Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Sex | 26.03.21

coisas desta sexta-feira

Maria Araújo
Sexta-feira é o dia de levar o sobrinho neto ao colégio. Deixei o menino no colégio, fui às compras ao supermercado Froiz, sito, no Retail Center. É um supermercado que não há no centro da cidade, ficam os dois nos arredores. Gosto da limpoeza, do atendimento, dos produtos deste supermercado. Caíam uns pingos de chuva que deram para molhar  a estrada e o carro, mas nada demais. Feitas as compras, liguei a ignição, e de repente, vi um fumegar que vinha de cima do capot. Fiquei (...)
Sex | 19.06.20

coisas do meu dia # manhã

Maria Araújo
acordei à 5:00h, sentia a bexiga cheia, levantei-me fui à casa de banho,voltei para a cama às 6:00h, o sono não vinha, levantei-me,fui tomar o comprimido da tiróide às 6:30, levantei-me de novo, fui buscar discos de algodão embebi-os em água de rosas ( está sempre no frigorífico), voltei para a cama, pus nas olheiras para refrescar e acalmar às 700h, peguei no telemóvel,que devia despertar-me às 7:40h,  andei pelo Instagram o despertador tocou, tomei banho,tomei o (...)
Qui | 28.05.20

coisas minhas # está calor

Maria Araújo
estamos em Maio e já me apetece ligar a ventoinha. estou dentro de casa, e farto-me de transpirar. ouvi dizer que o verão vai ser quente. espero que os incêndios não sejam os mesmos ( aqueles que o homem provoca) ou em maior número dos anos anteriores. já basta o coronavírus para matar pessoas e deitar abaixo a economia do país, e do mundo. haja bom senso de todos. poupem a floresta, por favor. amanhã, vou à praia.  
Qua | 29.01.20

coisas minhas

Maria Araújo
  Um final de tarde atribulado, ontem, com a chuva que caía ( e hoje ainda não parou) sem lugares ( a pagar) na rua, estacionei o carro num parque que tem elevador de acesso à rua, não nos molhávamos porque os gabinetes( imobiliárias, cabeleireiros, e outros) ficam debaixo do edíficio.  Era dia de ir à Maia, às 18:00h costumamos sair de Braga,  eram 17: 20h quando fui buscar o carro. Introduzi o bilhete na máquina para pagar o estacionamento, meti duas moedas de 1 euro. O (...)
Seg | 07.10.19

coisas do meu dia

Maria Araújo
O telefone tocou, atendi: Ela - Olá dona Fernanda. Eu - Desculpe, está a ligar para o número errado. Não sou a dona Fernanda. Ela - Eu conheço-a, dona Fernanda. Sempre a brincar. Eu - Desculpe, a senhora não está a falar com a dona Fernanda. Ela - Vá lá, dona Fernanda. Eu conheço-a. Eu - Mais uma vez lhe digo que não está a falar com a dona Fernanda. O meu nome é Maria ..., eu não estou a brincar. Ela ( não convencida) -  Maria ...! Dona Fernanda, vá... Eu - Já lhe disse (...)
Ter | 06.08.19

os meus cinquenta

Maria Araújo
(imagem da internet)   Aceitei o convite da Luísa  para participar no desafio que a imsilva lançou no seu blog, sobre os cinquenta ( a meia idade), no século passado era sinal de velhice, a verdade é que, quando  jovem, o conceito que tinha de uma mulher de quarenta anos era de velha, de modo que, quando lá cheguei, decidi que era um disparate, não (...)
Ter | 21.05.19

coisas minhas

Maria Araújo
Decidi pintar o quarto maior da casa, (foi o quarto dos meus pais) é agora  o que eu chamava de escritório, embora só o usasse quando tinha aquele computador antigo, com  a impressora e o scanner, que o ocupavam uma grande secretária, esta também com pouco uso, pensei pô-lá à venda na OLX, acabei por dá-la. Os lap top vieram facilitar o trabalho, era na mesa da sala, ou com ele em cima das pernas, sentada no sofá, que trabalhava, ficava a sala sozinha, isto é, tinha por (...)
Seg | 16.07.18

coisas do meu dia # o jornal

Maria Araújo
É habitual o Pingo Doce ter  jornais do dia e da cidade que são oferecidos aos clientes no final do pagamento das compras, na caixa. A funcionária põe no saco das compras, por vezes peço, ou se não o quiser, agradeço, fica para outro cliente. Na sexta-feira passada, estava ela a registar as minhas compras, o segurança coloca uns quantos na caixa, ela pegou neles e pô-los junto à maquina registadora ( já deve estar habituada aos comportamentos menos bons dos clientes). Enquanto (...)
Seg | 09.07.18

coisas do meu dia # esquecimento

Maria Araújo
  Sempre fui uma pessoa cuidadosa com a pontualidade e responsabilidade em tratar os meus assuntos pessoais, por vezes dois a três meses antes do prazo acabar, e ao ponto de resolver os da família quando esta os deixa chegar ao limite. Também falho, e esta cabeça não é excepção, sobretudo quando se trata de algo que é tratado de x em x anos. Ora, na sexta-feira, numa troca de mensagens no whatsapp com a minha amiga M em que ela me dizia que tinha ido revalidar a carta de (...)