.jpg

IMG_20210222_213439.jpg

Tinha várias chamadas não atendidas, estafva ao telemóvel com uma amiga,quando a  campainha tocou perguntaram se era a Maria Araújo, tinha uma encomenda para entregar.

um jovem entregou-me um grande saco de papel,com o cartão da casa, trazia um lindo ramos de flores e folhas desidratadas.

IMG_20210225_145906.jpg

 

ramo.jpg

A sobrinha e afilhada, que está do outro lado do Atlântico, mandara entregar a casa este lindo presente. Tentara ligar-me, não conseguiu, nem eu, conversamos pelo whatsapp.

Fiquei tão feliz com este inesperado presente.

E ela feliz ficou por me ver feliz.

Ontem, passei na loja, tem flores lindíssimas de fazer perder a cabeça e a carteira.