Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

sobre a crença popular

Não  me esqueci que ontem foi o dia de Nossa Senhora das Candeias, mas só hoje vi o blog e reparei que o número maior de visitas está precisamente no que escrevi há um ano sobre este dia.

IMG_20240203_142359.jpg

Entretanto, fui ler sobre o assunto, embora não sejam certezas, vem a chuva, mas parece que o frio de inverno não  volta.

Volta o sol para o carnaval, de seguida a chuva, completando as seis semanas de "inverno" , que está de primavera, para que este ditado antigo dê certo.

Ora, como as alterações climáticas estão alteradas, e por nossa culpa,  penso que o ditado popular já teve o seu tempo.

A ver vamos.

Bom fim-de-semana.

 

sobre as estatísticas

 

Há meses que vejo as estatísticas deste cantinho baixas, e,  que me lembre, exceptuando os primeiros anos do blog, andariam acima de 50.

Mas a verdade é que há alturas que não posso escrever, e apesar de estar reformada há alguns anos, tenho vida para além do blog.

Também  é certo que não sou de escrever, por aqui, sou mais de ler e comentar, e não  é todos os dias.

Já foi.

Quando trabalhava, aproveitava a hora do almoço para dar uma leitura geral, e em particular, no blog do meu falecido amigo Rui.

Aliás, era o grupo de amigos do blog dele que me lia.

Isto tudo para dizer  que ontem vi que estive em destaque, e agradeço-o à equipa do Sapo, mas nem sequer liguei o PC, estive em Lisboa,  andei pelo  Porto, e  daqui a pouco estou de saída para a Póvoa de Varzim, e o pouco que escrevi,e e escrevo é pelo telemóvel.

O  que a foto de um bolo de aniversário veio fazer?

Fez subir as estatísticas ( até parece que estou em guerra de  audiências ).

Escrito isto, obrigada a todos os que visitaram este cantinho. 

IMG_20221018_093338.jpg

 

primeiro de Agosto

Domiungo, dei um salto  à praia, queria dar um abraço de despedida aos meus meninos, e aos pais, que estão de regresso a casa, lá  no outro lado do Atlântico.

Se aqui o tempo estava fraco, mal saí da auto-estrada, a chuva caía com mais intensidade.

Aparecei de surpresa,uma vez que a sobrinha estava a arrumar as roupas de cama, e mesmo tendo contracto com uma empresa de limpeza, preocupa-se em deixar tudo minimamente apresentável.

E estive a ajudá-la.

Tinham avião a meio da tarde, estava mesmo a ver que iam chegar tarde ao aeroporto.

Eu fiquei a acabar umas arrumações na cozinha, saí uns minutos depois,o trânsito era intenso na estrada ( nãofiz o regresso pela auto-estrada), à espera de receber uma mensagem que, felizmente, chegou quando eu já estava em casa.

Por cá também chovia. Desagradável e cinzento, não me saía da cabeça o ditado " primeiro dia de Agosto, primeiro dia de inverno". 

A noite, que teve algumas cargas de água intensas, estive a ver uma séria na HBO ( tenho grátis durante três meses) e como habitualmente adormeço no sofá, contrariamente ao esperado, vi com interesse to 3º ao 7º capítulos.

Chegava de televisão, fui dormir ( mais uma vez o sono não quis nada comigo). Dei voltas na cama, levantei-me várias vezes. Às 4h30, peguei num livro, para tentar que o sono viesse, amanhecia quando  adormeci, para acordar às 8h00. 

Depois de deixar o menino no colégio, entrei no blog,  vi as estatísticas, e fiquei surpresa.

Tinha 401 visitas.

Achei estranho porque este cantinho raramente chega a este número, só é conseguido, e até ultrapassado,quando está em destaque na página principal do Sapo.

Não tinha nenhum link da página de destaques, pensei que fosse erro. Não costumo dar demasiada importância ao número, porque de facto a média deverá andar pelo 100, fui ver o que se passava.

236 é o número de visitas para o post que escrevi em 2017 "primeiro dia de Agosto, primeiro de inverno", e 97  para o post " ditados populares do mês de Agosto" 

Com um dia para ficar em casa, o tempo húmido e cinzento convidava à preguiça no sofá e a tomar um chá, as pessoas andariam pela net a pesquisar " primeiro dia de Agosto"  e o google encaminhava para o meu cantinho, daí um número tão grande de visitas.

Reli os comentários deste post e gostei da explicação que a Elvira deu sobre este ditado popular:

 

 

blog.jpg

Entramos em Agosto,  os dias começam a ficar mais pequenos, é o mês das férias, das nortadas, das marés vivas. Por este caminhar, teremos temperaturas de outono em pleno verão que, verdade seja dita, aqui no norte não é nada agradável.

Fui ver as previsões para o mês parece-me que a segunda quinzena ( que vou de férias), será mais quente.

Não sou fã de temperaturas altas, mas está a fazer falta um calorzinho para as praias.

 

os meus visitantes

nas estatísticas do Sapo têm uma média de 100 visitantes ( que insignificância!) desce para os cerca de 70 ao fim de semana.

reparando nos dados estatísticos em tempo real, ali na barra lateral, que nos últimos dias têm andado muito por baixo, depois de um dia fora de casa, reparei, agora ( 21h30) que o número de visitantes de hoje é significativo.

Caramba! Nunca tivera tantos visitantes!

2019-08-01 (2).png

De repente, e porque é habitual ver os destaques na página de notícias do Sapo, fez-se luz nesta cabeça, lá estava a explicaçao de tão elevado número...

Obrigada, Sapo.

2019-08-01 (4).png