Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Ser Poeta

Maria Araújo, 21.03.19

Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior

Do que os homens! Morder como quem beija!

É ser mendigo e dar como quem seja

Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

 

É ter de mil desejos o esplendor

E não saber sequer que se deseja!

É ter cá dentro um astro que flameja,

É ter garras e asas de condor!

 

É ter fome, é ter sede de Infinito!

Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...

É condensar o mundo num só grito!

 

E é amar-te, assim, perdidamente...

É seres alma e sangue e vida em mim

E dizê-lo cantando a toda gente!

para mim, só podia ser este belíssimo poema de Florbela Espanca, e na canção interpretada por Luís Represas, para comemorar este dia 21 de Março, Dia Mundial da Poesia... e da Árvore.

Dia-Mundial-da-Arvore-2019_Prancheta-2-1024x801.jp

imagem, daqui

 

 

cheiros preferidos

Maria Araújo, 25.02.16

 

ia no carro, ouvi na RC que é hoje o Dia Mundial dos Cheiros (há dias de tudo, caramba, ahah!), lembrei-me de vos deixar aqui os meus preferidos.

Então, cá em casa são: café, hummm!; chocolate quente / bolo de chocolate a sair do forno (apetece comê-lo quente), hummmmmm! cheiro a Natal.

Fora de casa:

na rua: passar perto da padaria e sentir o delicioso cheiro a pão quente; a castanhas assadas;  o cheiro dos livros antigos de uma livraria (há tão poucas, por cá);

na praia e no campo: mar com sabor a energia, calma, felicidade, liberdade; a erva fresca depois da chuva, num dia quente de verão; flores do campo nas tardes frescas de outono.

e muito mais...