Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



o quê?! pensei

por Maria Araújo, em 20.09.16

que depois da Noite Branca as festas de verão tivessem acabado cá na cidade. Mas não, ainda vamos ter, já a partir de amanhã, Braga Barroca.

Braga_Barroca_2.jpg

 

Viaje aos séculos XVII/XVIII através das encenações e saraus culturais realizados, conheça a música e dança barrocas pelos concertos e espetáculos e descubra todos os pormenores do Barroco nas diversas visitas guiadas às expressões mais genuínas do barroco civil e religioso de Braga. Por fim, delicie-se com os licores e doçaria setecentistas…

 

Para quem quiser dar um salto a Braga, espreite aqui o programa e tire partido de mais um evento cultural desta cidade que também é romana.

E eu a pensar ir a Serralves à festa de outono!

Como diz a minha amiga Lia, que vem  do Brasil viver para Portugal, "Braga é muito festeira."

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia Internacional dos Museus

por Maria Araújo, em 14.05.15

1505_dim2015_j2_1465144564552d271652964.jpg

 

no próximo dia 18, e a  Fundação de Serralves vai comemorá-lo com um programa que convida a conhecer o museu e os espaços circundantes.

O único contra que vejo neste convite, está no número limitado de bilhetes, trinta,  que, embora gratuitos, são emitidos e adquiridos no próprio dia, o que faz com que  quem vive fora do Porto dificilmente tenha acesso aos mesmos.

Vêm aí as 48h nonstop de  "Serralves em Festa", este ano com início a 29 de maio.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na vanguarda

por Maria Araújo, em 15.02.12

Hoje, em destaque no Sapo, li este post sobre Guimarães, Capital Europeia da Juventude, e gostei da iniciativa que a Câmara vai proporcionar a todos os Vimaranenses, e não só,penso eu.

Pois quero deixar aqui um alerta a todos os Bracarense, e principalmente à Câmara de Braga, que deve apostar na divulgação do  que por cá temos, incentivar os jovens a saírem à rua, chamar os mais velhos e divulgarem e participarem nas atividades de Braga Capital Europeia da Juventude.

É que, no sábado passado, desenvolveu-se uma atividade que tinha de nome "os afetos".

Andei por lá, mas os jovens eram poucos e o impacto não deu nada nas vistas(talvez porque as  pessoas mais velhas também não lhes dessem o valor).

No entanto, em Guimarães, a luta das almofadas encheu o Largo do Toural (e os jovens eram mais que muitos...).

Não querendo comparar as duas cidades, mas sendo estas do norte e da mesma província, penso que Guimarães está a apostar fortemente na juventude. Basta ler, o artigo em destaque aqui no Sapo/post.

Desculpem-me, mas se queremos conquistar o título, então, divulgue-se nem que seja com um megafone, ok?

Guimarães tem apostado muito bem, e chamado a atenção dos Vimaranenses, e não só.

Senhor Presidente da Câmara, senhor vereador da Cultura, divulguem, apelem, chamem.

Eu, Bracarense, não jovem, agradeço.

 

 

 

 

 

 

 

 

                          

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guimarães e Braga

por Maria Araújo, em 22.01.12

Sou Bracarense , mas acima de tudo sou Minhota e Portuguesa, logo não faço distinção entre as pessoas das cidades a, b ou c.

O pouco que conheço de Portugal, especialmente o interior, mas estando sempre atenta a roteiros e ao que vejo na blogosfera, e não só, Portugal tem tudo o que é possível um país ter. Somos um todo e devemos defender a nossa terra, receber com simpatia todos os que nos visitam e trabalham  para a economia da cidade, da região, do país.

Rivalidades não devem fazer parte da cultura (se há no futebol, que se entendam).

Portugal é rico em cultura, artesanato, folclore, música, escritores, poetas, e, recentemente, génios que, por algum despreso dos nossos governantes, foram dar o que de melhor têm para o estrangeiro.

E ontem fui a Guimarães. Uma cidade aqui tão perto, que não visitava há alguns anos, assim como Barcelos e outras do norte onde passo ao lado, (esta coisa das auto estradas que nos levam diretamente onde queremos, fazem com que os destinos sejam outros)e, como ia dizendo, fui à abertura de Guimarães Capital Europeia  da Cultura.

Muita polícia nas rotundas, na estrada, no acesso ao pavilhão Multiusos.

Cedo chegámos para podermos estacionar dentro do parque,  mas ainda estava interdito ao público, apenas aberto à imprensa. Jovens muito simpáticos disseram-nos: "dentro de 10 minutos". E lá fomos tomar café e fazer os 10 minutos, que foram 20 e regressámos quando a fila estava a começar a formar-se ...

Quando chegamos o jovem (re)conheceu-nos, sorriu  e disse:"podem entrar".

O pavilhão estava repleto de pessoas. Ficamos na bancada onde víamos tudo (finalmente, não teria ninguém mais alto à minha frente que me impedisse de ver o espetáculo).

Esperamos que as individualidades chegassem, e eis que aparecem todos (já se sabe quem, pois a RTP fez a corbertura do evento).

E começou a cerimónia com o Hino Nacional, brilhantemente tocado pela orquestra dirigida pelo conhecido jovem Rui Massena e  toda ela composta por jovens músicos, 30 portugueses e alguns de várias nacionalidades.

A serenidade com que TODOS os presentes cantaram o hino foi emocionante (pelo menos para mim, que sempre que o escuto, as lágrimas vêm aos olhos).

Quase sempre ouvimo-lo aos berros mas aqui, não. Comentei com a minha amiga: "reparaste como o hino foi cantado? Adorei!"

Depois seguiram-se os discursos habituais nestas cerimónias.

"Os afetos"  foi o tema de abertura do espetáculo: música, dança , vídeos, grupos de bombos, uma fusão de coreografias, bem conseguida e executada por jovens e com a presença dos portugueses Rão Kiao e Cristina Branco e de um cantor Brasileiro, Chico César. Achei simpática a presença do Brasil em Portugal que, na minha modesta opinião,  vem mostrar que podemos unir culturas e reforçar um dos laços que nos une: a língua.

O final da festa levou os atores e cantores ao palco, ao som do Grupo de Caixa Nicolinas e Bombos Nicolinos que estrondosamente, como eu gosto nestes finais de festas, tocavam a sua música e eram acompanhados, no seu ritmo, pelas palmas do público presente, ao mesmo tempo que o movimento de grandes bolas de várias cores espalharam-se pela audiência e no palco, deram por encerrado o espetáculo, no pavilhão.

À noite, no largo do Toural, a festa continuou com o espetáculo de La fura dels Baus, que vi no écran gigante, pois Guimarães estava ao rubro de pessoas de muitos cantos destes país, tenho a certeza e, no final, na Oliveira, os DJs davam continuação à festa, pela noite dentro.

Braga é Capital Europeia da Juventude, Guimarães é Capital Europeia da Cultura. Duas cidades jovens, da província, que vão apostar nas suas capacidades, nos seus talentos e, quem sabe, serem reconhecidas no mundo inteiro como as Capitais Europeias...2012.

E algumas das fotos que foi possível tirar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cultura, Juventude, Capital...

por Maria Araújo, em 19.01.12

em movimento.

Em Braga começou no dia 14 de janeiro, em Guimarães será no próximo sábado.

O Minho está em festa e temos de aproveitar o que nos vai ser oferecido: cultura, música, palestras, tradição, convívio.

Braga e Guimarães em festa...porque as rivalidades são só no futebol (que nada me diz).

Estarei lá.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lisboa

por Maria Araújo, em 10.12.11

 

Aqui a importância de sermos conhecidos no mundo e uma das mais belas cidades.

 

E o vídeo com o belo FADO.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confiança

por Maria Araújo, em 05.10.09

Estes dias a minha sobrinha falou-me que o professor de Àrea de Projecto tinha comentado a decisão das autoridades da autarquia de Braga demolirem as empresas que faziam parte do património desta cidade.

Procurámos aqui alguns nomes de empresas de sabões, pois lembrava-me da CUF e da Confiança, e encontrámos muito assunto para o trabalho a desenvolver na escola, não só nos sites, mas também no blog santa nostalgia, o blog que (re)lembra com nostalgia o que fez parte do passado do nosso património cultural, social, publicitário.

Hoje recebi um e-mail a convidarem-me a assinar uma petição contra a demolição da antiga fábrica de sabonetes Confiança.

Estava aqui nas minhas visitas habituais aos meus links e lembrei-me de a procurar .

Encontrei isto:

 

HOJE...

 

 

 A Fábrica de Saboaria e Perfumaria Confiança data de 1894 e é actualmente o mais importante marco da história da indústria bracarense. Exemplo raro da arquitectura industrial típica, esta é a última fábrica do país deste género, com as suas características arquitectónicas e de produção. Os seus produtos ganharam deste cedo fama, levando mesmo o seu nome e o do país além fronteiras. Os seus diversos sabonetes, águas-de-colónia e produtos particulares como rótulos exclusivos que contam com clientes por todo o país, elevaram o nome da Confiança e promoveram o crescimento desta indústria.Recentemente a fábrica iniciou a transferência de instalações para fora da cidade.

 

 

 

No futuro

 

 

Esta fábrica tornou-se também, nos últimos anos, palco de diversos eventos culturais como peças de teatro, espectáculos de música e exposições de fotografia. O espaço da fábrica, os seus amplos pavilhões, servem com perfeição estes propósitos numa cidade que tem graves carências em termos de eventos e espaços de cultura. O valor da fábrica é incontornável, pela sua arquitectura industrial rara, pelo seu design, pelos seus famosos e excelentes produtos, mas também por toda a história que este edifício retém em termos de memória da cidade. O aproveitamento que tem vindo a ser dado para promover eventos culturais, e o aproveitamento dos seus amplos espaços abre um leque de possibilidades de utilização pela cidade e por todos que queiram usufruir deste espaço. Simultaneamente, e aproveitando o desejo dos proprietários da fábrica de criar um museu, este é evidentemente o único local adequado, porque último exemplar de uma época, para a sua instalação.

 

 

MAIS...

 

 

 

 

 

O que aconteceu às outras fábricas de Braga?

 

 

 

Infelizmente todas as fábricas de Braga foram demolidas, incluindo todas as que estavam instaladas em grandes edifícios do século XIX/inícios do XX. Também foram demolidos outros edifícios da mesma época com interesse em termos de arqueologia industrial como os antigos SMAS, na rua Cruz de Pedra, a Estação de Recolha dos Eléctricos ou o primeiro depósito de águas em betão, na Cividade

 

 

 

 

 

A resposta à pergunta está aqui

 

 

 

 

  

E...assinem a petição.

Obrigado a todos.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paris

por Maria Araújo, em 11.05.09

E aqui estão algumas das fotos da viagem

Foto dentro do avião

 

 

 

Paris 004 por você.

 

 

O meu carro

 

 

Paris 014 por você.

 

 

( Toyota, Campos Elísios)

 

 

Torre Eiffel

 

 

Paris 043 por você.

 

 

 

 

 

 

Entrada da Eurodisney

 

Paris 107 por você.

 

 

 

 

 

Pista de carros

 

Paris 158 por você.

 

 

 

 

 

Museu do Louvre 

 

 

Paris 202 por você.

 

 

  Exposição Egípcia

 

 

Pôr do sol

 

Paris 302 por você.

 

 

(Foto tirado no avião, regresso a Portugal)

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR