Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Mãe

O meu sobrinho neto, 4 anos e meio, costuma chamar a mãe de mamã.

As minhas sobrinhas sempre chamaram mamã à minha irmã.

De quando em vez, converso com ele, no carro, sobretudo quando o levo à natação e/ou ao colégio, e tanto uso a palavra mamã como mãe.

Há uns tempos que ele vem dizendo mãe.

Ora, como no colégio dão muita importância à  criança e à família,  fazem a festa do dia do pai, da mãe, da criança, e outras; levam as crianças ao parque, ao jardim, à quinta, à praia ( está a chegar a época) percebi que talvez a educadora falasse na mãe, porque  são, agora, poucas as vezes que ele chama de mamã.

No dia um deste mês, a minha sobrinha enviou-me vários vídeos da festa do dia da mãe.

Num deles, as crianças, à vez, diziam, ao microfone, pequenas frases dirigidas às suas mães. "Mãe gosto de ti", Mãe adoro-te", "Mãe és a melhor mãe do mundo "...

Quando chegou a vez do meu sobrinho neto, com o microfone na mão e com a voz emocionada mas toante disse: "Mãe!" e com a mão  atirou um beijo.

Todas as mães aplaudiram.

E eu, sempre que vejo o vídeo, choro.

 

Dia da Mãe

É, este primeiro Domingo do mês de Maio, o mês dedicado à Virgem  Maria, Mãe de Deus, passou a ser também o dia de todas as Mães.

Tenho sobrinhas mães, a minha irmã mais nova mãe.

Não tenho nada para lhes dar, a não ser o meu amor incondicional ( às vezes zango-me com elas), mas isto faz parte das nossas vidas, deste amor.

Estando duas sobrinhas longe de Portugal, enviei esta messagem para o grupo da família:

dia da mãe.jpg

A flor do sol,girassol, que eu adoro, tirei, há uns anos, numa das minhas passagens por qualquer lado.

Para a minha mãe, que faleceu há 39 anos,deixo este fado, que ela muito bem cantava, e que deixa saudades, muitas saudades.

Obrigada à minha Mãe e a todas as Mães que sacrificam as suas vidas pelos filhos.

E que eles vos sejam eternamente gratos.

Feliz Dia da Mãe 

Dia da(s) Mãe(s)

Em tempos, o Dia da(s) Mãe(s) era celebrado no dia 8 de Dezembro, dia da Imaculada Conceição.

Nessa altura, aqui em casa, os filhos mais velhos não o celebravam, como celebraram os mais novos, até porque na escola faziam trabalhos para os dias do Pai e da Mãe, a importância destes começou a ter impacto na família, mais tarde.

A minha mãe faleceu nova, a treze dias de completar 53 anos, deixou seis filhos, dois deles adolescentes, que são, hoje, pai e mãe.

Tenho a certeza que a minha mãe estaria muito feliz vendo os filhos formados, e com seis bisnetos para lhes dar alegria muitas.

Hoje, no whatsapp, no grupo da família, não se falou da minha mãe, mas no que nos tornamos, da família simples que somos.

E eu quis recordar a minha Mãe, hoje.

1588516628220.jpg

 

 

 

"és a nossa mãe"

Fomos jantar. 

Duas tias, um tio, e duas sobrinhas.

Esperavam elas por mim, à porta, e  dizem:

_ Amanhã é dia da Mãe, temos um presente para ti.

— Mas eu não sou vossa mãe, sou tia.

— Não temos a nossa mãe, tu és uma  mãe para nós, fazes tudo por nós e pelo V ( meu sobrinho neto).

— Eu faço por todos, sou vossa tia, não sou vossa mãe.

—És, e temos um presente para ti. 

Já no jantar, decidimos brindar, diz a minha irmã mais nova:

— Vamos brindar "à nossa mãe"( eu).

Insisti que sou tia/irmã, não sou mãe.

E o presente do dia da Mãe foi um saco da Zara que gostei demais.

Obrigada, sobrinhas.

1557013163902.jpg

Para  todas vós, Mães, e tias "Mães", que o vosso Dia seja de gratidão por serdes mães ( e pais, muitas de vós) e com muitos carinhos dos filhos que tendes.

IMG_20190505_093322.jpg

E a canção do Dia da Mãe só podia ser esta