Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

"Os desafios difíceis são para os mais fortes"

Maria Araújo, 04.02.14

 

São palavras de uma mulher que se despe de preconceitos e enfrenta este grande desafio , o mais difícil da sua vida.

Recentemente, esta blogger escreveu um post com o  título " o câncro como acessório" , uma estória de uma jovem mulher que se despe de preconceitos e faz publicidade a uma marca de lingerie e mostra que ter cancro não significa ser feia.

 

Esta iniciativa  começou em Vila Nova de Foz do Coa, passou por Braga e está agora a invadir as ruas da cidade do Porto, conforme acabei de ler neste post deste  recanto.

Espreitem... há mais fotos para ver.

 

 

{#emotions_dlg.meeting}

 

O designer Filipe Inteiro, em parceria com a Associação Cancro com Humor, desenvolveu uma campanha de sensibilização intitulada "Despir o Preconceito".
Este projeto é parte integrante da investigação de mestrado do designer e retrata, através da fotografia, os efeitos colaterais inerentes ao cancro, desmistificando o preconceito associado à doença.

São mulheres sorridentes apesar da doença, bonitas apesar da falta de cabelo, confiantes apesar do preconceito. Têm cancro e deixaram-se fotografar, com frases motivadoras, porque "ter cancro não é ser cancro". O objetivo é destruir as ideias pré-definidas de que as doentes oncológicas são "coitadinhas", que estão "mais frágeis, mais debilitadas".
"Ter cancro não quer dizer que não possamos estar bonitas, não possamos encarar a vida de forma optimista, não possamos ser positivas, que não possamos viver a vida como uma pessoa 'normal'", explicam Áurea e Alexandra, duas das mentoras da campanha denominada "Despir o Preconceito", que está a colorir as ruas do Porto com mupis destas "mulheres exemplo", depois de cidades como Braga ou Coimbra.
 
(em Braga)