Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cortes e cores

por Maria Araújo, em 24.07.14

 

 

 

O verão convida a cortes e modelos de cabelo mais simples para suportar o calor, o sol e a praia.

Gosto de usar um corte médio e de preferência que evite o uso secador. Nesta época quero tudo prático e com cor.

Há três meses que não corto o meu, fui marcar. 

Com um modelo liso e comprido habitual, a cabeleireira mudou o seu visual para o ondulado.

Gostei de a ver, precisamente por ser prático,  e perguntei se no meu cabelo, forte e pesado, poderia ficar bem uma ondulação leve.

Para fazer a ondulação não devia cortar nem pintar já. E na segunda-feira passada fui à aventura da mudança.

Gosto de me ver com o novo modelo, é muito mais prático, não uso a escova. Mas tive de comprar a espuma e o sérum ( shi, cabeleireiro ganha com isto!).

Andava aqui a pesquisar uns produtos e encontrei um foto com o visual  loira, para uma nova novela, da atriz que acho um mulherão, Claudia Raia.

Lindo o corte, e o loiro fica-lhe muito bem... 

Clico aqui e ali e cheguei aos cortes de cabelo para mulheres maduras.

E as opiniões dos profissionais de cabelo são unânimes: as mulheres maduras devem usar cortes médios e cores claras (um exemplo de uma mulher madura que na minha opinião não devia usar o cabelo comprido é a atriz Susana Vieira).

Na minha idade, não gosto do cabelo comprido e acho que ser loira, loira, não gostaria.

Mas mudar o corte e abrir a cor, sim, faço sempre que sinto necessidade de mudar (parece que algo muda na minha vida, também).

E para que não restem dúvidas que as mulheres maduras ficam tão mais belas com cabelos claros e cortes leves, algumas fotos de mulheres maduras e maravilhosas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais?

por Maria Araújo, em 31.03.14

 

 

Querem fazer uma troca?

Descontam-me  mais 10% sobre o valor bruto e encarregam-se de pagar os meus compromissos bancários (faltam 4 anos). Depois, voltamos à situação actual.

Pode ser?

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

As chagas do povo Português

por Maria Araújo, em 16.10.13

na nova bandeira nacional.

 

 

 

(imagem do FB)

 

.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sacanagem

por Maria Araújo, em 06.08.13

24 de maio, de 2013

(...)Não tenho capacidade para desmentir o nível de desinformação que vai grassando no debate público. Não há nenhum corte previsto de 10% nos reformados e pensionistas. O que está previsto é a convergência das pensões da Caixa Geral de Aposentações para o regime geral da Segurança Social”, afirmou o chefe do Governo.

 

 

6 de agosto de 2013

 

"As pensões de aposentação, de reforma e de invalidez dos ex-funcionários públicos acima de 600 euros ilíquidos vão sofrer um corte até 10%, afirmou esta terça-feira o secretário de Estado Hélder Rosalino.
A medida abrange as pensões que já estão a ser pagas, ainda que haja nuances quanto à fórmula a aplicar. Quanto às futuras pensões, vão sofrer uma alteração das regras de cálculo, para que sejam ajustadas ao que o Governo agora pretende adoptar.

Quem estiver inscrito na Caixa Geral de Aposentações (CGA) e tenha uma pensão ilíquida superior a 600 euros atribuída até ao final de 2005, vai sofrer um corte de 10% na totalidade do valor que recebe."

 

{#emotions_dlg.meeting}

 

Em 2012, o governo garantiu que todos os funcionários públicos que tivessem 55 anos de idade e trinta anos de serviço podiam pedir a aposentação.  A penalização seria a correspondente ao tempo em que completaria a idade da reforma, 63 anos, em 2012.

Muitos ponderaram os prós, mais que os contras, desta proposta e pediram a aposentação antecipada.

Eu fui uma delas.

Com 15 anos de descontos para a Segurança Social e cerca de 23 anos para a CGA, ponderei, tomei a responsabilidade do meu acto (todas os amigos e familiares a quem falei da minha decisão, abstiveram-se de opinar) e, 3 dias antes do natal, apresentei o meu pedido.

A partir desse dia, não quis pensar mais no assunto. 

Desde então,  todos me "invejavam" e congratulavam pela decisão que tomara.

Mas algo me dizia que isto "cheirava mal". Sentia que aquilo que estavam a dar, seria retirado de alguma forma.

Quando há meses atrás li que o governo estava a pensar cortar 10% nas reformas, temi.

Hoje, confirmo: "o que dão com uma mão, tiram com a outra".

Não estou arrependida, de forma alguma. Mas vai pesar muito na minha vida, nos meus compromissos,  no meu dia-a-dia.

Sacanas!

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cortes para todos, TODOS, ok?

por Maria Araújo, em 08.04.13

 

Acabem com as pensões milionárias, as despesas do estado (saídas dos ministro e suas extensas comitivas, andanças por aqui e acolá), guarda-costas a mais, chauffers que ganham balúrdios, deputados na AR que dormem e/ou tratam da suas vidas pessoais, menos deputados, menos mordomias... Talvez o povo compreenda e colabore.

Cortes para todos, são  mesmo para TODOS, ok?

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O dinheiro

por Maria Araújo, em 16.04.12

Todos os dias somos invadidos por cortes(nos salários, na saúde,na educação), e aumentos (no IRS, no IVA, no IMI, no gás, na energia, na alimentação, na idade da reforma), oh Deus!

Passei  o dia no trabalho sem internet e entro no sapo e vejo isto?

As notícias de há 2 dias indicavam um aumento de 5%(exagerado), mas afinal são 6,9%?

Inconcebível, com uma taxa de IVA de 23%, aqui, ali, acolá, não há carteira que aguente... E não há uma única notícia positiva, agradável, reconfortante.

Por mais que me apeteça mostrar um atitude de confiança, o desânimo invade-me a alma.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O comentador

por Maria Araújo, em 10.04.12

 

 

 

 

Converso com colegas e familiares que o nosso governo dia a dia surpreende  os contribuintes deste país com cortes e mais cortes.Não se ouve uma novidade positiva que dê alguma esperança.

Miguel Sousa Tavares, no jornal da noite da SIC, comentou que todos os dias se ouve uma má notícia para os funcionários públicos. Não há uma medida boa, o que provoca instabilidade nas pessoas. Fala-se em concertação.

Amanhã  vai discutir-se um assunto, mas fala-se de outro.

Há, sim, uma desconcertação social.

O estado não pode estar constantemente com más notícias.

Hoje, finalmente, Miguel Sousa Tavares esteve do lado dos funcionários públicos.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR