Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bohemian Rhapsody, o filme

por Maria Araújo, em 06.11.18

Queen.jpg

 

logo no início, senti um arrepio, uma vibração, as lágrimas que escorrem durante todo o filme, pelos actores, pelas músicas, pela recordação do que vi na televisão e em directo de Wembley, já lá vão 33 anos, LIVE AIDS.

Digam bem ou mal do filme, temos uma história. E por que o filme debruça-se especialmente em Freddie Mercury, e como nasceram as belíssimas músicas dos Queen, hoje, saí da sala com um aperto no coração e os olhos molhados.

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

em falta com o cinema

por Maria Araújo, em 03.11.18

 

 

Este ano a minha frequência nas salas de cinemas tem sido fraca, por falta de oportunidade.

Apesar de as críticas serem pouco positivas, na próxima semana, estarei numa sala de cinema para ver e ouvir "Queen", sobretudo o personagem Freddie Mercury, em "Bohemian Rhapsody".

 

 

 

Cantinho da Casa

fui ao cinema

por Maria Araújo, em 15.01.18

Tres-Cartazes-a-Beira-da-Estrada-poster-pt.jpg

optei por ver este filme, ganhador de quatro globos de ouro, um filme que toca todos os problemas da sociedade americana: racismo, violência, violação, preconceito, relações familiares problemáticas, igreja do lado do mais forte, a polícia, que por sua vez abusa do poder que tem, desrespeitando o cidadão e as suas própias leis.

Saí de lá com a sensação que ficou mais qualquer coisa por saber, pela forma inesperada como acabou "Temos o dia todo para pensar nisso". E o espectador também.

 

Cantinho da Casa

fui ao cinema

por Maria Araújo, em 16.11.15

 

 

Cantinho da Casa

Tags:

também fui ver

por Maria Araújo, em 08.08.15

XS5KPYFD.jpg

muita publicidade, começou bem, algum sentido de humor, gostei da participação de Miguel Guilherme, as meninas até eram elegantes e sedutoras, mas a determinada altura perdi o interesse, aborreceu-me, fiquei sonolenta, quase adormeci, não fosse um grupo de cinco adolescentes que, na fila de trás, constantemente pontapeavam as cadeiras (tive de os chamas a atenção).

O final do filme deixou muito a desejar.

É por isso que o filme original ainda tem o seu encanto.

 

 

Cantinho da Casa

Festa do cinema

por Maria Araújo, em 13.05.15

que acaba hoje, fui ver esta  interessante e serena estória.

 

adaline.png

 

Cantinho da Casa

Festa do cinema

por Maria Araújo, em 12.05.15

que não podia perder, fui à sessão das 15h ver o filme "A Promessa de um Vida".

Convicta que iria encontrar a sala semi cheia, não estaríamos mais  de 6 pessoas.

Amanhã, há mais.

 

Sem Título.png

 

 

Cantinho da Casa

RIP

por Maria Araújo, em 02.04.15

manoel.png

 

Ontem à noite, numa conversa com uns amigos e que se debruçou na nossa vida de estudante, falámos no nome Manuel, tendo comentado um deles, de nome Manuel, a existência do "o" , ainda em alguns nomes.

O meu comentário foi que, antigamente, este nome era escrito com "o" mas  com a evolução da língua passou  a ser escrito com "u".

E falei precisamente de Manoel de Oliveira.

Poucos  foram os filmes que vi deste cineasta, mas os mais antigos ficaram na memória, como "Aniki Bóbó" e como personagem Carlos, neste excelente filme, "A Canção de Lisboa".

106 anos, uma longa vida.

Fique em paz.

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Meu nome é...

por Maria Araújo, em 18.02.15

 

Poster do filme O Meu Nome é Alice

 

Cinco mulheres colegas e amigas de trabalho,  no cinema.

Em silêncio as lágrimas saltavam do olhos.

No final,uma delas chorava abraçada a outra.

Quando me foi lembrado que sua mãe teve Alzheimer, dei-lhe um forte abraço.

E chorei.

Qualquer uma de nós pode ser uma Alice.

 

Cantinho da Casa

Educadoras ou auxiliares de educação

por Maria Araújo, em 16.12.14

imagesR5XGJF66.jpg

que levam os meninos, dois a dois, de mãos dadas, pequenos, pequenos, e lindos, lindos, ao Braga Parque (presumo que para o cinema), não deviam organizar-se e ir uma à frente do grupo, outra a meio e por fim a terceira atrás?

Ora, duas das mulheres atravessam a passadeira com um grupo e a terceira, que tentava organizar o grupo dela, que ficou para trás, um carro pára e espera que todos atravessem, mas ela não atravessou, porque os miúdos, pequenos, pequenos, e lindos, lindos, não estavam em fila.

E o carro passou.

Uma das colegas do grupo que estava do outro lado, diz " atravessa agora, não vêm carros".

E ela atravessou, à frente do grupo, ficando uns seis miúdos para trás. Sobe o passeio, repara neles e em vez de voltar e os ajudar a atravessar, diz: "venham meninos !".

E eles eram tão pequenos. 4 anos, no máximo.

Desceram as escadas que dá acesso a um pequeno túnel (que eu não imaginava existir) e um último "casalinho" atrasou-se. Percebi que esse túnel dá acesso à paragem onde estavam os autocarros que as esperavam.
Quem por ali passava, como eu, estava atento e observava as crianças.

A educadora ou auxiliar de educação reparou, então, nas duas crianças e diz: "meninos venham!".

Fiquei boquiaberta! E comentei alto: "Esta senhora devia estar cá atrás, na fila. Álias, uma deve ir à frente, outra a meio e a terceira atrás para que as crianças não se percam ou se distraiam"

E ouvi alguém comentar ao meu lado:" É isso mesmo! Elas são tão pequenas!"

Eu estava atenta. Se alguma delas se desviasse do grupo e/ou largasse a mão do companheiro, eu ajudava a atravessar a via, que até é estreita, e só não o fiz por que quis ver até que ponto ia a responsabilidade das educadoras ou auxiliares de educação.

Elas eram pequenas demais para atravessarem a rua sem ajuda.

E pensam os pais que os filhos estão bem entregues.

 

 

Cantinho da Casa


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR