Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fico aborrecida

por Maria Araújo, em 29.12.14

erro.png

 

quando estou a acabar de escrever um post e de repente ocorre um erro e desaparece tudo o que escrevi!

Não sei se é o computador ou se é problema do servidor, mas acontece várias vezes.

A mania que tenho escrever diretamente na janela de posts em vez de escrever no word e passar para aqui.

Acabou de acontecer e fiquei aborrrecida.

Agora não me apetece repetir.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Cavaco

por Maria Araújo, em 24.01.12

está a dar que falar por todo o país, como todos já sabemos e temos lido e ouvido.

Ontem, no jornal da noite de SIC, vi os números que "arrecada" mensalmente, além dos bens que possui.

Não gostei do que lhe saiu da boca, mas também não concordo com isto.

Quanto à petição a pedir a sua demissão , sou contra.

Erros todos cometemos.

Nada mais.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Erros do (sobre) o casamento

por Maria Araújo, em 24.02.09
Recebi um e-mail sobre os caminhos do divórcio, que resolvi postar aqui neste cantinho, e fazer alguns comentários daquilo que eu penso sobre este assunto.
os caminhos do divórcio
 O divórcio é fruto das falhas do casamento. De quem é a culpa? Normalmente, dos dois. Existem, no entanto, alguns erros a evitar quando se quer viver em pleno um relacionamento. São erros comuns e ideias erradas daquilo que é um casamento, que podem despoletar uma crise e até conduzir à ruptura.
Aqui fica um pequeno "guia anti-divórcio" que deverá ser tomado como testado e comprovado, se não tornar o casamento para toda a vida, pelo menos torna mais longo:
 

erro Nº 1) achar que uma relação oficializada é uma relação mais segura e que um casamento é para sempre.
-(geralmente as mulheres pensam que sim, que mesmo depois de viverem juntos por alguns anos, o facto de ficar registado no papel,  as obrigações são outras, o que vai mudar significativamente a relação a dois).
erro Nº 2) ser-se emocionalmente imaturo/a tentando alimentar o sonho romântico de que o outro nos irá proporcionar a estabilidade e paz que ainda não conseguimos alcançar dentro de nós mesmos.
-( pelo menos nós, mulheres criámos essa fantasia/ilusão. Se não for possível alcançar a estabilidade dentro de nós póprios, ou ficamos subjugadas e anulamo-nos, ou saímos da relação, magoadas).
 erro Nº 3) as pessoas dedicarem-se quase exclusivamente à "vida de casados" e abandonarem actividades do seu interesse e, muitas vezes, os próprios amigos e família.
-(verdade, mas se um dia "acorda" consegue encontrar novos caminhos. Mas pode cair em exageros).

erro Nº4) o oposto do item anterior: a pessoa dedicar-se quase exclusivamente a outras actividades (por exemplo o trabalho) negligenciando o outro membro do casal.
-( O membro do casal e os filhos. O trabalho compensa como realização pessoal, mas não traz a felicidade nem a independência que pensamos. A família, os filhos são a compensação).

erro Nº 5) o casal decidir ter um filho para tentar "salvar" a relação.
-(Nunca, jamais! É a destruição da relação. O homem vai procurar fora de casa o equilíbrio físico e emocional, e/ou como acontece no erro nº 2, anula-se).

erro Nº 6) uma convivência demasiado próxima com os pais de um ou de outro, permitindo que eles interfiram em assuntos que apenas dizem respeito aos dois.
-(Claro que sim. Cada casal deve ter o seu tempo, espaço, privacidade. Os pais, mesmo que sejam os melhores do mundo, acabam por estragar a convivência. Pais por perto, sim, mas a seu tempo).

erro Nº 7) achar que se consegue mudar o comportamento e defeitos do outro com o casamento.
-(Não. Mas há mulheres/homens que conseguem: um deles anula-se. Os defeitos vão-se conhecendo na convivência, antes do casamento. Aprende-se a gerir os comportamentos de cada um, pelo diálogo aberto).
 
Para finalizar, penso que a maioria das mulheres/homens,  com o passar dos anos, e por que pensam que se conhecem muito bem, carecem os momentos de diálogo sobre a sua sexualidade.
Ambos desempenham uma função puramente tradicional. Nenhum deles se atreve a ser arrojado. E tudo acaba na rotina. Quando ela quer... Quando ele quer(?).
O acto em si tem pouca envolvência, e  o prazer, o desejo, o desempenho, ficam guardados no intímo de cada um deles.
Isto é o que se lê, se desabafa, se escuta...
Todos devem procurar caminhar na mesma direcção.
 
casal de gaivotas ... por sergio boeira
 
 
 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR