Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

domingo de Ramos

Maria Araújo, 05.04.20

Sem Título.png

seria o dia de passar por uma igreja desta cidade e trazer para casa  o ramo de oliveira e, se  o tempo ajudasse, ver a procissão  dos Passos

 

fotos de 2015

18185418_ezAfD.jpeg

18185422_OmpyY.jpeg

18185433_iQ2gM.jpeg

o mundo está  em confinamento, nunca a expressão" um dia de cada vez" disse  tanto,pelo menos para mim.

Bons dias virão.Tenhamos esperança, força e muita vontade de ficar em casa.
Vai valer a pena este sacríficio.

 

 

 

a trovoada de domingo

Maria Araújo, 27.08.19

Que me lembre, a trovoada mais fantástica que vi(vi), era eu adolescente, foi  também em Agosto, na praia de Apúlia.

Na casa  que os meus pais alugaram, havia um grande quintal,não fomos à praia,  estava o grupo de amigos que todos os anos se juntava nesta praia, nessa tarde, o céu demasiado escuro ameaçava trovoada, mas nunca imagináramos que seria um espectáculo de luz e som que jamais me esqueceria.  Veio em carga e de vários pontos da praia.

Mas quando começou a ser mais intensa, fugi para dentro de casa. 
O meu irmão mais velho tinha fascínio por trovoada e um medo terrível do vento. Ele e outros amigos ficaram no quintal a ver.

Desde então, não me recordo de ver um espectáculo de luz tão bonito, e temeroso, até ao domingo passado.

Começaram, ao final da tarde,  as faíscas que se formavam no céu desta cidade. Saí de casa para cuidar dos gatos da minha irmã, seguramente pareceu-me que não ia ser nada de transcendente.

Quando regressei a casa, pouco depois das 20:30, piorou. Acompanhada de uma carga de água, intensificaram-se os relâmpagos.

Tive receio de os fotografar. Acho que perdi uma boa oportunidade de ter umas belas fotografias. Eram lindíssimos.

Hoje, recebendo as notícias do Diário do Minho no meu telemóvel, tive acesso às fototografias, acho que estão fantásticas, e congratulo quem as tirou.

Deixo aqui o link do jornal, onde podem ver todas as fotografias, e os nomes dos seus autores.

69092817_657921784720511_3425535610276806656_n-1-7

Foto de m relâmpago e um arco-íris

FB_IMG_1566777303449-768x766.jpg

FB_IMG_1566779501072-768x576.jpg

68924549_681844132283156_3621923376433463296_n.jpg

 

 

 

hoje, uma música

Maria Araújo, 29.04.18

Tenho procurado ir ao domingo às aulas de Hidroginástica, mais calmas neste dias, as senhoras da semana não estão por lá, não há conversas disto e daquilo que incomodam quem quer fazer a aula e o professor(a).

O final da aula tem sempre uma música de relaxamento, que a professora costuma variar a cada domingo.

Hoje, foi bom recordar um cantor que estava esquecido da minha lista de preferências, fiquei com a música na mente para não me esquecer de a procurar no youtube.

Gostava muito deste cantor ( pena não passar na rádio).

E a música de relaxamento de hoje foi «Cose de La Vita» de Eros Ramazzotti que neste vídeoclip está muito bem acompanhado por uma cantora de excelência...

 

 

passeio de domingo

Maria Araújo, 26.02.18

IMG_4102.JPG

e antes que a chuva regresse, subi o Monte Picoto para fotografar a cidade com  vista panorâmica de  360º.

IMG_4104.JPG

o monte da Falperra e Sameiro com os vestígios dos incêndios do fatídico dia 14 de Outubto de 2017

IMG_4106.JPG

para oeste

IMG_4108.JPG

subindo a rampa até ao cimo do monte

IMG_4111.JPG

IMG_4112.JPG

o símbolo de Braga Capital Europeia do Desporto, que à noite fica assim

IMG_4116.JPG

lado norte

IMG_4119.JPG

descendo o miradouro

IMG_4124.JPG

IMG_4126.JPG

IMG_4115.JPG

o centro da cidade e a Avenida da Liberdade

IMG_4127.JPG

O centro da cidade é pequeno e calmo.

Os arredores, que eram mato e terreno de cultivo privado, estão, desde os anos anteriores à crise, carregados de cimento.

Braga cresceu de mais, mas é bela e tem outros miradouros que já fotografei aqui, aqui e aqui, falta este, cuja fotografia publiquei aqui.