Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

ora bem

Liguei o PC,  fui ver os comentários e, como sempre, nas estatísticas, que não costumam ser de mais, eis que  vejo um número alto, comentei com os meus botões que provavelmente estaria em destaque na página principal do Sapo.

E lá este cantinho, e desta vez muito bem acompanhada de bloggers que prezo, e que leio quando posso. 

destaque.jpg

O motivo deste post tem a ver precisamente com os comentários.

Eu não sei o que se passa na cabeça de muitos anónimos.

Sempre que alguém, e sei que acontece com muitos bloggers, que escreve sobre pequenas coisas do seu dia-a-dia,ou das suas experiências, histórias, acontecimentos, mesmo que banais,  mas que dá gosto falar deles, aparece um anónimo a deitar-nos abaixo .

Cada blogger é "dono" do seu cantinho, e desde que seja educado e escreva  o que lhe interessa a sj, não entendo por que estes anónimos acham-se no direito de criticar como desinteressante, fútil, ou o que quer que seja  sobre o conteúdo do texto.

Quando leio algum texto que não me diz nada, eu não comento. 

Também não tem sido muito o tempo que tenho dedicado ao blog nem à leitura de muitos blogs que por hábito lia.

Ninguém sabe o que se passa dentro de casa de cada um de nós.

Há vida  para além do blog, e eu tenho vida, também.

Vou passar a explicar ao senhor, ou senhora, desconhecido (a), que neste comentário, concordo, sim, que o problema é a cultura, que as pessoas devem ter a capacidade para perceberem o que não  devem fazer; que  devem aprender com os erros....

comentário.jpg

Já gastei, sim, quando era mais nova, e para tentar a minha sorte, também, algum dinheiro nas máquinas dos casinos. Mas sempre tive um valor  limite.

Enquanto saíssem umas moedinhas, jogava. Acabavam, desistia e saía do casino.

No post eu não disse que vejo os programas de domingo à tarde. 

Já escrevi várias vezes neste meu espaço, que o televisor, nesta casa,  quer durante a semana , quer ao fim de semana, está todo o dia desligado, ligo-o à noite, quando é hora de descansar um pouco no sofá.

Então, se for lê-lo com atenção, escrevi que ligo o televisor para ver a SIC Notícias, enquanto passo a ferro. E que  antes,  dou " um passeio" pelos canais e é então, e por breves minutos, que vejo e oiço o que referi.

A experiência da vida levou-me a perceber o valor do dinheiro, não tivesse tido uma mãe que me ensinou a geri-lo.

Depois, fala em individualismo. 

Para já, não ando em redes sociais por quem dá cá aquela palha.

Tenho página no FB.

Pode  clicar no dístico  deste cantinho e veja a frequência com que vou lá.

Olhe, até foi bom escrever sobre as redes sociais.

Já devia ter lá entrado para saber como está a situação do envio dos livros do Grupo do Desafio de Leitura,  de que sou membro. 

Pode ver ali na barra lateral que tenho página no Instagram, e publico o que eu gosto, o que me  dá  prazer.

Comunico com pessoas de bem, fujo das tóxicas,  e, por isso, senhor ou senhora anónimo (a), não sou individualista.

Aliás, sou! Naquilo que quero para a mim, para a minha família e amigos.

Talvez faça muito mais pelas pessoas  do que possa imaginar, mas não exibo com fotografias  a minha solidariedade.

E se acha que escrevo futilidades, quando a Equipa do Sapo Blogs destacar um post meu, e se o ler e achar que é fútil, não canse os seus olhos a escrever comentários que em nada vão afectar a minha banal escrita.

Ignore-o.

 

 

 

 

 

pensei que o meu blog tinha desaparecido

Entrei há minutos no blog do José da Xã e li o seu último post.

Dos 4 links que mencionou fui para o da Ana.

Precisamente por que andavava a ver sites de biquinis, fiz o comentário, e eis que me apareceu isto, no momento de publicar o comentário:

sapo.jpg

O quê?!

Voltei atrás, repeti a operação. Tudo igual.

Em seguida,  entrei na minha conta, e o resultado foi o mesmo.

conta sapo.jpg

 

Pronta para enviar um e-mail à equipa do Sapo blogs, lembrei-me de voltar ao post do José e escrever um comentário, e lá apareceu a janela de comentários com o meu nome, e consegui.

janela.jpg

Não percebi o que se passou.

Uma hora antes, estava tudo funcional no meu blog.

E ligando este post com o tema do post da Ana, ando nos sites à procura de partes de baixo, porque de cima tenho qb, e  há poucos modelos clássicos, dos que sempre gostei, porque são os que me sinto mais confortável usar..

aqui, mas ainda não há promoções.

Quanto aos modelos do post da Ana,que voltaram à cena, e já usei, em tempos, não me sinto confortável e não lhes acho piada nenhuma.

A parte de cima que eu gosto de mais, e uso, é este modelo:

biquini.jpg

imagem daqui

 

e a dúvida continua

internet-movel-mais-barata-825x293.webp

imagem daqui

 

Quando ontem questionava a dificuldade em entrar nos blogs e comentar, pensei que fosse algum problema do servidor ou do meu PC. Tendo a Marta comentado que não notara  qualquer problema, e entretanto eu desligara o PC , passei a comentar pelo telemóvel, porque lembrei-me de uma coisa, e queria testar.

Tinha verificado que também pelo telemóvel estava difícil chegar às páginas e blogues, tentei, de novo, e continuava o problema. Só poderia ser  wi-fi lento.

Mas estava incrédula porque nunca tinha acontecido isto.

Tenho os dados móveis de uma operadora, que só utilizo fora de casa,  desligo-os e uso a wi-fi  de casa,quando estou por aqui.

Fui fazer o teste:  recebera há cerca de 10 dias a SMS, e e-mail, para pagar a factura do telemóvel.

Costumo pagar logo que a recebo ( pago via netbanco), mas desta vez  deixei-me andar, porque a data limite é no próximo dia 26.

Ora, ao constatar que as internetes estavam lentas em ambos os gadgets,  lembrei-me de entrar na aplicação e fazer o pagamento da factura do telemóvel ( a de casa tem TV também, a factura  vem mais tarde), e não é que passado cerca de 15 minutos a net do telemóvel trabalhava com a rapidez habitual?

Liguei o computador para testar se tinha o problema que verificara de tarde, e qual não é o meu espanto, estava a funcionar muito bem.

E perguntei-me: " o que tem a  ver a wi-fi móvel, com a wi-fi fixa, que são de operadoras diferentes?"

E a dúvida continua. Ou estarei, dahhh!

Se me lembrar no próximo mês, vou repetir a experiência.

 

 

as audiências

 

 

IMG_20220511_165957.jpg

 

A respeito deste título sobre a nova novela Pantanal, e porque vi a dos anos 90 e grande dela parte dela está esquecida, faço questão de ver a actual, gosto de novelas brasileiras com história, logo que foi anunciada no Instagram da SIC Oficial, eram muitos os comentários a criticar a hora porque já se previa que seria depois das novelas portuguesas (não vejo nehuma).

Ora, todos os dias entra no telemóvel a notícias das audiências, e, curiosa que sou, porque gosto de ver a SIC ( escrevi várias vezes que não vejo nada de programas da manhã ou da tarde, ligo a TV à hora de jantar), o que tem acontecido é que passa demasiado tarde, e contando com 15 minutos de publicidade, no intervalo, a novela acaba quando eu já adormeci no sofá, ou desligo o televisor, deixo-a a gravar, para ver no dia seguinte, o que faz com que uma novela que está a ser um sucesso no Brasil, perca audiências, precisamente porque é uma má hora para se ver.

E ao que parece já vem aí nova  novela portuguesa,uma bomba, e lá vai o Pantanal para as gravações dos nossos aparelhos, para quem tem box, porque há muita gente que não tem, e gostaria de ver e não pode.

A guerra entre as duas estações irrita-me, sobretudo porque se numa o alarido é de mais, na outra, que até tem liderado e de certa forma poderia continuar se ouvisse ou lesse o que os espectadores sugerem, ficava calada porque, como se costuma dizer, " o segredo é a alma do negócio", pelo contrário, lança pistas para as revistas e redes sociais o que faz com que o outro responda com mais e "melhor" ( que para mim não serve).

Tenho  muitoooos canais, que raramente vejo,  mas estou fã das séries que passam na RTP2, a tal que é culta e adulta.

 

 

 

 

o que se passa com os comentários do Sapo?!

Tem dias, e alturas,  que tento responder aos comentários, corre bem. Tem outros que o item publicar aparece a tracejado e/ou " a carregar" , não se passa nada, isto é, os comentários não são publicados.

Hoje, não consegui responder a nenhum dos comentários que recebi.

Esta situação acontece há algum tempo, e eu perco a paciência.

Depois, esqueço-me de comentar.

 

captura de ecrã.png

 

 

obrigada!

Quero agradecer a todos os simpáticos bloggers que vieram congratular este cantinho por mais um ano nos blogs do Sapo.

Foi intenção minha não responder aos vossos comentários (à exceção do meu amigo Carapau que há muito não escreve na sua caverna e não aparece neste cantinho)  porque seriam contabilizados os meus comentários, também, e não queria isso.

Agradeço aos bloggers que vieram depois das 21h, foram bem-vindos, ficaram registados, também.

Como esperava, o total não foi de mais, mas foi o possível.

Tendo referido no post que se o valor fosse inferior a dez euros, completava-o.

Sem Título.png

 

Conta tão simples quanto esta, se somar  ao número de comentários recebidos o mesmo número que eu poderia ter respondido(era essa a ideia), então temos um total de 112 , em euros, 11,20 .

Mas como gosto de números redondos, então vou doar ao projeto amoranimal o valor de 15 euros.

 

Sem Título.png

 

Vai ser uma pequena surpresa, e vai ser bem recebido, com certeza.  O pouco é muito para quem precisa.  Vou deixar nas mãos da Marta e da Sofia que irão levar a notícia ao Projeto AmorAnimal.

Obrigada a todos.

cantinhodacasa

 

 

 

 

e pensei, "que nojo!"

Na madrugada que mudamos para a hora de verão, adormeci, como sempre, no sofá.

Quando fui para a cama eram três horas, tinha somente seis horas para dormir, já que no domingo de Páscoa o compasso ( em Braga ainda há esta tradição, embora muitas pessoas desta rua não abram a porta à cruz) passa entre as nove e meia e as dez horas, não me lembro se sonhei ou se pensei quando acordei, o nojo que tenho de beijar o crucifixo depois de este passar por muitas bocas, que muitas destas nunca sentem a escova de dentes; da saliva que se acumula no canto da boca; ou do beijo molhado que fica na imagem crucificada de Jesus Cristo, e que a igreja não providencie um imaculado lenço  para que o mordomo passe pelo corpo de Jesus e limpe as marcas dos beijos deixados.

Em tempos idos,  vinha um padre, agora, na minha zona, é o sacristão e as senhoras que o acompanham no compasso. Neste "sonho" recordei o número de apartamentos que há neste prédio e quem poderia abrir a porta à cruz. Foi então que a madame do baton vermelho apareceu-me à frente dos meus olhos: "Quê?! Que nojo! Vou beijar o crucifixo com as marcas da gaja do baton vermelho? Nem pensar!"

De repente, lembrei-me que os elementos do compasso começam a visita às casas pelos andares superiores. "Que alívio!", pensei.

A cruz passou pouco depois das nove e meia, os elementos eram os mesmos do ano passado, lê-se a oração, o senhor benze a casa e deixei-me ficar à espera que fossem embora, até que a senhora que trazia o crucifixo me diz para beijar o Senhor. 

Esquecera-me de O beijar. E, ao mesmo tempo, hesitei porque estava à espera de ver um lencinho branco que passasse pelo imagem. Como este gesto faço-o uma vez por ano, tentei esquecer os outros beijos e depositei o meu nas pernas do Senhor.

Nem sequer me lembrei do sonho que tivera, a dormir? acordada?, não fosse este post  e os seus comentários:

 

mula.png