Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Madrid (2)

Maria Araújo, 06.09.14
Segundo dia, com as energias recuperadas, depois de um bom  descanso e do pequeno almoço no hotel, bem variado, fomos em direcção à catedral do futebol, "Estádio Santiago Bernabéu". Que loucura! Não o seu aspecto físico, mas toda a estória ...contada em vídeos sobre toda a família RM CF a  música com som fabuloso, excedeu todas as expectativas. "Perdemos quase 1 hora neste  lugar a ver os vídeos..." Todos passavam e nós ali, quase estáticas.
Nas vitrines, uma quantidade infinita de taças regalavam os olhos de quem por ali passava.
Depois, as camisolas, depois as fotos do painel "e esta foi a mais interessante, na minha opinião). Passavas frente a um écran a tua imagem aparecia e captava-te. Se querias que a imagem ficasse no painel, tocavas no "si" passavas o bilhete da entrada no Tour numa espécie de caixa que te lia o código de barras, acendia uma luz e lá andava ela, a tua imagem/foto, a passear no painel e alojava-se algures no meio das imensas fotos que por lá se mostravam. Querias ver a tua foto em ponto grande, voltavas a passar o bilhete  para que o código de barras fosse identificado. E foi desta forma que ficaram as nossas fotos.
Depois, uma foto em conjunto com a 10ª (taça)...e a seguir a foto com o nosso grande CR. À saída, passavas por um balcão, vias as fotos e compravas ou não. E eu comprei a que tirei co a minha amiga MM.
Passamos nos balneários, chegamos aos campo de futebol e aí as fotos choveram...Mas os jogadores não estavam lá (óbvio).
Adorei ver esta imensa "Catedral" do futebol e como diz a minha amiga " quem vai a Madrid e não vê o estádio Santiago Bernabéu, é como quem vai a Roma e não vê o Papa". Melhor que o Thyssen, e desculpem-me os apreciadores de arte, só mesmo o "Museu do estádio do Real Madrid".
Almoçamos no restaurante em frente ao estádio. Depois, foi o tour pela zona 1 da cidade.
As minhas fotos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

645 - Mundial 2010

Maria Araújo, 05.06.10

À mesma hora, em todos os jornais da TV Portuguesa, via-se o percurso que o autocarro da selecção fazia entre Oeiras/Parque Eduardo VII/Aeroporto.

Faço votos que toda esta euforia, que alegra os nossos corações, não deixando de nos preocuparmos com a situação do país,  seja até ao final do Mundial.

Mas, o que me fez vir aqui escrever este post foi, ao saltar de canal em canal, ter feito "stop" na SIC.  Cristiano Ronaldo tinha feito uma visita, há muito prometida, segundo o mesmo, às crianças do IPO.

Fiquei muito emocionada com o que vi. Não pelo CR, mas pela surpresa e alegria das crianças, a timidez de algumas, ao verem uma figura mundialmente conhecida.

Ver nas fotografias das revistas, nos jornais, na TV é sempre uma surpresa. Mas ver o mito,  in loco, é um sonho. É alimentar a vida, a força,a esperança de quem passa dias, meses, dentro de um espaço limitado de um hospital.

Camisolas vermelhas, cor da vida, do fogo, do amor, foram oferecidas a estas crianças. O sangue também.

CR nunca foi o jogador que me tivesse "seduzido" em jogos do Europeu e/ou Mundial. Outros mais discretos foram alvo da minha admiração.

Hoje, senti orgulho em CR. Gostei do gesto, da empatia, da alegria, do carinho que deu àquelas crianças.

Afinal, não custa realizar o sonho de uma criança.

Por que não fazê-lo mais vezes?

Não só CR, mas todos os outros.